Terça, 05 de fevereiro de 2019, 00:00 h - Atualizado em 05/02, 00:00 h

Medo de ser vítima

Segurança em primeiro lugar.

Cel Costa Filho:Variedades
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

A poucos dias no bairro Santa Felicidade, o que era para ser um momento de descontração enquanto algumas pessoas faziam compras em um comércio, acabou se transformando em momentos de pânico de risco de vida.

Os marginais ao entrarem no estabelecimento e darem a “voz de assalto”, efetuaram um disparo atingindo uma parede e após roubarem os pertences dos clientes e funcionários, ao saírem e sem motivação alguma, pois as vítimas que lá estavam não tinham esboçado nenhuma reação efetuaram mais um disparo e acertaram um jovem que se encontrava no local.

 Felizmente o disparo o atingiu de raspão não colocando em risco a vida da vítima.

 Por isso temos que endurecer nossas leis para que esses marginais se forem presos não passem apenas algumas horas atrás das grades.

 E os nossos juízes devem também ser mais criteriosos ao analisarem habeas corpus e colocarem indiscriminadamente em liberdade marginais que deveriam ser mantidos atrás das grades.

 Se o nosso sistema prisional hoje está superlotado, a culpa maior é dos nossos legisladores que criaram leis frágeis e alguns dos nossos juízes que simplesmente liberam indiscriminadamente assassinos, traficantes, ... e pelas matérias que vemos diariamente nos meios de comunicação, onde marginais com todas as materialidades necessárias para ficarem presos são soltos e saem rindo do nosso sistema lega, da polícia e principalmente das vítimas.

 Se ao serem presos, fossem punidos na primeira vez, com certeza não teríamos tantos marginais, pois a impunidade que os marginais presenciam os faz ficarem sem medo da justiça e principalmente da polícia, e assim acabam reagindo as prisões e sendo muito mais violentos do que seriam se tivessem ELES o medo da justiça, além dessa impunidade motivar jovens a se tornarem marginais, pois eles tem a certeza de que mesmo se forem presos , serão soltos, hoje o cidadão de bem é que tem medo de até sair de casa e até mesmo de ficar em casa, pois se sentem totalmente vulneráveis e desprotegidos,

Se tiverem alguma dúvida ou precisarem de alguma orientação sobre o uso dessa tecnologia mandem suas dúvidas para coronelcosta181@gmail.com.

            E nunca esqueçam, prevenir é sempre o melhor remédio.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Julio Borges

Julio Borges

Artes Marciais


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Maykol Yurk estreia no FFC

Maykol Yurk estreia no FFC

Estreia no FFC


Clube Mulheres de Sucesso Araucária: Marialba Ehlke Ozorio Villapol

Espetáculo “A Espera” terá quatro sessões gratuitas

Espetáculo “A Espera” terá quatro sessões gratuitas

O objetivo é incentivar a cultura e o teatro paranaense


Jardim Musical recebeu perto de 400 visitantes

Jardim Musical recebeu perto de 400 visitantes

No último sábado (15) o Museu Municipal realizou o Jardim Musical com a apresentação de Júnior Deluca. Nesta edição foram registrados perto de 400 visitantes.


HANNA lança álbum duplo em homenagem a João Gilberto,  com autorizações exclusivas

HANNA lança álbum duplo em homenagem a João Gilberto, com autorizações exclusivas

Quatro anos após o lançamento de “O Quatro anos após o lançamento de “O Amor é Bossa-Nova”, cantAmor é Bossa-Nova”, cantora regrava outras 23 canções imortalizadas na voz de seu ídolo


Startup oferece curso gratuito para quem vai fazer o Enem 2019

Startup oferece curso gratuito para quem vai fazer o Enem 2019

A plataforma online Kultivi disponibiliza curso preparatório com 600 aulas para estudantes que vão passar pelo exame no próximo mês de novembro




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)