Segunda, 30 de abril de 2018, 13:27 h - Atualizado em 30/04, 18:55 h

Faleceu o Pastor Nelson Monteiro da Mota, compositor da canção "Segura na Mão de Deus"

Canção mais famosa composta pelo pastor, foi lançada em 1973, numa era em que a música cristã ainda dava seus primeiros passos no país

Redação:Variedades
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

O pastor Nelson Monteiro da Mota, músico e compositor, faleceu na última sexta-feira, 27 de abril, aos 82 anos de idade, em Nilópolis, baixada fluminense. Mota se tornou nacionalmente conhecido por compor a canção Segura na Mão de Deus.

Segundo informações da família, o pastor sofria com problemas cardíacos. No Instagram, a banda Novo Som – da qual o filho de Mota, Mito Pascoal, é tecladista – confirmou que o veterano músico e pastor havia concluído sua jornada terrena.

“É com pesar, e na certeza de que está nos braços do Pai, que comunicamos o falecimento do pastor Nelson Monteiro da Mota, autor do clássico Segura na Mão de Deus, e pai do nosso amigo e tecladista Mito Pascoal. Orações pela família! Estamos juntos Amigo.. Deus console seu coração”, diz nota postada pela banda Novo Som.

O vocalista da banda, Alex Gonzaga, informou que a banda estava em Pernambuco para um evento, e que Mito Pascoal havia retornado para o Rio de Janeiro logo depois de receber a notícia. “Ele retornou para o Rio hoje pela madrugada. Já está com os seus familiares! Deus está no comando, confortando o coração de toda a família!”, disse Gonzaga.

A canção mais famosa composta pelo pastor Nelson Monteiro da Mota foi lançada em 1973, numa era em que a música cristã ainda dava seus primeiros passos no país. Em um artigo para o site da gravadora Efratá Music, o advogado e cantor Elvis Tavares dimensionou o tamanho da repercussão da canção Segura na Mão de Deus à época, afirmando que foi regravada por inúmeros artistas.

“O sucesso da música foi gigantesco a ponto de chegar aos ouvidos daqueles que não professavam a religião evangélica […] Mas… e os créditos autorais de Nelson Monteiro da Mota foram devidamente respeitados? Infelizmente (de novo), NÃO! Quantas não foram as fichas técnicas de discos desprovidas do nome do pastor Nelson e, o que é pior, como se não bastasse, algumas delas traziam a (enganosa) inscrição ‘Domínio Público’”, contextualizou.

Nos últimos anos, Segura na Mão de Deus foi regravada por diversos artistas, incluindo Alex Gonzaga, Kleber Lucas, padre Marcelo Rossi, César Menotti e Fabiano, Apocalipse 16, Waguinho, Carmen Lúcia, Quarteto Abba Pai, Marcelo Nascimento, entre outros.

 

Fonte: gospelmais.com.br



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
História&Talento

História&Talento

História e Talento


Mhana Karim

Mhana Karim

Laricas da Mhana


Tânia Jeferson



Mais lidas
99 e Peita lançam camiseta exclusiva para mulheres

99 e Peita lançam camiseta exclusiva para mulheres

Estampando a frase “Dirija como uma garota”, aplicativo questiona o estereótipo que difama motoristas mulheres


O premiado espetáculo “Para não morrer” ganha o palco do Sesi São José

O premiado espetáculo “Para não morrer” ganha o palco do Sesi São José

Inspirado na obra “Mulheres”, de Eduardo Galeano, a montagem traz histórias verídicas de mulheres da resistência


Corrida Noturna será uma das atrações da Curitiba Fitness Fair no Expo Barigui

Corrida Noturna será uma das atrações da Curitiba Fitness Fair no Expo Barigui

A Curitiba Fitness Fair, maior feira fitness do Sul do Brasil, terá como uma das atrações a corrida noturna Run The Night Curitiba.


Diretora do Théâtre du Soleil comanda espetáculo pela primeira vez fora da França em “As Comadres”

Diretora do Théâtre du Soleil comanda espetáculo pela primeira vez fora da França em “As Comadres”

Comédia realiza o desejo de Juliana Carneiro da Cunha de voltar aos palcos brasileiros, após longa parceria com companhia de teatro francesa


Atentado na Escola

Atentado na Escola

Terror na escola


Para inspirar: 7 salas de TV que são de tirar o fôlego

Para inspirar: 7 salas de TV que são de tirar o fôlego

Conforto e beleza são as palavras de ordem para quem deseja uma sessão digna de cinema em um dos cômodos mais queridinhos de casa




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)