Sexta, 24 de novembro de 2017, 00:00 h - Atualizado em 04/12, 11:50 h

DUM Petroleum, a história da cerveja caseira em Curitiba!

Por Jorge Luiz Marcondes




Foto: Divulgação.

Hoje resolvi fazer uma sessão de cinema diferente. Dias atrás recebi minha cópia do documentário “Petroleum é nosso! A ebulição da cerveja artesanal no Brasil”. Cópia recebida em função de eu ter participado do CrowdFunding realizado pela DUM no Catarse em 2010.

 

Para esta sessão comprei na Cervejaria Curitiba uma Shipyard Export, estilo HandCrafted Ale com 5,1% ABV e uma Russian Imperial Stout produzida em parceria com o Bruxo Matulle, a qual batizamos de Dona Judite, com algo em torno de 9,5% ABV e 90 IBUs. Esta última para aguçar a imaginação, é claro!!!

 

A DUM Petroleum é uma das minhas cervejas prediletas, portanto existe aí uma relação de carinho muito grande, além de eu conhecer pessoalmente o Murilo e ter pego minha cópia diretamente na casa do Luizinho!

 

A expectativa era bastante grande, primeiramente pelo intervalo de tempo que existiu entre a finalização da campanha de CrowdFunding e data de recebimento do kit e agora após a entrega do DVD. Em segundo lugar, pois estes malucos de carteirinha sempre produzem coisas muito diferentes, criativas e interessantes.

 

Ao começar a assistir o vídeo já deu para perceber que muita coisa interessante viria à tona, pois estes camaradas participaram de muita coisa bacana dentro desta bela história da cerveja caseira e artesanal no Brasil, e principalmente aqui em Curitiba.

 

Acho que todos que querem conhecer um pouco mais a fundo o mundo da cerveja artesanal, deveria assistir a este vídeo para entender um pouco mais e conhecer melhor os personagens de algumas das mais interessantes “estórias” que aconteceram, das quais pouco acabamos sabendo mais aprofundadamente.

 

Uma das coisas mais bacanas de se ver é a evolução das coisas ao longo de um certo tempo. Desde a aparência física das pessoas, mas a evolução dos negócios e seus desdobramentos.

 

Tive o prazer de conhecer vários destes personagens ao longo destes anos como degustador, depois como produtor de cervejas, jurado de concursos, bem como após os diversos cursos e eventos dos quais participei.

 

Acredito que o legado deste movimento dos cervejeiros caseiros é a cooperação e a luta singela por ideais maiores. É claro que “nem tudo bacana”, pois a história sempre nos mostra a ganância e a falta de ética de alguns personagens, mas isso tudo acaba vindo à tona e o real caráter das pessoas são desnudadas a seu tempo!

 

Mas, o que mais nos interessa é o lado bom do movimento, que deixa muito claras as reais intenções das boas pessoas que participam dele. Exemplos de cooperação, de amizade e carinho que acabam nascendo e se reforçando ao longo do tempo.

 

Muitos depoimentos são bastante contundentes e mostram a luta de David contra Golias, mas também a solidariedade que o movimento denota. Outra coisa que ficou muito clara, é que a dedicação e os estudos recompensam!

 

Portanto, se vocês tiverem a oportunidade de participar de uma exibição deste documentário, não a percam! Eu recomendo!

 

Cheers!!!

 




Envie o seu comentário


Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:


Colunista do dia
Julio Borges

Julio Borges

Artes Marciais


Tiomkim

Tiomkim

Coluna Tiomkim




Mais lidas
CASACOR Paraná promove festa de lançamento do Anuário 2018

CASACOR Paraná promove festa de lançamento do Anuário 2018

A edição de 2018 da CASACOR Paraná aborda o tema “Casa Viva”.


Espetáculo faz homenagem à vida de Carmen Miranda

Espetáculo faz homenagem à vida de Carmen Miranda

“O que é que a Maria tem?” será apresentado nos dias 18 e 19 de maio, às 16h, no Teatro Sesi Portão, com ingressos a partir de R$ 10


Deixa o povo amar como e quem quiser

Deixa o povo amar como e quem quiser

Uma carta contra o preconceito


Para o friozinho, bolo de Pinhão, com apenas 3 ingredientes

Para o friozinho, bolo de Pinhão, com apenas 3 ingredientes

Receita deliciosa e fácil de fazer. Experimente


Com a chegada do frio, Agência do Trabalhador de SJP abre mais cedo

Com a chegada do frio, Agência do Trabalhador de SJP abre mais cedo

A medida, segundo do diretor da Agência do Trabalhador Vilson Marques, será adotada até o fim do inverno


Ministério de Música Mãe de Pentecostes se apresenta no Teatro Sesi

Ministério de Música Mãe de Pentecostes se apresenta no Teatro Sesi

Em comemoração ao I ano do Evento Jubilar do Movimento da Renovação Carismática Católica, que aconteceu em Roma




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016.