Amanda Lyra
Quinta, 27 de novembro de 2014, 00:00 h - Atualizado em 27/11, 00:00 h

Curitiba Canta Tatára

Volume 01 foi apresentado ao público dia 19/11 no Bardo Tatára. Projeto ainda prevê gravação de clipes e festival

Amanda Lyra:Cultura
Autor: Redação
Foto: Arte: Alexandre Trauer

O mestre de arranjos e interpretações fortes e singelas, um dos maiores nomes da cena musical paranaense, João Gilberto “Tatára” finalmente receberá uma homenagem à sua altura. Ela chega inicialmente em formato de um álbum com 13 músicas compostas pelo poeta e compositor, militante da música há mais de 40 anos. Todas foram gravadas por intérpretes que são presença comum na segunda autoral do Bardo Tatára, evento criado há cinco anos na Avenida dos Estados, 810, Água Verde.

Para quem não conhece, trata-se de um espaço democrático, onde compositores (curitibanos ou não) têm a oportunidade de subir ao palco e apresentar suas obras para um público exigente e empolgado com as diferentes vertentes musicais que por ali passa, organizado sob a louca batuta do mestre Tatára.

Sobre o CD, na verdade ele é apenas o começo de um projeto maior, também batizado de “Curitiba Canta Tatára”, que surgiu da iniciativa de músicos, parceiros e amigos. Seu pré-lançamento será nesta quarta-feira, dia 19, no próprio Bardo Tatára, das 20h às 21h30 para a imprensa, músicos convidados e intérpretes do CD. Em seguida, o bar abrirá normalmente ao público em geral com pocket shows apresentados pelos intérpretes do CD Curitiba Canta Tatára.

 

 

Foto: Divulgação.

“Curitiba Canta Tatára” – Volume 01

Do baião-lamento ao reggae; do dueto romântico ao rock inspirado, o que não falta neste trabalho é criatividade. Do tipo que alça voos de rapina, não pela força do mercado, mas pela pureza da criação. Um trabalho impecável do produtor e diretor musical Fábio Lima e dos demais produtores, João Gilberto Tatára Filho, Marcelo Pulga João, Gil Gabriel e Alexandre Trauer, que fizeram de cada canção um espelho, respeitando estilos e individualidades, que refletiu o que saiu da mente do autor. Cabeça esta que nos guarda surpresas, inclusive.

Numa delas, Ivânio Lira e violinos desfilam alegria – com aquela pitada crítica – num “Country Diferuente”. Acredite, escutando-a se tem a vontade de sair dançando, estalando os dedos. Alegre surpresa também na versão de “Romance na Cidade Cinzenta”, versada por Daio Baroni, que empresta a ela um quê de Clube da Esquina. Sem falar do trovão que é a voz de Francine Rickert, em “Réquiem para Ana Paula”; ou do coral sobrenatural no arranjo de “Alucinação”, cantada por Ivan Correa; ou do “Rock do Filósofo”, defendida por Paulo Paim, que poderia perfeitamente servir de trilha para um faroeste de Tarantino.

Jordana Solleti – e seu brilhante toque em Lado Feminino; Igor Menezes, um aracajuano repleto de curitibanices e encantos pela terra do pinhão; Rafa Gomes, Rafiusk e Sérgio Pena, além dos já citados, emprestaram tanta alma a esse projeto que é tolice querer descrevê-lo. Para ser sincero, estas 13 delícias são apenas uma pequena parcela de João Gilberto Tatára, que compôs às centenas, inclusive em parcerias.

Um breve espectro da aura e da obra de um dos maiores artistas do país. Uma a uma, as composições ali presentes dão a certeza de que as cinzas e curitibanas barbas de João Gilberto Tatára pensam cada palavra de suas letras exaltando a sonoridade e a inventividade. Uma poesia poderosa, mas que não se dissocia dos acordes e melodias, sem os quais seria uma mera janela cujo sol teimaria em entrar.

