Cel Costa Filho
Terça, 03 de abril de 2018, 00:00 h - Atualizado em 03/04, 00:00 h

Vidas em Risco

Destaque da Semana

Cel Costa Filho:Variedades
Autor: Redação
Foto: Imagem Ilustrativa

A imagem nos remete aos clássicos filmes de terror ou suspense, onde a “morte” ronda as suas vítimas. Mas ao contrário do que vemos nos filmes onde sabemos ser apenas uma cena fictícia, na vida real estamos todos os dias presenciando cenas reais, onde pessoas estão sendo mortas e na maioria dos casos, a sua morte é o resultado da ação de marginais.

                E essas mortes não estão atingindo apenas policiais, quer estejam eles de serviço ou em seu horário de folga, a “morte” está atingindo a todos sem distinção: homens, mulheres, crianças, jovens ou velhos.

                A violência está ficando a cada dia tão presente que infelizmente a maioria das pessoas passivamente a está encarando como algo normal, e só percebe a sua dura realidade quando é pessoalmente atingida por ela, alguém de sua família ou um amigo próximo se torna uma vítima.

                Por isso volto a reforçar, que para termos uma sociedade melhor, teremos que cobrar daqueles que elegemos e principalmente nesse ano, onde em outubro teremos eleições, para que escolham com muito cuidado quem serão seus representantes, quer seja a nível estadual ou federal.

                Votar com consciência e não baseado em falsas promessas ou “presentinhos”, e cobrar posteriormente as promessas feitas, e o primeiro passo é escolher quem realmente queira fazer algo pelo povo, e uma das coisas que devemos cobrar é uma mudança em nossa legislação penal, para que, quem for flagrado cometendo um crime violento, ou esteja em posse de uma arma de fogo de grande poder letal (fuzis, metralhadoras, ...) respondam severamente, pois hoje portar um revolver calibre .22 e um fuzil HK 47, a pena é a mesma, e isso não podemos mais admitir.

                Outra mudança é fazer como em alguns países de primeiro mundo, onde quem é preso por atirar ou matar um policial, receba a pena máxima, sem direito a progressão de regime, ou seja, saberá que se atirar contra um representante da lei, nunca mais sairá da cadeia, pois somente assim, DANDO SEGURANÇA ÀQUELES QUE NOS DEFENDEM, PODEREMOS ALMEJAR UMA SOCIEDADE MAIS SEGURA.

                E nunca esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Encaminhem suas dúvidas para coronelcosta181@gmail.com

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Cel Costa Filho

Cel Costa Filho

Segurança em Debate


Juliana Saraiva

Juliana Saraiva

Coluna Juliana Saraiva




Mais lidas
Paula Lima chega a Curitiba com “Soul Lee”, projeto em que interpreta canções de Rita Lee

Viola Quebrada faz show no Centro Cultural Sistema FIEP

Viola Quebrada faz show no Centro Cultural Sistema FIEP

Um dos principais grupos caipiras do país se apresenta com entrada franca em ação do Sesi Cultura Paraná


Pinhais iniciou a Semana de Jogos de Ginástica

Pinhais iniciou a Semana de Jogos de Ginástica

O evento chega a sua 8ª edição e é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SEMEL)


Balé Teatro Guaíra apresenta Plataforma Novos Criadores

Balé Teatro Guaíra apresenta Plataforma Novos Criadores

Apresentação de dança contemporânea acontece no palco do Guairão nos dias 20 e 21 de agosto. A entrada é gratuita e a capacidade é de 100 pessoas por sessão


Mais de 3 mil pessoas participaram da 5° Edição da Caminhada Internacional na Natureza

Mais de 3 mil pessoas participaram da 5° Edição da Caminhada Internacional na Natureza

A 5° edição da Caminhada aconteceu no último domingo (18) e bateu o recorde de participantes comparado às anteriores.


Filme-Concerto comemora os 130 anos de Chaplin

Filme-Concerto comemora os 130 anos de Chaplin

Ação do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP) exibe “Tempos Modernos” com música ao vivo, no Teatro Positivo



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)