Cel Costa Filho
Terça, 13 de novembro de 2018, 09:40 h - Atualizado em 13/11, 09:42 h

SEQUESTRO RELÂMPAGO

Destaque da Semana

Cel Costa Filho:Variedades
Autor: Redação
Foto:

Uma nova modalidade de crime está começando a aumentar. Os marginais rendem suas vítimas, mas ao invés de roubarem o celular, eles fazem com que a vítima o desbloqueie e as obriga a acessar o aplicativo de sua conta bancária, e com o acesso liberado da conta, fazem a transferência de todo o dinheiro disponível, saldo mais limite do cheque especial.

            Enquanto isso outro integrante do golpe vai no banco e saca todo o dinheiro, com toda a tranquilidade, pois sabem que o titular da conta “roubada” está como refém de seus parceiros.

            Outra forma dos marginais se protegerem, é fazerem a transferência do dinheiro da vítima para uma conta em BITICON, onde é mais difícil a identificação do titular da conta.

            A vítima ao ser liberada tem como sua primeira reação ligar para o banco, para comunicar o que ocorreu, e solicitar o bloqueio da operação para que lhe devolvam o valor transferido.

            Aí que começa realmente o drama da vítima, pois como a operação foi realizada de seu celular e com a utilização da senha para as transferências, o banco não se responsabiliza pelo dinheiro retirado de sua conta.

            A única segurança que se pode adotar, apesar de em muitos casos isso ser inviável, é reduzir os limites diários para transferência, que apesar de não ser o ideal, pode pelo menos minimizar o prejuízo.

            Com esse novo modelo de crime, os ladrões não precisam ficar circulando com a vítima, e nem da presença dela para sacar o dinheiro, já que toda a ação é realizada online.

            Mas o sequestro para levar a vítima junto para sacar dinheiro nos caixas eletrônicos ainda continua em alta, motivo pelo qual, após as 22 horas, o limite de saque é reduzido.

            Assim, evitem andar em lugares com pouco movimento, e principalmente as mulheres que tem o hábito de pararem o carro e ficarem falando no celular, pois aí se torna vítimas fáceis para os ladrões.

            E nunca se esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

            Para sugestões de pauta ou duvidas, encaminhem um e-mail para coronelcosta181@gmail.com

 

           

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Coluna Kids

Coluna Kids

Coluna Kids


Direito & Cidadania

Direito & Cidadania

Direito & Cidadania


Kleiton Ramil

Kleiton Ramil

Canal do Kleiton




Mais lidas
Meio Ambiente SJP forma parceria para ampliar pontos de coleta de lâmp

Meio Ambiente SJP forma parceria para ampliar pontos de coleta de lâmp

Secretara de São Jesé dos Pinhais recebeu representantes da entidade Reciclus que formou parceria com o município par a instalação de ponto de coleta de lâmpadas.


Música, arte e circo a bordo do Ônibus da Cultura neste fim de semana

Música, arte e circo a bordo do Ônibus da Cultura neste fim de semana

Atrações musicais e circenses fazem parte da programação do Ônibus da Cultural neste fim de semana.


Curitiba ganha novo evento esportivo de artes marciais

Curitiba ganha novo evento esportivo de artes marciais

Primeira edição do Cidade da Luta ocorre no próximo domingo (24), no Espaço Torres da Kennedy.


Bonna Beer, uma nova opção para apreciar!

Bonna Beer, uma nova opção para apreciar!

Bonna Beer, um novo sabor para você.


Inscrições abertas para curso voltado  ao empreendedorismo na moda

Inscrições abertas para curso voltado ao empreendedorismo na moda

O curso "Fashion Business" prepara profissionais para atuar em um dos segmentos que mais cresce no mundo


São José dos Pinhais ganhou um espaço gastronômico para chamar de seu

São José dos Pinhais ganhou um espaço gastronômico para chamar de seu

Localizado próximo ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, o Mondrí surge como uma proposta de trazer ao município um local de entretenimento, gastronomia, diversão e lazer para todos os públicos



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)