Segunda, 15 de abril de 2019, 00:00 h - Atualizado em 15/04, 00:00 h

Índia Cabocla Jurema será representada na Exposição Fotográfica “A Guerreira da Pena Dourada”

Destacando sempre o empoderamento feminino em seus trabalhos, fotógrafa se inspirou na mulher indígena para homenagear um povo com fortes tradições culturais

Emanuelle Spack - Ordem Rosacruz - AMORC-GLP: Exposição Fotográfica
Autor: Emanuelle Spack - Ordem Rosacruz - AMORC-GLP
O conteúdo desta matéria é de total responsabilidade do autor.
Foto:

No mês em que se comemora o Dia do Índio, o Espaço de Arte Francis Bacon, em Curitiba, recebe a exposição A Guerreira da Pena Dourada da fotógrafa Cida Demarchi. A mostra apresenta 19 fotografias que se mesclam em nove imagens da Cabocla Jurema e outras dez com representações de diferentes benzedeiras. Estará aberta para visitação de terça a sexta-feira, entre os dias 02 e 24 de abril, com entrada gratuita.

No Brasil, o Dia do Índio é celebrado em 19 de abril, uma data muito significativa para lembrar e fortalecer a identidade do povo indígena das américas na história e na cultura atual.  A temática desta exposição vai apresentar ao público a história da Cabocla Jurema, a primeira mulher índia a se tornar Cacique de uma tribo e guerreira nas lutas de seu povo. “A força desta mulher atravessou fronteiras enquanto viveu e se consolidou após a sua morte tornando-se uma grande entidade que atua no âmbito das curas físicas e espirituais. Resgato a figura da benzedeira para alinhavar não apenas a questão da cura, mas, sobretudo, colocar na pauta a questão da inter-relação do conhecimento com vistas a derrubar os preconceitos sobre o crer e o saber”, explica Cida Demarchi.

Em seu contexto Cida quer dar a oportunidade de os visitantes refletirem sobre as questões sociais que envolvem intolerância e a dificuldade de aceitação do outro. “Eu explorei a questão do mito na figura da Cabocla Jurema (entidade cultuada nas curas físico-espirituais) e a questão da eficácia simbólica nos tratamentos para saúde através da figura da benzedeira, que bebe de várias fontes de conhecimento e crenças para realizar o seu trabalho”, ressalta a fotógrafa que leva a mensagem de que o conhecimento precisa transitar livremente sobre todas as fontes para que possa se desenvolver e amadurecer. “Esta exposição é um convite para uma autoavaliação. Ao passear pelas várias vibrações de cura, será possível refletir sobre todas as doenças de nossa sociedade.”

Foto:

Sobre a fotógrafa

Cida Demarchi é membro da United Photo Press, uma ONG que atua há 28 anos na divulgação da arte (fotografia, pintura e escultura) através de exposições em museus da Europa e dos Estados Unidos; vice-presidente para o Brasil e curadora para fotografia da International Zarco Academy of Arts e vice-presidente para o Brasil e curadora de arte da IAPAJ - International Association of Plastics Artists in Japan.

 

Serviço

Exposição A Guerreira da Pena Dourada

Data: de 02 de abril a 24 de abril de 2019.

Local: Espaço de Arte Francis Bacon – Ordem Rosacruz (AMORC)

Endereço: Rua Nicarágua, 2620 - Bacacheri - 82515-260 - Curitiba, Paraná.

Entrada: Franca

Horário: de terça a sexta-feira das 13h30 às 17h.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Julio Borges

Julio Borges

Artes Marciais


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Clássico de Frederico García Lorca estreia na 48ª. Mostra Multiartes C

Clássico de Frederico García Lorca estreia na 48ª. Mostra Multiartes C

Yerma é uma mulher que vive o drama de não poder conceber um filho.


V Conferência Municipal do Trabalho acontece neste sábado (29)

V Conferência Municipal do Trabalho acontece neste sábado (29)

As inscrições para participar do evento foram prorrogadas e podem ser feitas até sexta-feira (28/06).


 Titãs revivem disco acústico em turnê comemorativa

Titãs revivem disco acústico em turnê comemorativa

“O projeto Titãs Trio Acústico, que traz os três remanescentes originais Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Belloto, recria sucessos da banda.


Celular roubado

Celular roubado

Quem já não teve um celular roubado ou conhece alguém que já teve?


Estilo na ponta do dedo com Toke Joven Cabeleireiros e Estética

Estilo na ponta do dedo com Toke Joven Cabeleireiros e Estética

Saiba mais sobre os alongamentos em acrilfix que conquistaram as saojoseenses


Clube Mulheres de Sucesso Araucária:  VANESSA MASZALEK DE LIMA



Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)