Jorge Marcondes
Sexta, 09 de setembro de 2016, 00:00 h - Atualizado em 09/09, 00:00 h

Cerveja caseira, um negócio além da cervejaria!

Por Jorge Marcondes

Jorge Marcondes:Empresarial
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

O perfil dos consumidores de cerveja artesanal é bastante interessante, pois o grupo das mulheres já representa 15% do total e vem crescendo bastante. Já o de homens, fica com idade entre 20 e 40 anos, nível superior em formação ou completo, de classe média a alta. Costumam gastar algo em torno de R$ 230 por mês com a bebida, e 70% deles afirma que a qualidade é o principal motivo da compra. É o tipo de consumidor que deseja experimentar novas sensações, novos produtos, quer ter uma experiência a cada cerveja. Ainda, possuem a consciência de que pagam mais por algo diferenciado.

Bom, assim a cultura cervejeira vai se disseminando, porém ela exige certa qualificação para seu melhor aproveitamento. Daí, podemos perceber o motivo das salas de aula repletas de alunos, fato que mostra que tem cada vez mais gente de olho neste mercado, que forma: cervejeiros caseiros, consumidores, apreciadores e inclusive os Beer Sommeliers.

Neste mesmo movimento, cada vez mais surgem empreendedores que acabam criando receitas novas e colocando estas cervejas no mercado. É uma cadeia de negócios que está ganhando corpo e acaba por envolve desde lojas especializadas, cursos para formação de profissionais especializados em orientação ao público, até os grupos fechados de apreciadores, chamados confrarias.

Foto: Divulgação.

O que se observa, é que quanto mais o consumidor e os profissionais da área aprendem, mais este mercado se desenvolve e cresce, mostrando que esse é um processo sem retorno. A qualificação e o empreendedorismo acabam por fazer com que muitos negócios sejam ampliados, pois muitos destes empreendedores começaram produzindo cerveja em casa, apenas para apreciá-las com os amigos.

 

Opções de negócio

Das micro cervejaria, Beer Pub, bares especializados e franquia de lojas revendedoras, até atuar como sommelier prestando consultoria para cervejarias, bares e restaurantes, existem diversas opções de negócio que são possíveis de serem explorados. Porém, além dos aspectos gerenciais do negócio é fundamental que você conheça bem o seu produto, busque as associações (ACERVAS), produtores da sua região, eventos específicos, clubes de cerveja, dentre outros, Para tentar entender o mercado e também, definir qual seu aporte financeiro disponível, bem como sua expectativa de retorno sobre ele.

Leve em conta que uma micro cervejaria é mais o meio mais procurado, mas o investimento é bastante alto devido aos equipamentos necessários, que são caros. Quando você pensa em um Beer Pub, ele pode ser baseado em uma cervejaria menor, que produz e vende no mesmo local. Mas lembre-se, o investimento depende muito do mercado, da cidade no qual será feito. Um Beer Pub é um pouco menor, mas não tem a necessidade de engarrafar para vender, assim ele não é caracterizado como indústria, então o investimento nele é bem menor.

 

Como elaborar uma carta de cerveja

Então, observe que um dos diferenciais de um bar ou restaurante é sua carta, neste caso, a carta de cervejas artesanais a serem servidas. Para a sua elaboração, seria bem interessante você consultar um sommelier, pois ele é uma pessoa que poderá analisar seu público, seu ticket médio e seus pratos oferecidos, e daí pensar nas possíveis harmonizações com as cervejas, pois ao atender o seu cliente, você deve tentar, prudentemente é claro, ousar para causar a vontade nos seus clientes, de fazer experimentações. Ele poderá ainda, treinar a sua equipe para que atendam corretamente e consigam sanar as dúvidas dos clientes.

Michael Jackson, o primeiro nome quando se pensa em sommelier de cerveja.
Michael Jackson, o primeiro nome quando se pensa em sommelier de cerveja. - Foto: Divulgação.

O sommelier sempre lhe dará suporte com a finalidade de você entender as falhas e acertos, mas você ainda pode contratar uma consultoria especializada, para dar formação a um funcionário da sua casa, e assim ele irá liderar a equipe futuramente. É fundamental ter alguém com conhecimento, para tirar dúvidas de clientes quanto aos diferentes sabores que às vezes podem até causa estranheza neles. Lembre-se que este é um mercado novo e muitas pessoas ainda estão de fora, ou seja, não conhecem todas as possibilidades que as cervejas artesanais podem apresentar.

