Sexta, 12 de abril de 2019, 00:00 h - Atualizado em 12/04, 23:56 h

Cerveja com vapor?

Bom, hoje vamos falar de uma cerveja com características interessantes e pouco divulgadas, assim como pouco produzida por estas terras tupiniquins

Jorge Marcondes:Cervejas
Autor: Redação

 Dando sequencia na conversa sobre estilos de cerveja não tão conhecidos e até exóticos, hoje vamos baixar um pouco o tom e falar de uma cerveja para se beber aos montes, de balde.

Foto: Divulgação

Fonte: https://www.anchorbrewing.com/

Vamos começar com a parte técnica e deixar a parte mais tranquila e histórica para o segundo momento. Esta cerveja está enquadrada no guia de estilos BJCP na categoria 19. AMBER AND BROWN AMERICAN BEER.

Estamos falando da 19B. California Common, que de impressão geral apresenta uma cerveja leve, frutada, de um maltado expressivo, com interessantes sabores tostados e de caramelo, bem como as características rústicas e tradicionais dos lúpulos americanos.

No aroma exibe, tipicamente, lúpulos americanos que muitas vezes apresentam um caráter lenhoso ou mentolado. Porém, de moderada a elevada esta intensidade dos aromas. As notas de caramelo e/ou tostado do malte, que são de baixas a moderadas, devem dar certa sustentação aos lúpulos, nunca se sobrepondo.

Na aparência a sua cor vai de âmbar médio a cobre suave, geralmente com uma apresentação límpida, assim como uma espuma bege clara de moderada formação, mas apresentando uma boa retenção.

O sabor é moderadamente maltado com um pronunciado amargor de lúpulo, sendo que o caráter do malte normalmente é tostado e não torrado, assim como um certo caramelado. O sabor de lúpulo vai de baixo a moderadamente alto, normalmente apresentando as qualidades tradicionais e rústicas. O final das cervejas deste estilo é normalmente bastante seco e fresco, com um amargor persistente. Apresenta ainda, um firme e granulado sabor de malte. Na boca o Corpo é médio, assim como a carbonatação, que vai de média a média-alta.

Quanto às estatísticas vitais, temos o seguinte:

- Amargor de 30 a 45 IBUs;

- Cor de 10 a 14 SRM;

- E álcool de 4,5 a 5,5% ABV.

Depois da parte mais técnica, não podemos deixar de entrar nas questões mais históricas e lúdicas deste belo estilo de cerveja.

Foto: Divulgação

Fonte: https://www.anchorbrewing.com/beer/anchor_steam

A original American West Coast foi produzida originalmente como Steam Beer durante a Febre do Ouro nos EUA. Tradicionalmente eram utilizados grandes fermentadores abertos e rasos (coolships), buscando-se assim a compensação da ausência de sistemas de refrigeração, bem como, tirar vantagem da temperatura ambiente normalmente fria na área da Baía de San Francisco.

Foi nesta época que o cervejeiro alemão Gottlieb Brekle chegou a São Francisco e começou a fazer cerveja. Lá pelos idos de 1896, algo em torno de umas quatro décadas depois, outro cervejeiro alemão (Ernst F. Baruth) e seu genro (Otto Schinkel Júnior), acabaram por comprar a cervejaria e pela primeira vez ela foi nomeada como Anchor Brewing Company.

Desde aquela época eles se notabilizaram produzindo o que se convencionou chamar de Steam Beer, um estilo próprio da costa oeste americana (American West Coast),fermentado com uma levedura Lager, porém uma cepa especialmente selecionada para fermentar com relativa limpidez e em temperaturas mais altas, típica das leveduras Ale.

Os fermentadores se assemelhavam a grandes piscinas, abertas, expostas ao ambiente, localizados na parte superior da cervejaria. Estes fatos tornavam possível controlar melhor a temperatura da fermentação, pois os ventos gelados reduziam a temperatura durante a fermentação.

Estas técnicas aconteceram devido à dificuldade em se conseguir gelo naquela época, e acabou trazendo aromas frutados, ricos para a cerveja, que ainda mantém um corpo leve e seco. Estes tanques horizontais abertos, culminava com uma carbonatação muito alta e que também rendeu o apelido de “Steam” (vapor), pois quando ela era servida borbulhava furiosamente.

