Cel Costa Filho
Terça, 15 de novembro de 2016, 00:00 h - Atualizado em 15/11, 06:40 h

Vida de Bandido vale mais?

Segurança

Cel Costa Filho:Empresarial
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Circulou pelas redes sociais um vídeo onde um motorista de UBER em São Paulo, ao ser assaltado por três elementos reagiu e matou os três marginais.

O que a principio é um fato que merece ser observado como um ato de defesa da própria vida e que independente de ter sido tirada a vida de três pessoas, o que matou é um cidadão trabalhador e os que morreram eram marginais.

Mas o mais espantoso alguns posicionamentos declarando que ao se analisar a ação, era preferível que o motorista tivesse morrido, pois aí ao invés de três famílias estarem chorando, apenas uma família estaria.

Sou contra a violência mas não tenho como pensar que a vida de um um assaltante deve ter mais valor que a vida de um tabalhador.

Me desculpem os defensores dos direitos humanos, mas isso é uma vergonha.

Onde já se viu alguém pensar que a vida de marginais deve ser preservada e a de um trabalhador deve ser menosprezada, e dizer que o que vale é apenas a quantidade sem se importar com quem está certo e quem está errado. Não importa quem está trabalhando e quem está roubando.

São esses comportamentos e posturas que estão a cadadia fazendo com que a criminalidade aumente e a polícia se sinta cada vez mais acuada e receosa de cumprir seu dever, pois sempre aparecem esses “defensores” dos marginais, mas não vemos aparecerem os defensores do cidadão de bem e nesse rol incluímos os policiais, que arriscam diuturnamente as suas vidas em prol da sociedade e estão sendo sempre tachados como violentos enquanto que os marginais e assassinos são sempre tachados como vítimas da sociedade.

Enquanto não nos posicionarmos e definirmos o que queremos. Uma sociedade justa e correta ou um sociedade que apenas defende marginas e quando um bandido morre vão em passeata ver a sua família e ver o que precisam e até arrumar advogado para entrar com ação contra o Estado, mas quando um cidadão de bem é morto por um marginal, não aparece ninguém e a sua família é relegada a sua própria sorte.

E nunca esqueçam que a participação de cada um é fundamental para a melhoria do todo.

Para ver outras matérias, acesse www.coronelcosta.com.br

 

 

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Cel Costa Filho

Cel Costa Filho

Segurança em Debate


Juliana Saraiva

Juliana Saraiva

Coluna Juliana Saraiva




Mais lidas
Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Ananda Suelem Scorteganha

Cultura no Teatro SESI: alunos da Casa Verde se apresentarão na próxima quarta-feira (19)

Cultura no Teatro SESI: alunos da Casa Verde se apresentarão na próxima quarta-feira (19)

A Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais, em parceria com o SESI, disponibiliza toda quarta-feira o Teatro para apresentações dos artistas da cidade (Foto: Divulgação/Dreams grupo de dança)


Ana Carolina comemora 20 anos de carreira com turnê “fogueira em alto mar" em Curitiba

Ana Carolina comemora 20 anos de carreira com turnê “fogueira em alto mar" em Curitiba

Show traz surpresas e conta com músicas de seu novo álbum homônimo, além dos grandes sucessos de sua carreira.


Festa Junina no quintal do James

Festa Junina no quintal do James

O evento acontece no dia 22 e 29 de junho com várias atrações


1ª Curitiba Santé Week

1ª Curitiba Santé Week

A capital paranaense vai sediar festival dedicado ao consumo sustentável a partir do próximo dia 30 de junho


CineMaterna exibirá “Juntos para Sempre” em shopping de Curitiba

CineMaterna exibirá “Juntos para Sempre” em shopping de Curitiba

Na quarta-feira (19/06), às 14h, tem CineMaterna, sessão especial para mamães e bebês com até 18 meses, no Cineplus



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)