Jorge Marcondes
Sexta, 27 de janeiro de 2017, 00:00 h - Atualizado em 27/01, 00:00 h

2017 começando!!!

Por Jorge Marcondes

Jorge Marcondes:Empresarial
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

E 2017 já está começando e a Sapopemba é um excelente local para ir, pois no dia 10 de janeiro aconteceu a primeira terça das artesanais promovida pela ACERVA-PR e no dia 25 de janeiro tem a Quarta dos artesanais.

 

Esta é a primeira loja especializada em cervejas de São José dos Pinhais e conta com mais de 150 rótulos, nacionais e importados, além de vários kits para presentes, copos e taças, camisetas.

 

A cada semana você vai encontrar na Sapopemba, Chope e Growler diferentes, além de food trucks em frente à loja para o happy hour, nas sextas e sábados. O horário de atendimento é de segunda a sábado das 12:00 às 20:00 horas. Esta belíssima loja fica na rua General Catão Mena Barreto, 405 sala 02 e o fone é (41) 3146-3998.

Foto: Divulgação.

E foi assim que encontramos a agitação no local. Bastante gente prestigiando a loja e os cervejeiros caseiros que foram apresentar as suas produções, falar sobre elas, obter um retorno de outras pessoas, que é o que mais se importa quando se coloca uma cerveja para degustação em um evento como este.

 

 

Lilian Karla
Lilian Karla - Foto: Divulgação.

A loja é muito aconchegante, e nela você vai encontrar muitas opções deliciosas, para qualquer paladar. São cervejas geladas ou não, com as quais você vai se divertir muito, pois degustar uma cerveja especial/artesanal é a mais pura diversão, tal a riqueza de aromas, cores e sabores que elas podem lhe proporcionar.

 

 

Foto: Divulgação.

 

Na loja você pode inclusive ler e fazer pesquisa sobre cerveja, pois alguns livros ficam à disposição. Pode apreciar a diversidade de copos e camisetas, além de um excelente bate papo com os donos, que irão te explicar cada detalhe das cervejas que você encontra na loja.

 

 

Foto: Divulgação.

Bom, no evento fomos muito bem recebidos e atendidos pelos anfitriões do dia, a Lilian Karla e o Carlos Monteforte. Quando chegamos, eu e minha sempre melhor parceira Alessa Paiva, o evento já estava começando, mas pudemos degustar desde a primeira cerveja servida, aliás, foram várias.

 

Foto: Divulgação.

Alguns cervejeiros acabam levando mais cervejas do que inscreveram, bem como, outros levam mesmo sem terem inscrito cerveja alguma. Neste dia, eu acabei levando uma Robust Porter Maturada em barrica de Amburana.

 

Como foi o primeiro uso desta barrica, tanto aroma como sabor ficaram bastante evidentes. A título de curiosidade, esta barrica foi hidratada com água por alguns dias, e esta água foi usada na produção de um hidromel.

 

 

Foto: Divulgação.

Quem também foi apresentar suas deliciosas cervejas foi o Lucas Bonancin Amaral, que inclusive saiu em matéria do Paraná Imprensa que pode ser vista no link http://www.paranaimprensa.com.br/bonna-beer-a-cerveja-artesanal-do-ano-by-julio-ferraz/.

Bonna Beer – A cerveja artesanal do ano – by Júlio Ferraz ...

www.paranaimprensa.com.br

A Coluna Goles & Guloseimas elege a Bonna Beer como a melhor cerveja artesanal de 2016. 2016 foi sem dúvidas um ano muito rico para o cenário cervejeiro nacional em ...

 

 

O Lucas ganhou medalha no XI CONCURSO NACIONAL DAS ACERVAS com sua Roggen, que também foi eleita pela Coluna Goles & Guloseimas como a melhor cerveja artesanal de 2016.

 

Bom, mas quando o que está à disposição é algo contendo álcool, são necessárias algumas preocupações e os anfitriões sempre estão bem preocupados com isso, então quando o evento é de menores proporções como a confraria por exemplo, providenciam a produção de alguma comidinha, ou então chamam um Food Truck quando o evento é maior, como foi o caso da Terça das artesanais.

 

 Da direita para a esquerda, Lucas Bonancin Amaral, Fabricio Friedemann e Guilherme Franco.
Da direita para a esquerda, Lucas Bonancin Amaral, Fabricio Friedemann e Guilherme Franco. - Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Neste tipo de evento, que tem a vantagem de ser de graça, você pode aproveitar para descobrir as tendências da produção dos caseiros, degustar deliciosas cervejas, bater um belo papo e se aprofundar um pouco mais sobre o mundo da cerveja caseira/artesanal, bem como encontrar e conhecer muitas pessoas bacanas.

 

 

Foto: Divulgação.

Já no momento de servir sua cerveja, o cervejeiro caseiro irá se apresentar e explanar sobre a amostra que está servindo, o que te ajuda a entender um pouco mais deste maravilhoso mundo da cerveja. Mas é bom avisar que a porção não é muito grande, pois além do custo, algumas possuem um teor alcoólico que provavelmente a maioria das pessoas não está muito acostumada.

