Jorge Marcondes
Sexta, 11 de setembro de 2015, 00:00 h - Atualizado em 11/09, 00:00 h

Uma visita a São Paulo

Por Jorge Marcondes

Jorge Marcondes:Empresarial
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Hoje vou lhes falar sobre uma visita que fiz ao estado de São Paulo neste final de semana prolongado. Eu e minha melhor parceira, Alessa Paiva, fomo a um casamento muito bacana na cidade de São José dos Campos. Saímos na sexta-feira à noite, sempre de ônibus para podermos aproveitar bastante, tanto passeios como as comidas e bebidas.

Em São José dos Campos, após um belo café da manhã, fomos caminhar rumo ao centro da cidade, em busca do Mercado Municipal, que é um dos locais que gostamos bastante de visitar nas cidades que visitamos. É pequeno, mas bastante interessante, com muitas frutas, verduras em geral. Pessoas muito simpáticas nos cumprimentavam e convidavam a comprar e degustar seus produtos. Depois conhecemos a igreja e continuamos o passeio, desejando conhecer o Bar do Coronel, pois segundo indicações dos noivos, é um dos melhores da cidade. Após uma caminhada e algumas belas fotos, conseguimos chegar ao local que fica bem na esquina das ruas Francisco Rafael (298) com a rua Coronel José Monteiro.

Local muito acolhedor, com um serviço muito bom, pois alguns garçons ficam andando com bandejas de chopp ou de quitutes como bolinhos e pasteis. Por indicação do parceiro Rafael Rosseto, pedi a “Barra de Cereal” do lugar, acompanhada da cerveja “Bar do Coronel”... a surpresa foi grande quando chegou o prato que é mostrado logo a seguir...

Foto: Divulgação.

Pedimos também, o bolinho caipira, o de bacalhau e o de carne seca, delícias, assim como o sanduiche de pernil... vale a pena aparecer para conferir, inclusive, o molho de pimenta que eles tem por lá, sublime!!!

Depois deste aperitivo, fomos conhecer um espaço muito interessante no caminho, chamado “Parque Vicentina Aranha”. O antigo sanatório reserva um espaço com muitas árvores de diversos tipos, casario antigo com espaço cultural, inclusive um coreto com um piano para quem desejar se aventurar por suas teclas. Um espaço muito bom para caminhar e correr, pois a área contempla o espaço de diversas quadras da cidade. Encontramos galinhas de angola e perus, soltos... existe uma programação bastante variada no local.

Foto: Divulgação.

Os prédios estão sendo restaurados, e podem ser encontradas as placas informando o que  como era antigamente. Existe uma biblioteca em um dos espaços, e não se encontram vigas de sustentação para o telhado. São as tesouras em madeira que seguram todo o telhado, gerando um espaço aberto bastante interessante. Esta é uma foto panorâmica do espaço, encontrada em uma das ruas... mostra bem o complexo todo.

Foto: Divulgação.

No caminho tem a gruta que foi tombada como “bem cultural”, muito bacana. Muitas destas árvores parecem ser bastante antigas, devido ao seu porte, o formato do seu tronco... um espaço que impressionou bastante foi o dos bambus... confiram na foto a seguir...

 

 

 

Foto: Divulgação.

Depois fomos para São Paulo capital, com a intenção de conhecermos dois novos locais, o Empório Alto dos Pinheiros e o Delirium Café. Também, havia a idéia de rever o Mercado Municipal. Chegando à cidade, fomos direto ao simpático Hostel Garoa, que fica em Pinheiros. O local é muito bacana, e com o exemplar atendimento de Daniel Canal, com suas dicas. Todos os quartos remetem a locais especiais de São Paulo, tem a rua 25 de Março, a São João esquina com Ipiranga, a Avenida Paulista e a Consolação. Um espaço aberto com árvores frutíferas e mesas para refeições, fora a churrasqueira. Mesa de sinuca e TV na recepção. Ainda, possui cozinha comunitária bem bacana. A diária tem um valor bem acessível e servem café da manhã.

O local é bem próximo de uma estação do metrô e de alguns locais muito interessantes. O primeiro que visitamos foi um bar tradicional da região, chamado Pirajá. Atendimento muito simpático, mas nada de muito artesanal em termos de cervejas, só a linha Bohemia, bebemos a Jabutipa e comemos uma porção de bolinho de abobora com carne seca. Dali partimos para a empreitada planejada, que era o Empório Alto dos Pinheiros. Lugar bastante interessante, mesas grandes já na frente do lugar. Entrando já se observam as estantes com cervejas para a venda. Na primeira prateleira que olhei, fui surpreendido por muitas cervejas da cervejaria Baladin, incluindo umas maturadas em barricas. A variedade de cervejas m garrafa para a venda é impressionante. Pude observar que em uma das geladeiras, haviam cinco tipos de cervejas muito interessantes da BrewDog, como por exemplo a San Diego, que possui nada menos do que 11,9% de álcool, com cinco exemplares gelados... dificilmente vemos isso, pois é uma cerveja que lá estava custando R$ 92,00 uma garrafa de 300 ml.

Bom, subimos para a parte em que havia lugar, pedimos um risoto Caprese com filé e uma porção de rosbife. Já de cara pedi um chop Ballast Point Habanero Sculpin, que constatei ser uma delícia. A Alessa pediu um chop Birra del Borgo (IPA com 6,4% - Itália), excepcional... eis que daí veio a próxima surpresa, chegaram os pratos, surpreendentemente belos e muito bem feitos. Não é um preço exorbitante, principalmente pela qualidade dos ingredientes... muitas bolas de mussarela de búfala derretidas no mais belo risoto... dias fatias generosas de carne, acompanhadas de um ramo de alecrim. O Rosbife perfeitamente queimado na pontinha, asado ao ponto nas bordas e cru no meio, com temperos especiais.

