Quarta, 08 de agosto de 2018, 18:50 h - Atualizado em 08/08, 18:54 h

Direitos protetivos da pessoa com deficiência

Por Ana Paula Savaris Mayer

Direito & Cidadania :De Bem com a Vida
Autor: Ana Paula Savaris Mayer
O conteúdo desta matéria é de total responsabilidade do autor.

O Estatuto da Pessoa com Deficiência instituída pela Lei 13.146/2015 está subordinada diretamente ao princípio da dignidade da pessoa, artigo 1º, III da Constituição Federal que defende a proteção ao indivíduo potencializando o princípio da autonomia em consonância com o direito fundamental da capacidade civil. Assegura o artigo 1º da citada lei a promoção em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando a inclusão social e cidadania.

Destaca-se o artigo 6º quando assegura que a deficiência não afeta a plena capacidade da pessoa, inclusive para: I - casar-se e constituir união estável; II - exercer direitos sexuais e reprodutivos; III - exercer o direito de decidir sobre o número de filhos e de ter acesso a informações adequadas sobre reprodução e planejamento familiar; IV - conservar sua fertilidade, sendo vedada a esterilização compulsória; V - exercer o direito à família e à convivência familiar e comunitária; e VI - exercer o direito à guarda, à tutela, à curatela e à adoção, como adotante ou adotando, em igualdade de oportunidades com as demais pessoas.

O Estatuto da Pessoa com Deficiência nos remete a um novo olhar exigindo que a sociedade incentive ao máximo para que a pessoa tenha condições de administrar sozinha os atos da vida civil, exigindo do poder público adequação por meio de leis e instrumentos que venham proporcionar adequada acessibilidade em aspectos físicos e garantir aplicação dos direitos da personalidade, assim como melhor proporcionar investigação acerca da natureza e tempo de duração que poderá acometer a deficiência para o fim último de não impedir a participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas garantindo primordialmente aplicação dos direitos fundamentais.

 

 

 

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
História&Talento

História&Talento

História e Talento


Vera Rosa

Vera Rosa

Coluna Vera Rosa




Mais lidas
Antropofocus comemora 18 anos com Temporada de aniversário

Antropofocus comemora 18 anos com Temporada de aniversário

Antropofocus 18 anos acontece no Teatro Zé Maria, de 18 a 27 de outubro.


Shopping São José promove ações em prol do Outubro Rosa

Shopping São José promove ações em prol do Outubro Rosa

Ações serão realizadas em parceria com o Clube da Alice com o objetivo de alertar sobre a importância da prevenção do câncer de mama


Grupo de ballet realizará apresentação no Teatro SESI SJP

Grupo de ballet realizará apresentação no Teatro SESI SJP

Cultura no Teatro SESI apresenta o espetáculo na quarta-feira (24)


Enfim, as escolas nascentes?

Enfim, as escolas nascentes?

Mais um texto da série especial


Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Peça aborda problemas rotineiros do casamento em duas apresentações no Teatro Regina Vogue


Exposição A Matéria da Memória na SOMA Galeria

Exposição A Matéria da Memória na SOMA Galeria

Destaques da semana




Mais notícias desta categoria




3 livros que você precisa ler

3 livros que você precisa ler

Destaque da Semana

Sábado, 13 de outubro de 2018, 13:14 h

Uma nova onda, muito seca!

Uma nova onda, muito seca!

Por Jorge Marcondes

Sexta, 12 de outubro de 2018, 00:00 h

Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)