Aninha Pazinatto
Terça, 06 de fevereiro de 2018, 18:29 h - Atualizado em 06/02, 18:34 h

Os riscos do bronzeamento artificial

Você já fez algum destes?

Aninha Pazinatto:São José dos Pinhais
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Olá meninas, como vocês estão? Ainda nessa pegada de verão, lembrei da enorme quantidade de pessoas que me perguntaram pelo instagram sobre locais aqui em Curitiba que fazem o famoso Bronzeamento artificial...

O bronzeamento artificial é aquele feito em cabine, onde a pessoa fica exposta a luz UV por cerca de 20 minutos sonhando emalcançar a perfeita marquinha. Acontece que esse tipo de técnica é TOTALMENTE IRREGULAR pois não é permitido pela ANVISA! E sim existem diversos lugares que fazem esse procedimento IRREGULAR em clinicas.


 

Foto: Divulgação.

Acontece que as pessoas ignoram os riscos e pensam exclusivamente nos benefícios do bronze e da marquinha! Apesar da sessão na câmara ser rápida a pele não sair vermelha ou com ardência, os raios UVA e UVB podem desencadear principalmente o câncer de pele e o envelhecimento precoce, além de problemas de visão e queimaduras. Todo cuidado é pouco, muitas vezes levam-se anos para os primeiros sinais de alguma alteração na pele.

Pesquisadores analisaram cerca de 27 estudos entre 1981 e 2012, para o instituto Europeu de oncologia, na Itália, com o tema sobre câncer de pele associado ao uso de câmaras de bronzeamento. Eles concluíram que o bronzeamento implicou num aumento de 20% do risco de ter um melanoma (um tipo de câncer de pele) e tem mais... quando o usuário tem menos de 25 anos esse risco dobra! Da um medo ne?

Foto: Divulgação.

A coisa é tão seria que já aconteceram inúmeros relatos de mulheres que sofreram graves queimaduras com essa técnica, isso acontece porque como é um equipamento não aprovado pela anvisa, o órgão não faz fiscalização (já que na teoria NINGUEM deveria ter e faz mal a saúde), então cabe a clínica e ao profissional responsável a organização para manutenção e calibração, pois as câmaras não seguem um padrão de fabricação.

Com tudo isso criaram as lajes para bronzear, onde tem os horários determinados (com menor índice de radiação), aplicação de cremes bronzeadores e mix de óleos. Outra solução é o bronzeamento a jato! Eu nunca realizei nenhuma dessas duas técnicas. A do bronzeamento artificial nunca passou na minha mente em tentar, pois eu jamais arriscaria minha saúde em prol da estética! Sempre temos que pensar muito bem quais caminhos tomar ao longo da nossa juventude, pois tem coisas que não tem volta! E o bronzeamento artificial é um desses!

Foto: Divulgação.

Agora me conta, você já fez algum desses procedimentos?



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Aninha Pazinatto

Jorge Marcondes

Jorge Marcondes

Coluna Papo de Piá




Mais lidas
Enfim, as escolas nascentes?

Enfim, as escolas nascentes?

Mais um texto da série especial


Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Peça aborda problemas rotineiros do casamento em duas apresentações no Teatro Regina Vogue


II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

É a segunda vez consecutiva que o município de São José dos Pinhais realiza um evento dessa proporção.


Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Combinando clássicos do Pink Floyd, algumas canções novas e trabalho solo, o astro britânico desembarca na cidade no próximo dia 27 de outu


Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Por isso apenas 15 a 20% dos pacientes são candidatos à cirurgia com potencial de cura.


Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical  “Um Cisco” estreia no Guairão

Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical “Um Cisco” estreia no Guairão

A trama se desenvolve numa estação de trem, onde a vida do médium é narrada desde os seus 4 anos de idade até a sua morte, aos 92 anos.



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)