 

Ainda existe um outro detalhe, muitas vezes são de estilos com os quais a maior parte das pessoas normalmente não está habituada, portanto pode ser um pouco mais difícil de apreciá-los para alguns. Mas, para quem tem o coração e a mente abertos, pode ser uma experiência muito enriquecedora.

 

 

Foto: Divulgação.

Uma das cervejas servidas, foi a São jOrval dos Pinhais, produzida pelo maestro João Carlos Maximiano, que também estava na organização do evento tentando colocar alguma ordem no recinto, pois após alguns copos de deliciosas cervejas os ânimos se exaltam um pouco e as pessoas começam a falar um pouco mais alto.

 

Esta é uma cerveja que tem como base da sua receita uma das minhas cervejas preferidas, a Orval. Esta é uma cerveja nada comum, sendo que o mosteiro trapista Orval é único na elaboração da única cerveja trapista com características de Brettanomyces. No caso da Orval, os cervejeiros adicionam o fermento à cerveja no seu engarrafamento.

 

 

Foto: Divulgação.

Bem, aproveitando o gancho da polêmica gerada pela propaganda do lançamento das novas cervejas da Proibida, não são só os homens que bebem cervejas mais pesadas e amargas, nem são somente eles que fazem cerveja. Muitas mulheres estavam prestigiando o evento e acompanhando seus maridos e namorados também.

 

Neste tipo de evento acabamos reencontrando pessoas que às vezes não vamos há tempos. No meu caso, uma destas pessoas foi a Rafaela Zem, proprietária da Tridentum Brewers Supplies e cervejeira caseira e mão cheia. Já tive o prazer de degustar uma Blond Ale feita por ela.

 

 

Foto: Divulgação.

Junto com a Rafaela na foto anterior, estão os grandes parceiros e cervejeiros caseiros Carlos Paiva e Giancarlo Berti. Inclusive o Gian Berti é padrinho de uma de nossas produções que está quase pronta.

 

Neste evento promovido pela ACERVA-PR, aconteceu um sorteio de brindes aos presentes. Tive o prazer de ser agraciado com um deles, uma camiseta da ACERVA, que recebi das mãos do amigo e Vice-Presidente, Vilmar José Sidoski. Vale lembrar que o maestro é Coordenador temático.

 

 

Foto: Divulgação.

Esta receita do maestro teve sua fermentação primaria com Belgian Ale que é uma levedura que dá características bem interessantes, com aromas frutados e notas de condimentos dependendo da temperatura usada. Já na fermentação secundária, foi utilizada Brettanomyce bruxellensis. Neste processo já foram 5 meses até o engarrafamento e agora vão ser mais 6 meses de fermentação bretta na garrafa. Para o priming (carbonatação) foi utilizada a dextrose em garrafa de champanhe, devido à pressão que conseguirá. Segundo o maestro, a carbonatação dela já está boa, mas os aromas e sabores ainda precisam ser melhor trabalhados nestes 6 meses. O nome é uma paródia à cerveja Orval e à cidade na qual ele reside.

 

 

 

Foto: Divulgação.

Bom, o mais importante é que o evento foi um sucesso, todos com quem tive a oportunidade de conversar adoraram o evento e as cervejas. Foi um excelente encontro inicial, pois o ano mal começou e já havia muitas pessoas prestigiando.

 

Foto: Divulgação.

Também é importante frisar que a loja está em uma região muito bacana de São José dos Pinhais, o atendimento é excepcional e a carta de cervejas muito bacana. Então, não só nos momentos de evento você pode ir, mas se desejar saber mais sobre este mundo da cerveja artesanal, em dias sem eventos o Carlos e a Lilian podem te dar mais atenção ainda.

 

 

Cheers!!!

 

Também é importante frisar que a loja está em uma região muito bacana de São José dos Pinhais, o atendimento é excepcional e a carta de cervejas muito bacana. Então, não só nos momentos de evento você pode ir, mas se desejar saber mais sobre este mundo da cerveja artesanal, em dias sem eventos o Carlos e a Lilian podem te dar mais atenção ainda.

 

 

Cheers!!!

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira

Santa catarina Em Foco




Mais lidas
Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Taís Cristina Araújo Nascimento

Obra prima

Obra prima

Itens de coleção são os grandes destaques de projeto com releitura de visual clássico


Mostra Paranaense de Dança chega à sua grande final

Mostra Paranaense de Dança chega à sua grande final

Espetáculos de gêneros variados acontecem no Guairão e Memorial de Curitiba recebe o projeto Palco Alternativo


Esbanjando diversidade, Subtropikal anuncia 4ª edição em Curitiba

Esbanjando diversidade, Subtropikal anuncia 4ª edição em Curitiba

Um dos maiores festivais de criatividade do Brasil será realizado entre os dias 03 e 10 de agosto, com dezenas de atividades e convidados de


Siba vem a Curitiba para show no Paiol

Siba vem a Curitiba para show no Paiol

Artista pernambucano é atração do projeto Brasis no Paiol no dia 11 de julho.


Raí Giovani realizará show no Teatro SESI na próxima quarta-feira (26)

Raí Giovani realizará show no Teatro SESI na próxima quarta-feira (26)

A Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais, em parceria com o SESI, disponibiliza toda quarta-feira o Teatro para apresentações dos artistas da cidade



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)