Cel Costa Filho
Terça, 09 de agosto de 2016, 00:00 h - Atualizado em 09/08, 00:00 h

Militar ou Modelo?

Falando de segurança

Cel Costa Filho:Curitiba
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Recentemente teve repercussão nacional uma bombeiro militar do Estado do Paraná que foi punida por ter feito um ensaio sensual, mostrando partes de seu corpo.

A grande polêmica gerada foi, se ela teria ou não, direito de mostrar seu corpo, já que vivemos numa democracia.

O que temos que aprender a separar e muitos ainda confundem, é o que significa “democracia”. Democracia é um estado de direito que garante ao cidadão a liberdade para poder atuar e agir com liberdade, mas não lhe da o direito de fazer tudo que quiser, pois aí estaremos em uma “anarquia” onde todos fazem o que querem sem se preocuparem se está correto ou não.

Quando, tantos os homens, como as mulheres optam por ingressarem na carreira militar, eles são cientes e conscientes de que estão entrando para uma carreira que é como um “sacerdócio” onde terão de abdicar de muitas coisas para colocarem seu tempo e suas vidas em defesa da sociedade.

Junto com esse compromisso moral, vem atrelados alguns comportamentos e um código de conduta que devem ser seguidos, e todos que entram para a carreira militar são sabedores do que podem e não podem fazer.

Mas depois que entram, alguns querem simplesmente mudar as regras, regras essas que são responsáveis pela manutenção da estrutura que dá sustentação à ordem que a sociedade anseia em um país democrático.

Um consultor inclusive em uma entrevista deixou bem claro que quem está em uma carreira tem que focar nela, se quer ser militar se dedique a carreira, mas se quiser ser modelo também é livre para optar e mudar de profissão, tanto é que uma sargento do exército brasileiro, que está focada em sua carreira abriu mão de um convite para também posar e decidiu que o principal é sua carreira como militar e não a de modelo.

E se não tivermos esse código de conduta sendo levado a sério, em pouco tempo teremos uma estrura onde ao invés de entrarem profissionais para se dedicarem a segurança do cidadão, teremos apenas quem entre para garantir um salário, mas sem a vocação principal, que é servir a sociedade.

E nunca esqueçam:  prevenir é sempre o melhor remédio.

Para acessar outras dicas acesse www.coronelcosta.com.br

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Julio Borges

Julio Borges

Artes Marciais


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Maykol Yurk estreia no FFC

Maykol Yurk estreia no FFC

Estreia no FFC


Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Marialba Ehlke Ozorio Villapol

Espetáculo “A Espera” terá quatro sessões gratuitas

Espetáculo “A Espera” terá quatro sessões gratuitas

O objetivo é incentivar a cultura e o teatro paranaense


Jardim Musical recebeu perto de 400 visitantes

Jardim Musical recebeu perto de 400 visitantes

No último sábado (15) o Museu Municipal realizou o Jardim Musical com a apresentação de Júnior Deluca. Nesta edição foram registrados perto de 400 visitantes.


HANNA lança álbum duplo em homenagem a João Gilberto,  com autorizações exclusivas

HANNA lança álbum duplo em homenagem a João Gilberto, com autorizações exclusivas

Quatro anos após o lançamento de “O Quatro anos após o lançamento de “O Amor é Bossa-Nova”, cantAmor é Bossa-Nova”, cantora regrava outras 23 canções imortalizadas na voz de seu ídolo


Startup oferece curso gratuito para quem vai fazer o Enem 2019

Startup oferece curso gratuito para quem vai fazer o Enem 2019

A plataforma online Kultivi disponibiliza curso preparatório com 600 aulas para estudantes que vão passar pelo exame no próximo mês de novembro



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)