Sexta, 16 de novembro de 2018, 10:02 h - Atualizado em 20/11, 00:16 h

11º Festival de Cinema da Lapa terá dezenas de filmes e muitas atrações

Um dos principais eventos do cinema nacional acontece na próxima semana, na história cidade da Lapa (PR)

Tiomkim:Cultura
Autor: Redação
Atriz Nivea Maria homenageada no Festival
Atriz Nivea Maria homenageada no Festival - Foto: Divulgação.

Entre os dias 21 e 25 de novembro, acontece a 11ª edição do tradicional Festival de Cinema da Lapa, na histórica cidade da Lapa (PR), localizada na região metropolitana de Curitiba. Toda a programação do evento é gratuita.

Promovido pelo Instituto Histórico e Cultural da Lapa, em parceria com o Instituto Borges da Silveira, o evento está entre as principais celebrações do cinema nacional em nosso estado.

Durante a programação oficial, serão exibidos gratuitamente ao longo de cinco dias mais de duas dezenas filmes, divididos em oito diferentes mostras, além da realização de shows, homenagens e exposições. O evento acontece em dois espaços selecionados especialmente para o festival: uma enorme tenda instalada na Alameda David Carneiro e a Sala de Exposições Lafaete Rocha.

Um dos grandes destaques da programação ficará por conta da mostra competitiva, que contará com a exibição dos filmes “Coração de Cowboy”, “Benzinho”, “10 Segundos Para Vencer” e “Ferrugem”.

A primeira exibição da mostra competitiva será o filme “Coração de Cowboy”, que será apresentado na quarta-feira (22), às 20h. O filme é dirigido por Gui Pereira e conta a história de um cantor de sertanejo universitário que decide dar um tempo na carreira para regressar a sua cidade natal no interior, onde pretende se reconectar com suas raízes. No elenco os destaques são Gabriel Sater e Jackson Antunes.

 

A noite de sexta-feira (23) tem início às 20h com uma homenagem à atriz global Nívea Maria, que recebe o Troféu Tropeiro em homenagem à sua carreira de destaque na televisão brasileira. Em seguida será exibido o segundo filme da mostra competitiva, “Benzinho”, dirigido por Gustavo Pizzi, cujo enredo aborda

a vida de um casal que luta há anos para terminar a obra de sua casa e o drama da mãe, vendedora autônoma, quando o filho mais velho, que joga handebol, é contratado por um grande time da Alemanha e vai deixar a casa dos pais.

Já no sábado (24), a partir das 20h, é a vez de “10 Segundos Para Vencer”, dirigido por José Alvarenga Jr e que mostra a extraordinária trajetória de Éder Jofre até se tornar um dos maiores boxeadores da história, mesmo sendo um homem dividido entre a paixão pelo esporte e a vida em família, onde pai e filho se unem na busca de um sonho, o de ser um verdadeiro campeão. Antes da sessão o ator Osmar Prado, um dos protagonistas do filme, recebe o Troféu Tropeiro em homenagem à sua extraordinária carreira na televisão e cinema brasileiros.

 

Para completar, no domingo (25), a partir das 15h, será a vez do filme “Ferrugem”, dirigido por Aly Muritiba, que foi o grande vencedor do último Festival de Gramado. O filme aborda o drama da adolescente Tati, que adora compartilhar sua vida nas redes sociais, mas que precisa lidar com as consequências, depois que algo que ela não queria que se tornasse público é divulgado no grupo do WhatsApp de sua turma de colégio. Após a exibição haverá um debate entre o público e o elenco do filme, com a presença do ator global Giovanni de Lorenzi (Deus Salve o Rei), protagonista do filme.

Entre outros destaques do festival estão a tradicional Sessão da Meia Noite, que vai apresentar a produção norte americana “Virgens Acorrentadas”, dirigida pelo paranaense Paulo Biscaia, que vai ser homenageado com o Troféu Tropeiro pelo destaque internacional recebido por seus filmes do gênero horror. O filme utiliza de metalinguagem para contar sua trama, apresentando um roteirista que decide fazer um filme de terror de baixo orçamento em uma mansão sinistra. Mas no decorrer das filmagens, o elenco e equipe se deparam com uma família de assassinos sádicos que reescreveu o roteiro da obra.