Foto: Divulgação.

 

Daí fiz o sacrifício de saborear uma Brooklyn Blast! (Imperial IPA com 8,4% - EUA), para encerrar esta etapa e caminhar para um novo ponto da cidade, bem pertinho dali. Chegamos ao Delirium Café, um lugar bacana, que tem a loja de cervejas na entrada e ao fundo o bar. São 24 torneiras de chopp mais as garrafas. Bebemos uma Piraat Triple (10,5%) e uma Lucifer Black (8%). Como estávamos muito cansados, resolvemos encerrar o dia e retornamos ao Hostel para nos recolhermos, afinal foi um dia bastante interessante e puxado.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Na segunda-feira, feriado de 07 de setembro, começamos por tentar algumas aventuras por outros lados da cidade, mas como tínhamos pancadas de chuva e feriado, não tivemos muita sorte, então fomos a um passeio certo, visitamos o Mercado Municipal e sua exuberância.

Como a fome estava batendo, resolvemos comer na parte de cima e encontramos o Elídio Bar, com belas opções de comida. Sentamos e pedimos File Mignon ao molho Poavê recheado com queijo minas e risoto de tomate seco para a Alessa, bem como um Lombo de Cordeiro ao molho de vinho do Porto com Aligot de Dois Queijos. Tudo fantástico, exceto pelo chopp que era o tradicional. Me esqueci de contar que encontrei um grande camarada no casamento de São José dos Campos e que estava hospedado no mesmo hotel, o Marcos Vinicius Bardelli (cervejaria GOBE), que estava no mesmo Hostel que nós em São Paulo também... ganhei dele o último e belo lançamento da GOBE, a Paradise (American Wheat IPA), valeu Marcão!!!

Depois do Mercado Municipal, tomamos a maior chuvarada e resolvemos retornar ao Hostel para descansar e secar... mas à noite retornamos ao Empório Alto dos Pinheiros, agora para degustar uma Hornbeer Framboise Sour (Fruit Beer com 5,5% - Dinamarca), depois uma Dogma Modern Times (Imperial Porter com 9% - São Paulo), pedimos uma porção de Mussarela de Búfala temperada com ervas e pimenta rosa ao azeite de oliva, que estava especial. Continuamos as bebidas com uma J. Beer Wee Heavy (Strong Scotch Ale de 8,2% - São Paulo) e para encerrar, acabamos com o barril da Pauwel Kwak (Belgian Golden Strong Ale com  8% - Bélgica), devidamente servida no Yard, mas como foi o fundo do barril, acabamos ganhando esta...

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Daí partimos para as compras, apesar da grande dúvida, pois são muitas as opções e bem diferentes do que encontramos rotineiramente aqui em Curitiba ou arredores. Escolhemos seis belezinhas, sobre as quais comentarei em outra oportunidade.

Na terça-feira (08/09/15), seguimos a indicação do Daniel Canal (Hostel Garoa) e fomos conhecer o maravilhoso restaurante peruano HUACO, que foi uma das muitas surpresas do passeio. Belo lugar, cômoda e bebidas maravilhosos. Com um cupom do Groupon, conseguimos um desconto de 50% no almoço. Pedimos dois ceviches maravilhoso. O primeiro era o Clássico Limeño e o outro o De La Casa, foi uma experiência inusitada, muitos sabores maravilhosos. Para beber, lógico que comecei com algo próximo, pedi uma Michelada, que é cerveja, bordas da taça com muito sal, limão, gelo e pimenta, depois foi uma Chicha Morada, feita com típico suco peruano feito de infusão de milho roxo. Em seguida uma Chicha Sour, que fica muito bacana, pois possui três camadas de cores. Depois disso pedimos uma Causita tradicional, parecido com uma maionese, mas muito interessante e diferente. Na sequência, para encerrar pedimos um Chilcano Del Inka, macerado de pisco com folhas de Coca, Jurema e Eucalipto, acompanhado de um doce chamado Ladrilho de Pisco.

Lugar muito diferente, com bom atendimento e comidas e bebidas excepcionais. Mas, é preciso estar atento, pois são cardápios diferentes para o almoço e para o jantar. Recomendamos fortemente para quem vai a São Paulo.

 

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

* Por Jorge Marcondes



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Mulheres de Sucesso

Mulheres de Sucesso

Mulheres de Sucesso


Vera Rosa

Vera Rosa

Coluna Vera Rosa




Mais lidas
Inscrições para o PUC Night Run estão abertas

Inscrições para o PUC Night Run estão abertas

Evento faz parte das comemorações aos 60 anos da PUCPR


 Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Arlete Sofia Chincoviaki

Lolla lança label para transmissão dos jogos da Seleção Brasileira

Lolla lança label para transmissão dos jogos da Seleção Brasileira

Considerado um dos grandes fenômenos da noite curitibana, o bar preparou atrações especiais para os curitibanos assistirem aos jogos da Copas América


Desenho realista tem curso no Solar do Rosário

Desenho realista tem curso no Solar do Rosário

Técnicas para desenvolver ilustrações que parecem fotografias são ensinadas no Ateliê Permanente de Desenho Realista com Grafite no Solar do Rosário.


Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Graciele Galize Figuel

Museu Atílio Rocco SJP recebe a exposição “BABUSHKIM”

Museu Atílio Rocco SJP recebe a exposição “BABUSHKIM”

A Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais promove a partir desta sexta-feira (14) a exposição “BABUSHKIM”, do artista plástico Eloir Jr., no Museu Municipal Atílio Rocco, com entrada gratuita.



Mais notícias deste colunista


Veja também outros colunistas



Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)