Cel Costa Filho
Terça, 06 de fevereiro de 2018, 00:00 h - Atualizado em 06/02, 00:00 h

Onde estou seguro?

Nossa casa, nosso “porto seguro”.


Cel Costa Filho: Cidades


Foto: Divulgação.

Antes todos tinham a sua casa como um lugar de descanso e onde se sentiam seguros. Com o passar dos tempos e com o aumento da violência as pessoas começaram a mudar para condomínios fechados com a intenção de voltar a se sentirem seguros.

Mas a violência continuou aumentando e nem os condomínios ficaram mais seguros.

Os porteiros são contratados para controlarem o acesso aos condomínios, mas os moradores querem que eles atuem como seguranças, mas os porteiros não são treinados e nem são os responsáveis pela segurança, mas como dito, apenas, pelo controle de acesso.

Para se contratar um segurança para efetivamente cuidar da “segurança” do condomínio é muito caro.

E na grande maioria dos condomínios, os moradores estão com dificuldades para arcar com os custos do porteiro, imagine os custos de um segurança.

Uma das alternativas encontradas pelos moradores é a substituição do porteiro convencional pela Portaria Sem Porteiro, conhecida como portaria remota ou virtual, onde a tecnologia aumenta o controle de acesso e ao mesmo tempo consegue aumentar a segurança do condomínio.

E esse aumento no controle e na segurança ainda gera uma economia em média, de até 60% em relação custo de um porteiro convencional.

Como no custo do condomínio, o custo da portaria convencional  representa em média 65% do custo total, a mudança do sistema gera para o custo do condomínio, uma economia de até 50% do custo total.

Para se ter uma noção das melhorias do uso da tecnologia, o acesso é por biometria digital para os moradores e para os visitantes a liberação é via QRCODE; na garagem o controle de acesso pode ser por OCR (Reconhecimento da Placa) ou controle remoto, mas o controle remoto é identificado e registra qual morador abriu o portão, além de muitas outras comodidades onde o morador administra tudo via aplicativo no celular.

Muita comodidade, segurança e economia.

Mas nunca esqueçam que PREVENIR é sempre o melhor remédio.

       





Envie o seu comentário


Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Aninha Pazinatto

Coluna Papo de Piá

Coluna Papo de Piá

Coluna Papo de Piá




Mais lidas
Coxa e sobrecoxa assados na maionese e mostarda

 Antonio Fagundes vem a Curitiba com a comédia  Baixa Terapia

Antonio Fagundes vem a Curitiba com a comédia Baixa Terapia

Assistida por mais de 90 mil expectadores em São Paulo, a peça que rendeu o prêmio Shell de melhor atriz para Ilana Kaplan, segue em turnê nacional


Banco de Sangue do Hospital São José facilita casos emergenciais

Banco de Sangue do Hospital São José facilita casos emergenciais

As bolsas de sangue mais comuns em estoque são as tipagens O+ e A+, com O+ em primeiro lugar.


Rhaissa Bittar apresenta turnê Silêncio em São José dos Pinhais

Rhaissa Bittar apresenta turnê Silêncio em São José dos Pinhais

Espetáculo gratuito será apresentado no Teatro Sesi, nesta sexta-feira, às 20h


Conheça a banda paranaense que está conquistando os fãs de rock

Conheça a banda paranaense que está conquistando os fãs de rock

Essa é a Válvula Vapor. E eles tocam rock nacional



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016.