Domingo, 11 de março de 2018, 00:00 h - Atualizado em 11/03, 00:00 h

Atriz Fernanda Torres lança livro em Curitiba nesta segunda-feira (dia 12)

Obra constrói um retrato potente do Brasil, a partir das errâncias de um ator e suas desventuras nos mundos do cinema, do teatro e da televisão, dos anos 60 até os dias de hoje

Redação:Cultura
Autor: Redação
A atriz e escritora Fernanda Torres lança o livro “A Glória e Seu Cortejo de Horrores” (ed. Cia das Letras, 216 pág., R$ 44,90) na capital, participa de um bate-papo com o público e assina a obra.
A atriz e escritora Fernanda Torres lança o livro “A Glória e Seu Cortejo de Horrores” (ed. Cia das Letras, 216 pág., R$ 44,90) na capital, participa de um bate-papo com o público e assina a obra. - Foto: Divulgação.

O evento será nesta segunda-feira (dia 12), às 19h30, na Livrarias Curitiba do Shopping Palladium [av. Pres. Kennedy, 4121, Portão, Curitiba-PR, tel. 41-3330-6749]. A entrada é franca e o atendimento será pela ordem numérica das senhas, que estão sendo distribuídas no local.

 

Enredo x pano de fundo

O novo romance de Fernanda é uma tragicomédia de erros, que narra a trajetória de um ator brasileiro de meia idade, de nome Mario Cardoso. Ele começou como ator no teatro engajado do meio estudantil, durante os anos sessenta; conheceu o desbunde com Hair, no teatro Ipanema, onde dividiu a cena com Armando Bogus e Sônia Braga;  aconteceu na ribalta com Tio Vânia, de Tchékov; rodou os festivais de cinema da Europa na pele de Riobaldo, numa versão pós-cinema novo de Grande Sertão Veredas; e se tornou um ícone nacional como astro de novelas, no período áureo da teledramaturgia brasileira.

 

Mario experimentou a glória, mas também a acomodação e o ocaso. E é na tentativa de se reinventar aos 60 anos que ele arrisca voltar para o palco com Shakespeare, produzindo e estrelando uma catástrofe teatral chamada Rei Lear. Envolto em dívidas, com uma mãe senil, Mario encontra salvação em Sodoma e Gomorra, trama bíblica no canal concorrente, único refúgio imune às transformações que enfrentam o seu métier e, porque não dizer, o país.

 

Fernanda Torres se vale da sua experiência como atriz para traçar um painel mordaz, trágico e humorado das vicissitudes de um ator, além de um potente retrato do Brasil nessas últimas quatro décadas.

 

Perfil

Fernanda Torres é atriz e escritora. Há mais de 35 anos mantém uma carreira de sucesso no teatro, no cinema e na televisão, tendo recebido, entre outros, o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes de cinema de 1986.

 

É colunista da Folha de S.Paulo e da Veja-Rio. Seu romance Fim, publicado em 2013, vendeu mais de 180 mil exemplares e teve direitos de publicação adquiridos na França, na Holanda, na Itália e em Portugal.

 

Serviço

O que: Lançamento do livro “A Glória e Seu Cortejo de Horrores”, bate-papo e sessão de autógrafos com a atriz e escritora Fernanda Torres.

Quando: Segunda-feira (dia 12), às 19h30.

Onde: Livrarias Curitiba do Shopping Palladium [av. Pres. Kennedy, 4121, Portão, Curitiba-PR, tel. 41-3330-6749].

Quanto: A entrada é franca e o atendimento será pela ordem numérica das senhas, que estão sendo distribuídas no loca



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Aninha Pazinatto

Jorge Marcondes

Jorge Marcondes

Coluna Papo de Piá




Mais lidas
Enfim, as escolas nascentes?

Enfim, as escolas nascentes?

Mais um texto da série especial


Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Peça aborda problemas rotineiros do casamento em duas apresentações no Teatro Regina Vogue


II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

É a segunda vez consecutiva que o município de São José dos Pinhais realiza um evento dessa proporção.


Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Combinando clássicos do Pink Floyd, algumas canções novas e trabalho solo, o astro britânico desembarca na cidade no próximo dia 27 de outu


Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Por isso apenas 15 a 20% dos pacientes são candidatos à cirurgia com potencial de cura.


Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical  “Um Cisco” estreia no Guairão

Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical “Um Cisco” estreia no Guairão

A trama se desenvolve numa estação de trem, onde a vida do médium é narrada desde os seus 4 anos de idade até a sua morte, aos 92 anos.




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)