Cel Costa Filho
Terça, 26 de julho de 2016, 00:00 h - Atualizado em 26/07, 00:00 h

Cinto de segurança

O Coronel Costa Filho fala sobre segurança

Cel Costa Filho:Curitiba
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Apesar de ser um equipamento de segurança que está presente em todos os veículos, algumas pessoas ainda acham que o seu uso é desnecessário.

O que muitos não percebem é que a simples decisão de usar ou não o cinto de segurança, pode representar a diferença entre a vida ou a morte no caso de um acidente, e que muitas pessoas perdem a vida em acidentes onde o veículo no momento do acidente está em baixa velocidade, mas que pela falta do uso do cinto de segurança no momento da colisão o deslocamento do corpo do ocupante resulta em lesões graves, sequelas permanentes e em alguns casos até levando à morte em decorrência dos traumatismos.

Os novos motoristas por terem sido criados já com a legislação da obrigatoriedade do uso do cinto de segurança, em sua grande maioria o usam, mas mesmo assim é fundamental sempre reforçar não a obrigatoriedade, mas a segurança proporcionada pelo seu uso.

Outro equipamento que todos os veículos possuem e que muitos não sabem como usar corretamente é o triangulo de sinalização, e o que vemos frequentemente quando um veículo para por um problema mecânico ou em decorrência de um acidente é o uso apenas do pisca alerta para indicar que o veículo está parado na via.

O correto é ao ficar com o veículo parado na via colocar o triangulo de sinalização atrás do carro.

Mas qual a distância que deve ser colocado o triângulo de sinalização?

O forma correta é em primeiro luga ver a velocidade da via. Exemplo, via com velocidade de 60 km por hora. Devem ser dados 60 (sessenta) passos a aí colocar o triangulo, ou seja, um passo para cada quilometro permitido, pois dessa forma os outros veículos conseguem visualizar com antecedência e desviar com muito mais segurança ao contrário do que ocorre quando o veículo está apenas com o pisca alerta ligado.   

 

E nunca esqueçam prevenir é sempre o melhor remédio.

 

*Por Cel. Costa Filho - Consultor de Segurança do SINDESP (Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado do Paraná); Chefe do COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) – 190; Diretor de Logística da Polícia Militar e membro do Programa Estadual de Proteção a Testemunhas.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Julio Borges

Julio Borges

Artes Marciais


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Clássico de Frederico García Lorca estreia na 48ª. Mostra Multiartes C

Clássico de Frederico García Lorca estreia na 48ª. Mostra Multiartes C

Yerma é uma mulher que vive o drama de não poder conceber um filho.


V Conferência Municipal do Trabalho acontece neste sábado (29)

V Conferência Municipal do Trabalho acontece neste sábado (29)

As inscrições para participar do evento foram prorrogadas e podem ser feitas até sexta-feira (28/06).


 Titãs revivem disco acústico em turnê comemorativa

Titãs revivem disco acústico em turnê comemorativa

“O projeto Titãs Trio Acústico, que traz os três remanescentes originais Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Belloto, recria sucessos da banda.


Celular roubado

Celular roubado

Quem já não teve um celular roubado ou conhece alguém que já teve?


Estilo na ponta do dedo com Toke Joven Cabeleireiros e Estética

Estilo na ponta do dedo com Toke Joven Cabeleireiros e Estética

Saiba mais sobre os alongamentos em acrilfix que conquistaram as saojoseenses


Clube Mulheres de Sucesso Araucária:  VANESSA MASZALEK DE LIMA


Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)