Segunda, 09 de abril de 2018, 17:11 h - Atualizado em 09/04, 17:32 h

14º edição do Hana Matsuri reuniu milhares de pessoas no Parque São José

Concessionária Valesul Chevrolet participou do evento expondo carros da marca


Redação: Cidades


Foto: Divulgação.

Neste último final de semana (07 e 08) o Parque São José recebeu milhares de visitantes que participara do 14º Festival das Flores e Natal Budista do Paraná – Hana Matsuri.

O evento, que já virou tradição em São José dos Pinhais, é organizado pelo Templo Jodoshi Nippakuji de Curitiba e a Comunidade Budista do Paraná, em parceria com a prefeitura do município. Neste ano as festividades comemoraram também os 110 anos da imigração japonesa no Brasil.

A concessionária Valesul Chevrolet com lojas na Avenida das Torres (Novos, Semi-Novos e Oficina) expos os carros da marca durante o evento. 

O Hana Matsuri comemora o nascimento do Buda histórico, Sidarta Gautama, e é uma oportunidade de aproximar as culturas do oriente com o ocidente e difundir a cultura japonesa com as demais pessoas. Durante o evento os visitantes puderam aproveitas uma praça de alimentação de comidas típicas japonesas, apresentações culturais, barracas com itens da cultura anime, mangás e vestuários, bem como participaram da cerimônia do Kanbutsue, que consiste em banhar a imagem do pequeno Buda com chá doce.

A Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais, presente em todas as edições do Hana Matsuri no município, este ano, por meio da Oficina de Bonecos, confeccionou dois novos bonecos em homenagem ao 14º Festival das Flores e Natal Budista do Paraná.

A Prefeitura apoiou o evento com a disponibilização do local, no Parque São José, e com a estrutura utilizada pelo evento. Na abertura de sábado (07), o secretário de Cultura de São José dos Pinhais, Imar Augusto, representou o prefeito Toninho Fenelon. Representando o Consulado Geral do Japão em Curitiba, o vice-cônsul – Yuma Kobayashi, o presidente do Templo Jodoshi Nippakuji de Curitiba – Jorge Yamawaki, o presidente da Associação Nikkei de Curitiba – Rui Hara e o vice-presidente Noriyasu Seto, além de monges budistas e acólitos.

 

Foto: VRNews