Amanda Lyra
Terça, 29 de janeiro de 2019, 19:44 h - Atualizado em 31/01, 18:47 h

Gilrs Rock Camp - Uma semana de acampamento pra levar pra vida toda

Conheça o projeto que empodera meninas de 7 à 17 anos que aprendem à tocar instrumentos, formam suas bandas e aprendem a compor.

Amanda Lyra:Cultura
Autor: Redação
Pimenta Azul: Eu de produtora ao lado de Lis Claudia com as meninas que nos escolheram como mentoras.  Sophie (guitarra), Carla (vocal), Malu (Baixo), Gabriela (teclado), Gica (guitarra) e Gabi (bateria) se transformaram na banda All Stars
Pimenta Azul: Eu de produtora ao lado de Lis Claudia com as meninas que nos escolheram como mentoras. Sophie (guitarra), Carla (vocal), Malu (Baixo), Gabriela (teclado), Gica (guitarra) e Gabi (bateria) se transformaram na banda All Stars - Foto: Jéssica Carsoli

Normalmente não uso a Coluna Clave do Som para assuntos pessoais, mas essa pauta não é só profissional. É uma experiência que gostaria de dividir com meus leitores da forma mais intensa possível.

Então, me permitam contar sobre uma semana pra mudar a vida inteira...

 

Luana Angreves é conhecida para os leitores, pois é uma das colaboradoras mais assíduas, tendo vários textos publicados aqui. Quando a Luana manda um texto, eu já sei que é coisa boa e quando ela mandou a matéria de divulgação sobre o Girls Rock Camp, eu me empolguei só de ver. Ela sugeriu que eu me inscrevesse de voluntária e eu não resisto à um belo projeto voluntário, lá fui eu...

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco, pessoas tocando instrumentos musicais e violão

O Girls Rock Camp começou em Portland e veio pro Brasil há alguns anos. Em Curitiba, aconteceu sua segunda edição que apresenta para as campistas um universo onde a lei é "A gente pode, a gente faz", meninas de 7 à 17 anos escolhem qual instrumento gostariam de tocar: bateria, baixo, teclado, guitarra ou ser vocalista, montam uma banda, aprendem a tocar, compõe uma música, tem aula de defesa pessoal, de história de mulheres na música, de composição, de imagem, entre tantas outras atividades que acrescentam não só a parte intelectual mas também estimulam a sororidade e companheirismo.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e pessoas tocando instrumentos musicais

Me voluntariei para dar oficina de composição e para produção. O treinamento aconteceu no fim de semana anterior à semana do Camp e lá encontrei quase 70 mulheres de todas as áreas como voluntárias como professoras, instrutoras de oficina, como cozinheiras, como roadies, fotógrafas, cinegrafistas e simplesmente como apoio. 

Apoio, essa palavra diz muito sobre o que é vivenciado no GRC, simplesmente mulheres apoiando outras, meninas apoiando outras, gerando uma energia que nem um raio supera (nem o raio que fez a luz cair no 4ª dia e assustou todas nós).

No primeiro dia do GRC as campistas conhecem as voluntárias e escolhem a equipe (uma produtora e uma empresária) que será responsável por guiar a equipe que se transformará em uma banda que ao longo da semana ganhará um nome escolhido pelas meninas em comum acordo, depois decidem qual será a logo e dão início à composição da música que será apresentada no show do sábado seguinte.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Eu e Kaíla ministramos a oficina de composição, onde ajudamos as meninas à criarem suas primeiras músicas, que falavam de solidariedade, protesto, atitude e muio rock'n'roll.

Na hora do almoço, que por sinal trazia um cardápio vegano, curtimos shows incríveis de mulheres inspiradoras, incluindo o show das Jaguatiricas (banda formada no primeiro ano de Camp na cidade) e da renomada banda Mulamba.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas no palco

As Jaguatiricas fizeram todo mundo dançar.

A imagem pode conter: 4 pessoasE no show da Mulamba, rolou até participações especiais.

Todos os dias era cantado o hino do Camp, com direito à coreografia e ao longo da semana, as campistas acabavam subindo no palco para cantar, tocar e dançar.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas no palco e pessoas em pé

 

Um lugar onde mulheres e meninas têm voz ativa e podem ser quem quiserem.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

Para saber mais sobre o Gilrs Rock Camp, ser voluntária, ou inscrever uma campista, entre o site: http://www.girlsrockcampcuritiba.org

 

Veja mais fotos de como foi o Camp e o show que rolou no Basement Cultural no útlimo sábado (26)

A imagem pode conter: 1 pessoa, tocando um instrumento musical e área interna

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco, tocando um instrumento musical e violão

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco, show, noite e área interna

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, área interna

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas no palco, pessoas tocando instrumentos musicais, show e noite

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, multidão

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo

Sei o quanto eu aprendi em uma semana, quanto amor eu vivenciei e ano que vem estarei lá de novo. Essa foto demonstra exatamente como foi para nós, voluntárias... um abraço bem apertado de almas.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Cel Costa Filho

Cel Costa Filho

Segurança em Debate


Juliana Saraiva

Juliana Saraiva

Coluna Juliana Saraiva




Mais lidas
Paula Lima chega a Curitiba com “Soul Lee”, projeto em que interpreta canções de Rita Lee

Viola Quebrada faz show no Centro Cultural Sistema FIEP

Viola Quebrada faz show no Centro Cultural Sistema FIEP

Um dos principais grupos caipiras do país se apresenta com entrada franca em ação do Sesi Cultura Paraná


Pinhais iniciou a Semana de Jogos de Ginástica

Pinhais iniciou a Semana de Jogos de Ginástica

O evento chega a sua 8ª edição e é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SEMEL)


Balé Teatro Guaíra apresenta Plataforma Novos Criadores

Balé Teatro Guaíra apresenta Plataforma Novos Criadores

Apresentação de dança contemporânea acontece no palco do Guairão nos dias 20 e 21 de agosto. A entrada é gratuita e a capacidade é de 100 pessoas por sessão


Mais de 3 mil pessoas participaram da 5° Edição da Caminhada Internacional na Natureza

Mais de 3 mil pessoas participaram da 5° Edição da Caminhada Internacional na Natureza

A 5° edição da Caminhada aconteceu no último domingo (18) e bateu o recorde de participantes comparado às anteriores.


Filme-Concerto comemora os 130 anos de Chaplin

Filme-Concerto comemora os 130 anos de Chaplin

Ação do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP) exibe “Tempos Modernos” com música ao vivo, no Teatro Positivo



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)