Terça, 20 de novembro de 2018, 09:35 h - Atualizado em 20/11, 10:24 h

Banda Mulamba lança álbum homônimo com composições honestas que falam sobre amor e ativismo

Sexteto curitibano apresenta uma MPB madura, com frescor, em obra de estréia gravada no Redbull Station, em São Paulo

Redação:Cultura
Autor: Redação
Foto: Luciana Petrelli

Uma das mais recentes revelações da nova MPB, a banda Mulamba, formada por Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Érica Silva (baixo, guitarra e violão), Fer Koppe (violoncelo) e Naíra Debértolis (guitarra, baixo e violão). A banda pulsa o poder feminino através de sons impactantes com letras fortes e harmonias muito bem construídas. Após chamar a atenção do público com o single “P.U.T.A.”, que atingiu mais de 2,6 milhões de acessos no Youtube, o grupo curitibano lança seu álbum de estréia, “Mulamba”, gravado no Redbull Station, em São Paulo, com produção executiva do Vento.

A obra traz nove canções que abordam, de uma forma muito honesta e confidencial, temas importantes na vida dessas mulheres: amor, amizade, família e indignação sócio-política. Suas influências musicais vão do rock à música erudita. “Somos instrumentistas, compositoras, intérpretes, arranjadoras e esse disco é um alargamento de cada uma. Ele marca o que éramos, no momento em que parimos esses sons, e o seu lançamento fecha esse ciclo. Inclusive, a impressão é de que o tempo se arrasta lentamente, mas na verdade muitas coisas aconteceram em apenas dois anos de banda. Custa acompanhar o ritmo do cotidiano”, resumem.

 

O álbum “Mulamba” traz músicas já conhecidas pelo público, mas em versões repaginadas. Entre elas está a icônica “P.U.T.A.”, gravada com participação de Ju Strassacapa (francisco, el hombre). “Foi um prazer gigantesco fazer parte. Desde quando conheci as manas da Mulamba, a gente se conectou de uma maneira simbiótica. Poder concretizar isso gravando exatamente a música pela qual eu as conheci, foi genial”.

 

Já outra cantora convidada, Lio Soares (Tuyo), gravou “Desses Nadas” e diz que “é uma música foda e eu tive liberdade pra fazer o que pensava. Rolou uma confiança nos desenhos melódicos que eu curto fazer e acho que a gente nasceu pra cantar essa música juntas”. Ela ainda afirma que “o single ‘P.U.T.A.’ foi muito forte e o pessoal acabou se apoiando em um estigma, mas ‘Desses Nadas’ é um atestado de profundidade da Mulamba, um dedo apontando para um futuro de longevidade da banda”.

 

Vale lembrar que “Desses Nadas”, primeiro single/clipe do ábum, foi descrita pelo jornalista Lúcio Ribeiro, do Popload, como “uma das letras mais bonitas de música do indie brasileiro deste ano”. Ele foi além e disse que essa música é “indie erudito mexendo com amores impossíveis”.

 

 

Ouça o álbum “Mulamba”: https://spoti.fi/2EYgZQX

 

FICHA TÉCNICA

Produzido por Érica Silva

Gravado nos Estúdios:

RedBull Station por Rodrigo “Funai” Costa, AlejandraLuciani e EricYoshino

Nico’s Studio por Vinicius Braganholo

Estúdio Costella por Alexandre Capilé

Mixado e Masterizado no Estúdio Gramofone por Vitor Pinheiro

Faixa “Mulamba”: Produção musical e captação de áudio: Du Gomide

Mixagam e pós-produção: Marcelo Fruet & Átila Viana no Estúdio 12 Experiência Sonora, Porto Alegre/RS

Masterização: Marcos Abreu

Texto de Jéssica Caetano gravado no Estúdio Seu Mulica Records por Cristiano Montalvão.

Texto de Agnes Ignácio, gravado no estúdio Dani Records.

Figurino: H-AL

 

SOBRE MULAMBA

Mulamba é uma banda curitibana que pulsa força e poesia, unindo influências que vão do rock à música erudita. Juntas desde dezembro de 2015, Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Érica Silva (baixo, guitarra e violão), Fer Koppe (violoncelo) e Naíra Debértolis (guitarra, baixo e violão) são contundentes em reiterar os anseios e as inquietações de quem transforma a luta pela igualdade de gênero em batalha diária. O sexteto conquistou visibilidade após a repercussão do vídeo de “P.U.T.A”, que já ultrapassou 2,6 milhões de visualizações. A gravação traz uma atmosfera sombria para falar sobre a violência contra a mulher, que também se tornou um dos hinos do empoderamento feminino. Mas elas não se prendem a esse rótulo. Suas composições também traduzem temáticas de cunho social e político. A banda já participou de importantes festivais nacionais como o Psicodália (SC), Soma Sonora (SP), SIM São Paulo (SP) e Festival Vento (SP). Foi indicada à categoria de “Melhores Instrumentistas”, no Women’s Music Event 2018. Lança seu álbum de estréia, gravado no RedBull Station (SP), em novembro. Mulamba representa um grito de vozes silenciadas, reforça o protagonismo feminino na música nacional.

 

 

Discografia

Mulamba (2018): https://spoti.fi/2EYgZQX

 

Redes Sociais

Facebook: https://www.facebook.com/mulambaoficial/

Instagram: https://www.instagram.com/mulambaoficial/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCt1uhyVvCx9MRumPuDO_9wg

 

Streaming

Spotify: https://open.spotify.com/artist/6wd8OZcCaRQNDIMz6SPNGN

Deezer: https://www.deezer.com/br/artist/11676643



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira

Santa catarina Em Foco


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Startup oferece aulas online de inglês completamente grátis

Startup oferece aulas online de inglês completamente grátis

A plataforma curitibana Kultivi trabalha com dezenas de cursos gratuitos oferecidos por meio de economia compartilhada


Passeio Ciclístico será realizado neste domingo (26)

Passeio Ciclístico será realizado neste domingo (26)

Neste domingo, dia 26 de maio, acontecerá o passeio ciclístico em São José dos Pinhais


Festival de Inverno do Centro Histórico de Curitiba é confirmado de 18

Festival de Inverno do Centro Histórico de Curitiba é confirmado de 18

Julho é historicamente o mês mais frio de Curitiba.


Cantor mineiro comanda pocket show na Livraria Cultura

Cantor mineiro comanda pocket show na Livraria Cultura

Tuca Oliveira apresenta nesta sexta-feira (24) canções do álbum “As Flores do Começo”


Teatro de sombras conta história do cientista Albert Einstein no Museu Paranaense

Teatro de sombras conta história do cientista Albert Einstein no Museu Paranaense

Atração voltada ao público infantil inicia nesta terça-feira, dia 21 de maio, até 2 de junho. Entrada gratuita


Curitiba terá dia especial de atendimento  aos microempreendedores individuais

Curitiba terá dia especial de atendimento aos microempreendedores individuais

Mutirão do MEI, nesta quinta-feira, contará com várias entidades para auxiliar os MEIs com orientações para melhorar negócios




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)