Quarta, 12 de setembro de 2018, 22:54 h - Atualizado em 12/09, 23:13 h

Exposição Cidades na Polônia e no Brasil: entre a modernidade e a tradição

Casa da Cultura Polonesa de São José dos Pinhais recebe a exposição

Autor: Redação

Divulgação/PMSJP

Uma exposição de fotografias feitas por três fotógrafos de ascendência polonesa, que retratam a sociedade contemporânea atuam nas cidades natais de seus antepassados, está sendo feita a partir de quinta-feira, 13 de setembro, pela Prefeitura de São José dos Pinhas em parceria com a Casa da Cultura Polônia Brasil até o dia 31 de outubro. Intitulada Cidades na Polônia e no Brasil: entre a modernidade e a tradição, essa exposição tem como objetivo mostrar elementos que caracterizam a modernidade de cidades nos dois países em questão.

SERVIÇO

Período expositivo: de 13/09 a 31/10

Local: Casa da Cultura Polonesa Padre Karol Dworaczek

Telefone: 41 3635-1545

Endereço: Rua João Lipinski, 1001 – Colônia Murici – São José dos Pinhais

Datas e horários de visitação:

De terça a sexta-feira: das 08h às 12h e das 13h às 17h.

Todo primeiro domingo do mês: das 12h30 às 16h30.

CIDADES NA POLÔNIA E NO BRASIL: ENTRE A MODERNIDADE E A TRADIÇÃO — A exposição fotográfica “Cidades na Polônia e no Brasil: entre a Modernidade e a Tradição” é o resultado do trabalho de três fotógrafos de ascendência polonesa que retornam à terra de seus avós para resgatar através do olhar os traços contemporâneos da moderna sociedade polonesa e também aqueles que se mantiveram através dos anos e de todas as mudanças políticas e sociais, dando equilíbrio e beleza a essa dinâmica temporal. Esse olhar se estende também a diversas cidades brasileiras, tendo como proposta do projeto uma questão central: “como vem ocorrendo, nestes últimos 25 anos, a reconfiguração das cidades polonesas e brasileiras?”. O objetivo geral é identificar e fotografar elementos que caracterizam a modernidade em cidades na Polônia e no Brasil, assim como compreender como ocorre o diálogo entre o antigo e o moderno, de que modo a cultura polonesa permanece na configuração destas cidades e identificar os equipamentos urbanos, monumentos históricos, expressões populares, festividades e celebrações que contenham representações simbólicas da cultura polonesa. Para responder a essas questões, o projeto viabilizou neste ano, uma viagem à Polônia para três fotógrafos brasileiros com ascendência polonesa, a fim de que retratassem algumas cidades específicas do país com suas características urbanas atuais, assim como algumas cidades do Brasil que guardam marcas da cultura polonesa. Também outras, como Recife e Rio de Janeiro que ao contrário, por não terem sido colonizadas por poloneses têm características diferenciadas, fazendo assim um contraponto interessante à proposta inicial.

Nas palavras do Cônsul Geral da República da Polônia em Curitiba, Marek Makowski, “o Brasil e a Polônia são um exemplo de mutuamente benéficas boas relações políticas, econômicas, culturais e sociais. Nos une uma preocupação comum com o bem dos cidadãos e com os valores do humanismo. Nos une também a história: a imigração e contribuição polonesa para o desenvolvimento do Brasil, a declaração em prol da independência da Polônia do grande estadista brasileiro Ruy Barbosa, durante a Conferência de Haia realizada em 1907, assim como muitos outros fatos de impacto recíproco. A exposição “Cidades na Polônia e no Brasil, entre a modernidade e a tradição” é mais uma contribuição para o fortalecimento desta nossa irmandade. Nos mostra de maneira comparativa como os dois países se desenvolvem, como suas cidades crescem e mudam na onda da modernidade, mantendo, porém, um cuidado em preservar os mais importantes valores do tradicional. Os autores fazem um estudo artístico da beleza da modernidade urbana e do encanto da tradição que coexistem de maneira muito parecida nas cidades de dois países em continentes tão distantes e diferentes. Mostram a mesma preocupação em oferecer aos cidadãos as melhores condições de vida urbana e o melhor ambiente para trabalho, educação e cultura. Meus parabéns e agradecimentos à Casa da Cultura Polônia Brasil e aos artistas: Schirlei Freder, Izabel Liviski e João Urban por esta interessante, rica e criativa exposição que foi realizada com verba do Departamento de Diplomacia Pública e Cultura do Ministério de Relações Exteriores da República da Polônia.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Cel Costa Filho

Cel Costa Filho

Segurança em Debate


Vale a Pena Ler de Novo

Vale a Pena Ler de Novo

Vale a Pena Ler de Novo




Mais lidas
Vitor Ramil no Grammy Latino

Vitor Ramil no Grammy Latino

O mais recente álbum do compositor soma duas indicações ao Latin GRAMMY


Maioridade penal?

Maioridade penal?

Segurança em Primeiro lugar


Wine & Trip - Harmonização de vinhos

Wine & Trip - Harmonização de vinhos

10 dicas valiosas para harmonizar comida com vinho


XIV Festival de Dança e Cultura Polonesa da Colônia Murici e Grupos convidados.

XIV Festival de Dança e Cultura Polonesa da Colônia Murici e Grupos convidados.

O evento acontece no dia 20 de outubro Salão Paroquial da Igreja Sagrado Coração de Jesus


Solyra Solidário arrecadará brinquedos ao som de Rock'n'roll  no Claymore Highway Bar

Solyra Solidário arrecadará brinquedos ao som de Rock'n'roll no Claymore Highway Bar

O evento acontece dia 03 de outubro e traz Banda Solyra, Relespública, Delorean, Carne de Onça e Acoustica, Marcelus e Juan do Motorocker, Vagner Capone, Gabi Nickel e o humorista Zico Lamour,


Escritor Ernani Buchmann com nova obra na praça.

Escritor Ernani Buchmann com nova obra na praça.

Destaques da semana




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)