Sábado, 07 de outubro de 2017, 00:00 h - Atualizado em 07/10, 00:00 h

Exposição “Uma História de Amor e Fé: Padre Pedro Fuss“

A exposição acontece em comemoração aos 107 anos do Padre Pedro no Museu Municipal de São José dos Pinhais


Redação: São José dos Pinhais


Foto: Katia Velo

A Secretaria de Cultura, por meio do Museu Municipal Atílio Rocco, realiza a exposição “Uma História de Amor e Fé: Padre Pedro Fuss“, em comemoração aos  107 anos do Padre Pedro. Participa da exposição a mostra fotográfica “O Sagrado da artista visual Katia Velo. As fotografias da série “O Sagrado" são registros de imagens captadas na Catedral da cidade e dos seus rituais típicos como a Festa das Capelinhas, missas, etc. "Os registros foram feitos em 2007, portanto, alguns anos após a minha chegada na cidade, quando a Catedral ainda era Matriz. O meu encantamento pela singularidade da arquitetura do local e alguns rituais como a entrega das capelinhas de casa em casa, algo do qual nunca havia participado na minha cidade natal, encantaram-me profundamente", destaca Katia Velo. A exposição apresenta fotos que remetem a dois espaços de tempo, o visitante terá oportunidade de estender seu olhar no passado e num presente não tão distante. Além das fotografias, estão em exposição objetos pessoais do Padre Fuss usados em cerimônias religiosas.

SOBRE PADRE FUSS
Nascido em 04 de outubro de 1910, em Elversberg, na Alemanha. Pedro Fuss era o quinto filho de Geoge e Anna Fuss. Sempre muito religioso sentiu o chamado de Deus em sua vida e com 14 anos ingressou em um seminário da Congregação Verbo Divino. Tornou-se padre em 1938. Chegou ao Brasil em fevereiro de 1940 e em São José dos Pinhais em maio de 1956, sendo nomeado vigário pela Igreja Matriz de São José dos Pinhais, atual Catedral. Recebeu em 1964 o Título de Cidadão honorário de São José dos Pinhais proposto por Elon Bonin em reconhecimento aos seus grandes feitos. Padre Pedro Fuss veio a falecer no Hospital Santa Casa de Misericórdia no dia 29 de junho de 1985, devido a problemas cardíacos.
 
SOBRE A EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA "O SAGRADO"
Na Idade Média, durante a inquisição, qualquer pessoa que não fosse aprovada pela Igreja Católica, tinha como destino inúmeros castigos e muitas vezes o seu fim era a fogueira. Felizmente muita coisa mudou, mas certamente os símbolos religiosos têm uma grande influência visual. As imagens de figuras como anjos e santos amplamente representados durante o Renascimento foi de fato relevante na história da arte e influenciaram e influenciam a vida do homem contemporâneo. "As imagens sacras surgem para evidenciar um propósito de Deus, são consideradas intermediárias entre o divino e o humano, trazem consigo a simbologia do bom e do belo". destaca Katia Velo.
 
 
Serviço:
Museu Municipal Atílio Rocco
Exposição “Uma História de Amor e Fé: Padre Pedro Fuss“
Período expositivo: De 03 de outubro a 04 de novembro de 2017. 
Horário de visitação:
De terça a sexta-feira, das 9h às 12h – 13h às 17h.
Sábados: das 9h às 12h.
Informações: (41) 3381-5900
Museu Atílio Rocco
Av. XV de Novembro, 1660

 



Envie o seu comentário


Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:


Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Guilherme Danelhuk

Guilherme Danelhuk

Guilherme Danelhuk




Mais lidas
Rodrigo Santos traz à Curitiba   "A Festa Rock Volume I

Rodrigo Santos traz à Curitiba "A Festa Rock Volume I

O músico tocará várias canções especiais do rock nacional para o show desta quarta (18) no Empório São Francisco


Associação Esportiva Butantã comemora 30 anos de sucesso

Associação Esportiva Butantã comemora 30 anos de sucesso

Uma organização, uma paixão e um brilhantismo de fazer inveja a muitos times profissionais.


A sociedade não quer mais bandidos

A sociedade não quer mais bandidos

Segurança em primeiro lugar


Bolo vulcão de cenoura

Bolo vulcão de cenoura

Receita da Semana


Microfisioterapia: a técnica francesa surpreendente para quem busca equilíbrio entre corpo e mente.

Microfisioterapia: a técnica francesa surpreendente para quem busca equilíbrio entre corpo e mente.

Atua partindo do princípio de estímulos para auto cura e reparação do organismo.


Tacy de Campos lança novo trabalho “O Manifesto da Canção”

Tacy de Campos lança novo trabalho “O Manifesto da Canção”

O primeiro disco de sua carreira mostra toda singularidade da compositora Tacy de Campos, intérprete de Cássia Eller no musical que rodou todas as capitais do Brasil.




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016.