Foto: Divulgação

Fonte: https://www.anchorbrewing.com/

Em 1906 a cervejaria foi destruída por um incêndio devido ao grande terremoto que assolou São Francisco. Já em 1907, ela foi reconstruída em outro local, sendo que lá funcionou até o decreto da lei seca americana de 1920. Com o término da lei seca em 1933, a cervejaria foi reaberta em um novo local, porém um ano depois ela sofreu outro incêndio.

Novamente ela foi reconstruída em um novo endereço, no qual funcionou até a década de 50, quando as cervejas Lager começaram a se tornar muito populares e de massa. A cervejaria foi fechada em 1959, vindo a ser reaberta somente um ano depois. Em 1965, por problemas na administração e na manutenção da qualidade da cerveja, o jovem Fritz Maytag comprou os direitos sobre 51% da empresa por alguns poucos milhares de dólares.

Com investimentos em equipamentos e mudança na maneira como a cerveja estava sendo produzida, Maytag chegou a único proprietário da cervejaria em 1969. As primeiras Anchor Steam Beer foram engarrafadas após dois anos. Em 1975 o portfólio da Anchor contemplava quatro cervejas, sendo uma Porter, uma American Pale Ale(Liberty Ale), uma Barley Wine (Old Foghorn) e a primeira Christmas Ale, uma cerveja sazonal (Natal).

Atualmente o termo Steam Beer é de propriedade da Anchor, sendo que as outras cervejarias que reproduzem o estilo devem chamar suas cervejas de California Commom Beer. As versões mais modernas são todas baseadas no relançamento do estilo pela Anchor, que aconteceu na década de 1970 com Maytag.

Em 2010, a Anchor foi vendida para dois executivos que se comprometeram a expandir a capacidade da cervejaria mantendo a qualidade de artesanal.

As cervejas do estilo California Commom Beer possuem certa semelhança com as American Pale Ales e Amber Ales, mas com uso de lúpulos mais cítricos.

Até bem pouco tempo este era considerado o único estilo de cerveja 100% americano.

Espero que vocês tenham gostado e que venham a degustar exemplares deste belo estilo para confirmarem por vocês mesmos, as características citadas aqui.

Semana passada e ontem estive presente em mais dois lançamentos de cervejarias aqui no bairro Água Verde. Aguardem que em breve chegarão para vocês as cervejarias Solo Um e Covil. Vou buscar mais informações e logo repasso as novidades.

 

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Cel Costa Filho

Cel Costa Filho

Segurança em Debate


Juliana Saraiva

Juliana Saraiva

Coluna Juliana Saraiva




Mais lidas
Paula Lima chega a Curitiba com “Soul Lee”, projeto em que interpreta canções de Rita Lee

Viola Quebrada faz show no Centro Cultural Sistema FIEP

Viola Quebrada faz show no Centro Cultural Sistema FIEP

Um dos principais grupos caipiras do país se apresenta com entrada franca em ação do Sesi Cultura Paraná


Pinhais iniciou a Semana de Jogos de Ginástica

Pinhais iniciou a Semana de Jogos de Ginástica

O evento chega a sua 8ª edição e é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SEMEL)


Mais de 3 mil pessoas participaram da 5° Edição da Caminhada Internacional na Natureza

Mais de 3 mil pessoas participaram da 5° Edição da Caminhada Internacional na Natureza

A 5° edição da Caminhada aconteceu no último domingo (18) e bateu o recorde de participantes comparado às anteriores.


Balé Teatro Guaíra apresenta Plataforma Novos Criadores

Balé Teatro Guaíra apresenta Plataforma Novos Criadores

Apresentação de dança contemporânea acontece no palco do Guairão nos dias 20 e 21 de agosto. A entrada é gratuita e a capacidade é de 100 pessoas por sessão


Filme-Concerto comemora os 130 anos de Chaplin

Filme-Concerto comemora os 130 anos de Chaplin

Ação do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP) exibe “Tempos Modernos” com música ao vivo, no Teatro Positivo




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)