Quinta, 04 de outubro de 2018, 20:18 h - Atualizado em 04/10, 20:53 h

Com a casa cheia, o Espetáculo "Daqui até a eternidade" homenageou o poeta Cazuza

O espetáculo aconteceu no dia 27 de setembro no Teatro Guairinha e brindou os fãs de Cazuza com as músicas que marcaram a carreira do artis

Amanda Lyra:Cultura
Autor: Redação
Foto: Rafael Dorta

Com a produção de Ruy Feuerschette e Titi Barros, o  Espetáculo “Daqui até a Eternidade” foi sucesso de bilheteria, lotando o Teatro Guairinha no último dia 27 de setembro. O show performático  trouxe a interpretação de André Juan nos clássicos eternizados na voz do poeta,revivendo de forma emocionante todas as fases da carreira desde sua parceria com o Barão Vermelho até sua brilhante carreira solo.

Com Titi Barros na guitarra e violão, Ruy Feuerschuette na bateria, Davi Wagner no teclado e Kako Louis nos vocais e contra-baixo, André Juan trouxe no repertório sucessos como  “Bete Balanço”, “Maior Abandonado”  e “Porque que a gente é assim ” e clássicos da carreira solo como “O Tempo Não Pára” e “Codinome Beija-Flor” embalaram o público que pode ver também a interpretação emocionante de "Preciso dizer que te amo" com a cantora convidada, Marilu. 

Uma das surpresas foi um poema de  Fred Boechat, declamado pelo próprio autor para dar início ao segundo ato do Espetáculo.

 

Foto: Rafael Dorta

A banda conquistou o público que cantou junto do começo ao fim em uma noite memorável para a cultura curitibana.

Confira a trechos do show:

Mais sobre o Projeto

No início de 1980 surgiram vários artistas que entraram definitivamente para a história do rock brasileiro. Naquela época, a banda Barão Vermelho teve destaque, contando com um grande aliado: Cazuza. Com o intuito de reviver os bons momentos dessa década, o harmonicista e cantor carioca André Juan traz um espetáculo especial em homenagem ao artista e seus fãs. Tendo um timbre de voz que remete de imediato à Cazuza, André Juan vêm ganhando reconhecimento nacional.

Com Titi Barros na guitarra, Ruy Feuerschuette na bateria, Davi Wagner no teclado e Kako Louis nos vocais e contra-baixo, André Juan vem tocando por todo o Brasil em diversos Pubs e Teatros, das grandes capitais à pequenas cidades e agora apresenta toda a emoção do espetáculo no palco do Guairinha.

 

O espetáculo iniciou agradecendo a equipe e os apoiadores:

Acessória de imprensa:
-Amanda Lyra 
-Vera Rosa
-Ana Paula Rigueto

Som:

1102 pro music producoes musicais - Luciano Madalozo
Roadie - Rafael Mueller

Filmagem - Foto:

Rafael Dorta 
Angelica Elisa
Marcelo Cardoso
Alex Calderari

Arte:

Caroline Petrelli é Rafael Dorta

Cenário:

Andrei Ceesar
Moka Prestes

Apoio:
Radio Mundo Livre FM 
Gazeta do Povo
Rádio É Paraná Lycio Veloso Ribas e Henrique
Rede Massa - Mauro Mueller

 


Comentários desta notícia:


06/10, 12:55 h -Manoel Gil :

"André Juan encarna Cazuza. Não apenas o canta! "

06/10, 10:45 h -Sônia :

"Amei o espetáculo!!! Foi Show!"



Comente você também sobre esta notícia:



Colunista do dia
Aninha Pazinatto

Jorge Marcondes

Jorge Marcondes

Coluna Papo de Piá




Mais lidas
Enfim, as escolas nascentes?

Enfim, as escolas nascentes?

Mais um texto da série especial


Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Peça aborda problemas rotineiros do casamento em duas apresentações no Teatro Regina Vogue


II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

É a segunda vez consecutiva que o município de São José dos Pinhais realiza um evento dessa proporção.


Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Combinando clássicos do Pink Floyd, algumas canções novas e trabalho solo, o astro britânico desembarca na cidade no próximo dia 27 de outu


Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Por isso apenas 15 a 20% dos pacientes são candidatos à cirurgia com potencial de cura.


Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical  “Um Cisco” estreia no Guairão

Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical “Um Cisco” estreia no Guairão

A trama se desenvolve numa estação de trem, onde a vida do médium é narrada desde os seus 4 anos de idade até a sua morte, aos 92 anos.




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)