Cel Costa Filho
Segunda, 15 de julho de 2019, 00:00 h - Atualizado em 15/07, 00:00 h

Golpe do boa noite cinderela

Golpes

Cel Costa Filho:Boa noite cinderela
Autor: Redação
Foto: Divulgação

Apesar de não ser muito aplicado e quando o é, as vitimas muitas vezes por vergonha acabam não registrando a ocorrência e isso faz com que os marginais que o aplicam se sintam seguros e confiantes em aplicá-lo em novas vítimas.

A prática consiste em misturar um remédio na bebida da vítima sem que ela perceba para fazê-la adormecer, esse golpe é aplicado em bares e boates. Quando a vítima está adormecendo vai com a mesma até sua casa e pratica o roubo. Em muitos casos além do roubo os marginais acabam estuprando suas vítimas, pois sabem que se for só o roubo, com certeza a grande maioria das vitimas irão formalizar a queixa, mas se forem estupradas, a probabilidade de não darem a queixa para não se exporem é muito grande.

Dica: Nunca aceite bebidas de estranhos; quando estiver em festas ou locais públicos, mantenha seu copo sempre protegido; nunca deixe as garrafas de bebidas que estiver tomando “largadas” e se for ao banheiro leve o seu copo.

Golpe da falsa batidinha no trânsito

Esse golpe é praticado por alguém que vem atrás do seu veículo, sendo que geralmente usam veículos roubados e quando a vítima se encontra num local pouco movimentado e dá uma pequena batidinha e ao parar para ver        o que aconteceu ocorre o assalto.

Dica: Se está situação ocorrer com você, antes de descer do carro verifique quem está no outro veículo, pois geralmente nunca estão sozinhos. Assim se perceber algo suspeito, às vezes é melhor ficar no prejuízo e ir embora. Não esqueça que para uma ação para cobrir o seu prejuízo basta apenas anotar a placa do carro e fazer um Boletim de Acidente de Trânsito – BOAT, então anote a placa ou tire uma foto do outro carro, assim, você não se expõe e não corre riscos, nem coloca sua vida em risco.

Golpe do falso prestador de serviçosApesar de não ser muito aplicado e quando o é, as vitimas muitas vezes por vergonha acabam não registrando a ocorrência e isso faz com que os marginais que o aplicam se sintam seguros e confiantes em aplicá-lo em novas vítimas.

A prática consiste em misturar um remédio na bebida da vítima sem que ela perceba para fazê-la adormecer, esse golpe é aplicado em bares e boates. Quando a vítima está adormecendo vai com a mesma até sua casa e pratica o roubo. Em muitos casos além do roubo os marginais acabam estuprando suas vítimas, pois sabem que se for só o roubo, com certeza a grande maioria das vitimas irão formalizar a queixa, mas se forem estupradas, a probabilidade de não darem a queixa para não se exporem é muito grande.

Dica: Nunca aceite bebidas de estranhos; quando estiver em festas ou locais públicos, mantenha seu copo sempre protegido; nunca deixe as garrafas de bebidas que estiver tomando “largadas” e se for ao banheiro leve o seu copo.

Golpe da falsa batidinha no trânsito

Esse golpe é praticado por alguém que vem atrás do seu veículo, sendo que geralmente usam veículos roubados e quando a vítima se encontra num local pouco movimentado e dá uma pequena batidinha e ao parar para ver        o que aconteceu ocorre o assalto.

Dica: Se está situação ocorrer com você, antes de descer do carro verifique quem está no outro veículo, pois geralmente nunca estão sozinhos. Assim se perceber algo suspeito, às vezes é melhor ficar no prejuízo e ir embora. Não esqueça que para uma ação para cobrir o seu prejuízo basta apenas anotar a placa do carro e fazer um Boletim de Acidente de Trânsito – BOAT, então anote a placa ou tire uma foto do outro carro, assim, você não se expõe e não corre riscos, nem coloca sua vida em risco.

Golpe do falso prestador de serviços

Foto: Divulgação

Marginais se disfarçam de carteiros, leitores de relógio de energia e funcionários de companhias telefônicas para poderem entrar em casas, condomínios e prédios.

Dica: Os funcionários dessas companhias não são autorizados a fazer reparos no interior das casas dos clientes. Antes de liberar o acesso entre em contato com a empresa e confirme a identidade dos mesmos. Se forem funcionários não irão se importar porque estão acostumados a esse procedimento, mas se forem marginais, com certeza irão dar uma desculpa e irão embora.

            Nunca esqueça PREVENIR é sempre o melhor remédio, e para dicas ou sugestões encaminhe e-mail para coronelcosta181@gmail.com

 

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:




Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira

Santa catarina Em Foco



Mais Lidas
Guitarrista Torcuato Mariano lança "Escola Brasileira", homenagem pelo

Guitarrista Torcuato Mariano lança "Escola Brasileira", homenagem pelo

Sexto álbum solo do instrumentista vai do samba-jazz à bossa nova e reúne convidados


Gabriel Louchard comanda “Ilusões - Festival Internacional de Mágicas”

Gabriel Louchard comanda “Ilusões - Festival Internacional de Mágicas”

O festival traz pela primeira vez ao Brasil grandes artistas do ilusionismo


Motor Blues Festival acontece de 2 a 4 de agosto com 19 shows

Motor Blues Festival acontece de 2 a 4 de agosto com 19 shows

Ao longo dos três dias, três palcos revezam as melhores bandas de blues da cidade tocando as várias vertentes do estilo musical


Marcio Karpinski é empossado presidente do Rotary Afonso Pena

Brasileiros embarcam para Mundial de Muaythai

Brasileiros embarcam para Mundial de Muaythai

Nessa semana embarcam para Bangkok,Tailândia os atletas classificados para o maior campeonato mundial de Muaythai pela IFMA.


Peita lança campanha “Rime como uma garota”

Peita lança campanha “Rime como uma garota”

O intuito da marca-protesto Peita é oferecer ferramentas de enfrentamento para mulheres lutarem contra as opressões diárias




Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)