FICHA TÉCNICA – CURITIBA CANTA TATÁRA VOLUME 01

01. Mãnhê
Gil Gabriel
Violões:  Fábio Lima
Baixo: Diego Bueno
Percussão: Filipe Castro

02. Andando e Pensando
Marlos Soares
Violões: Fábio Lima
Baixo: Diego Bueno
Percussão: Filipe Castro

03. Brincando de Ser Deus
Ni Salles
Violões: Fábio Lima
Baixo: Diego Bueno
Trompete: Jack Bueno

04. Lado Feminino/Verdades
Jordana Soletti
Participação Especial: Gil Gabriel
Violões: Fábio Lima
Percussão: Sarará
Baixo: Samuel Fraga Trone
Teclado: Marilia Giller

05. Jogo de Espelhos
Igor Alexandre Menezes
Violões: Fábio Lima
Baixo: Diego Bueno
Percussão: Filipe Castro

06. Romance na Cidade Cinzenta
Daio Baroni
Violão: Fábio Lima
Violão: Beto Dias
Flauta: Raul Valente
Percussão: Ricardo Rosinha

07. Réquiem Para Ana Paula
Francine Rickert
Violão: Fábio Lima
Guitarra: Paulo Paim
Baixo: Diego Bueno

08. Alucinação
Ivan Correa
Violões: Fábio Lima
Baixo: Diego Bueno
Vocais: Ivan Correa / Fabio Lima / Gil Gabriel / Francine Rickert

09. Country Diferuente
Ivânio Lira
Violões:Fábio Lima
Bateria: Fábio Lima
Baixo: Diego Bueno
Guitarra:Titi Barros
Violino: Íris Knopfholz
Harmônica: André Juan
Vocais: Gil Gabriel, Fábio Lima e Ivanio Lira

10. Bar na Lua
Rafa Gomes
Violão: Fábio Lima
Violão: Rafa Gomes
Baixo: Samuel Trone
Bateria: Thales Lemos
Teclados e vocais: Jordana Soletti
Trombone: Raule Alves
Saxofone: Raul Valente
Trompete: Jack Bueno

11. Ave de Rapina
Rafiusk Arkuri
Violão: Fábio Lima
Trombone: Raule Alves
Harmônica: André Juan
Baixo: Diego Bueno
Bateria: Gerson

12. Etecetera e Tal (Tatára e Cleusa Machado*)
Sergio Penna
Violão: Fábio Lima
Baixo: André Kloss
Bateria: Ruy Correia
Guitarras: Ludgero Thomaz, Sergio Penna Laskowski, Fábio Lima
Percussão: Pedro Solak
Voz: Sergio Penna Laskowski
Vocais: Sergio Penna Laskowski, Tatára, Fábio Lima

13. Rock do Filósofo
Paulo Paim
Violões: Fábio Lima
Teclado: Guilherme Almeida de Paula

*Todas as outras composições: Tatára

Direção de Produção: Gil Gabriel
Produção Executiva: Alexandre Trauer, João Gilberto Tatára Filho e Marcelo Pulga João
Direção e Produção Musical: Fábio Lima
Projeto Gráfico: Alexandre Trauer
Gravado, mixado e masterizado no Estúdio Áudio Digital, por Daniel Pessanha, em Curitiba/PR.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira

Santa catarina Em Foco




Mais lidas
Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Taís Cristina Araújo Nascimento

Obra prima

Obra prima

Itens de coleção são os grandes destaques de projeto com releitura de visual clássico


Mostra Paranaense de Dança chega à sua grande final

Mostra Paranaense de Dança chega à sua grande final

Espetáculos de gêneros variados acontecem no Guairão e Memorial de Curitiba recebe o projeto Palco Alternativo


Esbanjando diversidade, Subtropikal anuncia 4ª edição em Curitiba

Esbanjando diversidade, Subtropikal anuncia 4ª edição em Curitiba

Um dos maiores festivais de criatividade do Brasil será realizado entre os dias 03 e 10 de agosto, com dezenas de atividades e convidados de


Siba vem a Curitiba para show no Paiol

Siba vem a Curitiba para show no Paiol

Artista pernambucano é atração do projeto Brasis no Paiol no dia 11 de julho.


Raí Giovani realizará show no Teatro SESI na próxima quarta-feira (26)

Raí Giovani realizará show no Teatro SESI na próxima quarta-feira (26)

A Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais, em parceria com o SESI, disponibiliza toda quarta-feira o Teatro para apresentações dos artistas da cidade



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)