 

As franquias que vendem cervejas especiais contemplam outro tipo de negócio que percebe as vendas aumentarem. São lojas como o Mestre-Cervejeiro.com, que apresenta produção de conteúdo por meio de vídeos e artigos, colaboração com revistas especializadas, promoção de viagens cervejeiras e workshops para empresas e para o público em geral. Também, possui o próprio curso de formação de sommelier de cervejas e diversas lojas espalhadas por todo o Brasil.

 

Em uma rede como esta você recebe todas as informações e orientações para a abertura de um negócio, bem como deverá respeitar as regras determinadas por ela. Isso dá uma garantia a mais de que provavelmente o seu empreendimento dará certo.

Foto: Divulgação.

O desenvolvimento de APPs é outra oportunidade de negócios interessante. Hoje podemos ver por exemplo:

 

Untappd: você pode compartilhar com seus amigos as cervejas que bebeu, dá nota para elas e check-in nos bares frequenta. Possui dicas de cervejas a partir da análise daquelas que você gosta. Versão: inglês, para iOS e Android.

 

RateBeer: banco de dados com cervejas do mundo todo e com avaliações dos usuários. Identifica a cerveja através da digitalização do código de barras. Versão: inglês, para iOS e Android.

 

Lokobeer: dirigido para nosso mercado de artesanais, no qual os usuários colaboram na criação de uma enciclopédia. Tem várias secções com jogos, dicas para correto uso dos copos, bem como um buscador de cervejas, bares e eventos do mundo cervejeiro. Versão: português, para iOS e Android.

 

Pintley: promete listar bares a partir da geolocalização do seu celular, compartilhando seus dados com Facebook e Twitter. Sugere cervejas, baseado no seu gosto pessoal. Versão: inglês, para iOS e Android.

 

Cervaonde: promete indicar bares e pesquisar onde você pode encontrar sua cerveja preferida, oferece brincadeiras para escolher o motorista da rodada e dividir a conta no bar. Versão: português, para iOS e Android.

 

Eisenbahn: um manual para ter sempre à mão, conta a história da cerveja artesanal, explica os estilos de cerveja, dá dicas sobre copos e te ensina a avaliar e saborear a cerveja degustada. Também localiza o bar mais próximo, com cerveja artesanal. Versão: português, para iOS e Android.

 

Bier Tab: cervejas do mundo todo catalogadas, com avaliações e dados sobre sua procedência, graduação alcoólica, tipo de copo entre outros. Você pode compartilhar sua opinião e tem a média da opinião de outros usuários. Versão: português, para iOS e Android.

Foto: Divulgação.

Embalagens & Acessórios

Com a variedade de cervejas disponíveis, torna-se fundamental pensar bem na embalagem e rótulo a serem utilizados, procurando aqui, também proporcionar experiência sensorial para o consumidor. Um rótulo bem elaborado pode transmitir a percepção de qualidade e superioridade para aquele produto. Um design bem elaborado ajuda a mostrar a inovação, a personalidade e até o regionalismo, que acabam por dar mais destaque para o artesanal.

Os acessórios não poderiam ficar de fora desta lista, pois afinal de contas, como você vai aproveitar melhor uma cerveja em uma festa, bebendo em um copo de plástico, ou ficando com as mãos presas por copos e canecos. Ficar carregando sacolas com garrafas de vidro tilintando a cada passo? Muitos empreendedores já perceberam que muitos acessórios ajudam bastante os apreciadores de cervejas artesanais. Das caixas de transporte de garrafas, chaveiros abridores de garrafa, cartucheiras para armazenar a garrafa que está degustando, cintos para carregar latinhas de cerveja, a quadros e até moveis específicos, são grande oportunidades de negócio.

Idéias diferentes

Existem alguns empreendedores que possuem ideias criativas e à margem da concorrência, que com criatividade conseguiram encontrar áreas que estão alinhadas ao setor das cervejas artesanais, mas que estão fora da grande confusão.

