Cel Costa Filho
Terça, 08 de agosto de 2017, 09:18 h - Atualizado em 08/08, 09:22 h

Acabou a tranquilidade

Segurança em primeiro lugar


Cel Costa Filho: Cidades


Foto: Divulgação.

Aos poucos a tranquilidade que as pessoas tinham quando estavam em casa está acabando, e as pessoas estão transformando suas casas em verdadeiros presídios.

Muitas pessoas por causa da insegurança optaram por mudarem e morarem em condomínios fechados, mas a realidade é que nem os condomínios são mais seguros, pois muitos marginais preferem cometer assaltos em condomínios, já que lá conseguem fazer um verdadeiro “arrastão” e roubarem várias casas durante os assaltos.

E a sensação de estarem em um local cercado e protegido deixa os moradores muitas vezes mais relaxados e acabam por facilitarem a ação dos marginais que ao conseguirem entrar na área do condomínio acabam encontrando muitas casas abertas.

Temos diariamente relatos de furtos e roubos em casas de rua e em casas de condomínio, e para os ladrões tanto faz, pois sabem que para serem pegos em flagrante a chance é muito remota, e se forem presos posteriormente responderão a um inquérito em liberdade.

Os objetos do furto ou roubo são imediatamente repassados e se os receptadores também forem presos, dificilmente a vitima irá conseguir recuperar seus objetos roubados.

Assim, diante dessa insegurança crescente, a única recomendação que posso dar, é que reservem uma parte do orçamento e façam um seguro residencial contra roubo e instalem sistemas de segurança, para que ao estarem dentro de casa, pelo menos consigam ter a sensação de que estão seguros.

Uma novela está mostrando a realidade do Rio de Janeiro, mas que resguardadas as devidas proporções, pois o Rio de Janeiro já um cenário de guerra  por mais que ninguém ouse admitir, onde os marginais circulam livremente pelas comunidades armados e sem nenhum receio da polícia e  mostra como eles tem a certeza da impunidade  e mesmo que sejam presos em flagrante com um fuzil, a pena é muito leve e isso os motiva a continuarem no mundo do crime.

Nossas cidades também têm seus índices de violência crescentes, e por mais que nossas polícias trabalhem, as leis beneficiam as condutas dos marginais, e por isso repito. Cobrem de seus deputados e senadores leis mais rígidas e que realmente protejam o cidadão e não os marginais. Façam valer o seu voto.





Envie o seu comentário


Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Aninha Pazinatto

Coluna Papo de Piá

Coluna Papo de Piá

Coluna Papo de Piá


Direito & Cidadania

Direito & Cidadania

Direito & Cidadania




Mais lidas
Defesa do consumidor: Qualidade dos brinquedos

Defesa do consumidor: Qualidade dos brinquedos

Uma das dicas é "compre sempre nas lojas tradicionais em vendas de brinquedos"


Silvia Bonk é homenageada na Câmara de Vereadores

Silvia Bonk é homenageada na Câmara de Vereadores

Solenidade movimentou São José dos Pinhais


Meu purê com bacon crocante!

Meu purê com bacon crocante!

Ao som de Clapton


Arquitetura e design inspiram obras de nova exposição no MAA

Arquitetura e design inspiram obras de nova exposição no MAA

Abertura da exposição “Reformulações” de Adriana Córdova acontece dia 14 de dezembro


Festa de lançamento do CD “O Manifesto Da Canção” + Clipe “Pra Você Saber” De Tacy De Campos em Curitiba

Festa de lançamento do CD “O Manifesto Da Canção” + Clipe “Pra Você Saber” De Tacy De Campos em Curitiba

A compositora Tacy de Campos, intérprete de Cássia Eller no musical que rodou o Brasil, mostra a disparidade de seu som autoral e lança o primeiro disco da carreira em sua cidade natal


Baquetas Alba lança novo modelo da  "Premium Select"

Baquetas Alba lança novo modelo da "Premium Select"

Baqueta "Premium Select" 5AB é a nova aposta para quem busca a pegada certa



Mais notícias deste colunista


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016.