Além da mostra competitiva, a programação oficial trará diversos filmes de curta e longa-metragem que vão ser exibidos na Mostra Infantil e Mostra Infanto-juvenil, voltadas para as escolas, Mostra Filmados na Lapa, somente com produções locais, além da Mostra de Curtas-metragens Paranaenses e a Mostra Avec-Associação de Vídeo e Cinema do Paraná.

 

A produtora paranaense Tecnokena, que este ano completa 20 anos, vai ser homenageada com o Troféu Tropeiro pelo seu premiado trabalho na área do cinema de animação e terá quatro de seus filmes exibidos numa mostra especial.

Nesta edição do Festival três personalidades do meio artístico e cultural recebem Diploma de Mérito oferecido pelo festival, Solange Straube Stecz pelo seu trabalho nas áreas de ensino, pesquisa e preservação, o iluminador Beto Bruel, nascido na Lapa, pela sua contribuição ao teatro brasileiro e o fotógrafo, cineasta e jornalista Tiomkim pelo seu trabalho de difusão da arte cinematográfica.

A cerimônia de abertura vai contar com o grupo Aire Flamenco e no encerramento será apresentado o show do Coral Vozes de Angola.

Duas exposições fazem parte do evento, e sua abertura acontece na quinta-feira (22) na Sala de Exposições Lafaete Rocha, na Praça General Carneiro. “Teatro Guaíra – Nasce um Ícone” apresenta exposição de fotografias do acervo de Erick Nissen,

e tem curadoria de Waltraud Sekula e Loire Nissen. Na ocasião será lançado livro de mesmo nome, com autoria de Erich Nissen, Loire Nissen, Waltraud Sekula, Julmar Rubens Leardini e Claudionor Beatrice. A exposição “Cinemis” tem curadoria de Gefferson Vaz e apresenta acervo do Museu da Imagem e do Som do Paraná.

 

O 11º Festival de Cinema da Lapa é promovido pelo Instituto Histórico e Cultural da Lapa e Instituto Borges da Silveira, com produção à cargo de A Labirinto Produtora. Toda programação é gratuita e aberta para a população da cidade e turistas. Os dois espaços dedicados ao evento ficam na Praça General Carneiro, no Centro da cidade da Lapa (PR). O evento contará com transporte gratuito saindo de Curitiba diariamente. Mais informações no sitewww.festivalcinemalapa.com.br, nas redes sociais do evento ou pelo telefone (41) 3622-0055.

 

 

 

Vai, Vai, Vai, de Francisco Sandmann
Vai, Vai, Vai, de Francisco Sandmann - Foto: Divulgação.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Ivanio Lira lança primeiro álbum acústico nesta Quinta-feira (13)

Ivanio Lira lança primeiro álbum acústico nesta Quinta-feira (13)

A festa acontece às 20h no Aqualung Bar


Curso de Teatro em inglês para público 50+ estimula aprendizado

Curso de Teatro em inglês para público 50+ estimula aprendizado

Na Tea Time – Escola de inglês para Maiores de 50 Anos, os alunos já apresentaram diálogos e monólogos em inglês


Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Com direito a cardápio especial, o festival é a grande novidade do Ernesto Ristorante para o final de 2018


 Retrô, pois e listras. Veja as promessas da moda verão 2019

Retrô, pois e listras. Veja as promessas da moda verão 2019

Confira as promessas do verão 2019 pela Dzarm


São José dos Pinhais oferece vacina gratuita contra raiva para cães e gatos

São José dos Pinhais oferece vacina gratuita contra raiva para cães e gatos

Para vacinar o seu cão ou gato é preciso agendar horário pelo telefone. Confira aqui


Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Com direito a cardápio especial, o festival é a grande novidade do Ernesto Ristorante para o final de 2018




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)