A Beer Academy é uma instituição de ensino especializada neste universo da cerveja artesanal, que vem capacitando microcervejeiros profissionais e amadores. Mas, já passou a investir na área gastronômica, pois lançou sorvetes e molhos à base de cerveja, bem como seu dono possui uma marca de sabonetes artesanais de cerveja, que são vendidos em uma loja online (confraria-beersoap.com).

Foto: Divulgação.

Outro empreendedor lançou o guia das cores das cervejas artesanais, chamado Beertone, e agora lançou um brinquedo (Toy Art) para adultos chamado Brewce, utilizado para decorar a casa dos amantes da cerveja. Ele possui o formato de um lúpulo e a sua barriga possui um espaço imantado para uma tampinha, que personaliza o boneco com a sua marca predileta.

 

Incubadora

Este se refere a um projeto ou empresa cujo objetivo maior é trabalhar com a criação ou o desenvolvimento de pequenas empresas ou microempresas, apoiando-as nos primeiros passos de suas vidas. Abrigar empresas inovadoras, procurando fornecer para elas um ambiente propício ao desenvolvimento, dando assessoria empresarial, contábilfinanceira e jurídica, além de dividir entre as várias empresas que ajuda, os custos de recepção telefonista, acesso á internet dentre outros, formando um ambiente no qual essas empresas tenham um maior potencial de crescimento comparado a se estivessem andando sozinhas.

 

CoWorking?

Estes são aqueles ambientes especialmente pensados para que você possa trabalhar de maneira autônoma, mas com muito networking com pessoas de diversas outras áreas. É uma nova forma de pensar um ambiente de trabalho, baseado no freelancing e nasstart-ups, no qual as pessoas reúnem-se diariamente com a finalidade de trabalharem num ambiente inspirador.

 

A ideia é simples, são profissionais independentes que procuram um espaço democrático para desenvolverem seus projetos, sem o isolamento do home office ou as distrações de espaços públicos. São ambientes pensados, nos quais você poderá receber seus clientes com um custo menor do que teria ao alugar uma sala comercial.

Foto: Divulgação.

Bom, estas são algumas das possibilidades de negócio que podem ser exploradas por quem é apaixonado por cerveja artesanal. São várias opções para transformar aquele seu hobbie em um negócio rentável.

 

Espero ter conseguido inspirar alguns de vocês a se aventurarem neste mundo maravilhoso e cheio de oportunidades.

Foto: Divulgação.

Não se esqueçam que nesta semana estamos com a Oktoberfest Curitiba e se forem aproveitar esta bela festa, o façam com responsabilidade. Antes de começar a beber, alimentem-se bem e não esqueçam de beber muita água entre as canecas de cerveja, tanto para a sua reidratação como para afastar aquela ressaca do dia seguinte. E você ainda pode acompanhar as palestras e outros acontecimentos da festa. Para maiores informações https://www.facebook.com/OktoberfestCuritibaOficial/.

 

Ah, e se você for para beber, não dirija, vá de carona, de taxi, de ônibus ou a pé.

 

Cheer e até semana que vem.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira

Santa catarina Em Foco




Mais lidas
Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Taís Cristina Araújo Nascimento

Esbanjando diversidade, Subtropikal anuncia 4ª edição em Curitiba

Esbanjando diversidade, Subtropikal anuncia 4ª edição em Curitiba

Um dos maiores festivais de criatividade do Brasil será realizado entre os dias 03 e 10 de agosto, com dezenas de atividades e convidados de


Mostra Paranaense de Dança chega à sua grande final

Mostra Paranaense de Dança chega à sua grande final

Espetáculos de gêneros variados acontecem no Guairão e Memorial de Curitiba recebe o projeto Palco Alternativo


Obra prima

Obra prima

Itens de coleção são os grandes destaques de projeto com releitura de visual clássico


Raí Giovani realizará show no Teatro SESI na próxima quarta-feira (26)

Raí Giovani realizará show no Teatro SESI na próxima quarta-feira (26)

A Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais, em parceria com o SESI, disponibiliza toda quarta-feira o Teatro para apresentações dos artistas da cidade


Siba vem a Curitiba para show no Paiol

Siba vem a Curitiba para show no Paiol

Artista pernambucano é atração do projeto Brasis no Paiol no dia 11 de julho.



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)