Cel Costa Filho
Terça, 07 de março de 2017, 00:00 h - Atualizado em 07/03, 00:00 h

Quem fica preso nesse país?

Segurança em primeiro lugar

Cel Costa Filho:Curitiba
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Quando questionamos porquê a violência aumenta e a polícia não faz nada? A resposta que mais ouvimos é que a polícia prende e a justiça solta!

Infelizmente essa é a verdade, mas ninguém pergunta, o porque a justiça solta os marginais.

Nossa legislação está voltada para sempre beneficiar os que cometem delitos.

A poucos dias vimos a liberação dos assassinos de uma policial militar que foi assassinada a sangue frio na véspera do natal, onde os marginais foram identificados e presos, mas que por falhas em nossa legislação que adora beneficiar ladrões e assassinos, mas que ao mesmo tempo é rígida com o cidadão de bem e trabalhador.

O marginal como não tem residência fixa e não trabalha, ao ser liberado foge e ninguém mais o acha para responder pelos seus crimes, porém, o cidadão honesto, é o que acaba sendo o mais prejudicado e o que no final acaba respondendo e sendo penalizado pelas nossas leis, pois como tem endereço fixo e trabalha é fácil de ser localizado.

Se Deputados e Senadores não mudarem as leis e as deixarem mais rígidas a tendência é que a violência continue aumentando.

Antes, quando alguém era preso, com certeza passaria uma noite preso, e isso acabava servindo de lição para que não viesse a cometer novos crimes ou delitos.

Mas hoje com a legislação sempre tratando os bandidos como vítimas da sociedade, e os defensores dos direitos humanos correndo para as delegacias para verem se não foram maltratados durante a prisão, os marginais nem ligam de serem presos, pois sabem que em poucas horas estarão livres para cometerem novos crimes, mas esses mesmos defensores dos direitos humanos que só se interessam pela escória da sociedade, mas não com o cidadão de bem não estão nem aí com os que sofrem com essa violência e nunca se preocupam em ao menos saber como ficaram as vítimas desses marginais.

Hoje se as cadeias estão lotadas é porque os que lá estão já cometeram com certeza muitos crimes e já deixaram um rastro de vítimas.

Por isso antes de reclamar pense em quem vai votar para que realmente mudem essas leis e as façam realmente proteger o cidadão de bem. 

E nunca esqueçam, prevenir é sempre o melhor remédio



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Mulheres de Sucesso

Mulheres de Sucesso

Mulheres de Sucesso


Vera Rosa

Vera Rosa

Coluna Vera Rosa




Mais lidas
Fotógrafo Lex Kozlik faz palestra sobre "Caçadores de Memórias"no MIS-

Fotógrafo Lex Kozlik faz palestra sobre "Caçadores de Memórias"no MIS-

O artista também será responsável por uma visita guiada pela exposição "Memória, imagem e infância", em cartaz no museu


Centro da Juventude oferece cursos e oficinas gratuitas para os jovens do município

Centro da Juventude oferece cursos e oficinas gratuitas para os jovens do município

CJ oferece oficinas de boxe, inglês (noções básicas), manicure, futsal, voleibol, capoeira e taekwondo


7ª edição da Festa da Semente Crioula acontece em Pinhais neste final de semana

7ª edição da Festa da Semente Crioula acontece em Pinhais neste final de semana

Diversas atividades serão realizadas durante todo o domingo, no Colégio Newton Freire Maia


Um toque culinário havaiano: 5 lugares para comer bowls em Curitiba

Um toque culinário havaiano: 5 lugares para comer bowls em Curitiba

Semelhante ao famoso “Prato Feito”, mas com suas peculiaridades, o bowl se tornou um dos queridinhos de diversos restaurantes na capital; saiba onde provar os melhores


Oktoberfest Curitiba 3 Marias acontece no feriado de setembro

Oktoberfest Curitiba 3 Marias acontece no feriado de setembro

A festa alemã será realizada nos dias 6, 7 e 8 de setembro, no Clube 3 Marias. Os ingressos já estão sendo vendidos


Splippleman de volta aos palcos com músicas novas

Splippleman de volta aos palcos com músicas novas

Banda curitibana volta aos palcos com novo trabalho gravado em Londres e o show de pré lançamento das novas canções é 1º de setembro, no Guairinha



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)