Quinta, 22 de novembro de 2018, 00:00 h - Atualizado em 22/11, 00:00 h

Museu Paranaense abre exposição sobre Clubes sociais Negros

A mostra é parte das atividades do Mês da Consciência Negra. Na ocasião, também será solicitado o pedido de registro dos Clubes Sociais Negros como Patrimônio Cultural Imaterial do Paraná.

Assessoria de Comunicação Secretaria de Estado da Cultura do Paraná :Cultura
Autor: Assessoria de Comunicação Secretaria de Estado da Cultura do Paraná
O conteúdo desta matéria é de total responsabilidade do autor.
Foto: Divulgação.

O Museu Paranaense (MP) abre na sexta-feira (23/11), a exposição “Clubes Sociais Negros do Paraná”. A mostra faz parte da programação do Mês da Consciência Negra, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (SEEC), no mês de novembro.

Durante a abertura será encaminhado pelo coletivo dos seis clubes sociais negros do Paraná o pedido de Registro dos Clubes como Patrimônio Cultural Imaterial do Paraná à Coordenadoria de Patrimônio da SEEC.

 

“O Mês da Consciência Negra acontece pelo quarto ano consecutivo e realizamos ações pontuais e efetivas de valorização à cidadania em combate a todo e qualquer tipo de discriminação. A exposição, assim como o pedido de registro como patrimônio imaterial do Paraná, é importante para mantermos essa memória de luta.  Os clubes sociais negros além de um local de encontros sociais, se discutia a condição do negro na sociedade da época, além de promover a inclusão social”, afirma João Luiz Fiani.

 

  Saul Dorval, presidente do Conselho da Igualdade Racial, afirma que a SEEC tem sido um importante parceiro no reconhecimento da importância do papel do negro na sociedade. “Somos 28% da população do Paraná e quando o poder público reconhece e apóia, como tem feito, só nos ajuda a legitimar o papel histórico do negro na nossa sociedade”, comenta Dorval.

 

Os Clubes Sociais Negros eram espaços de convivência fundados entre a pós-abolição e os anos 50, destinados ao convívio social e cultural das populações negras. O objetivo era o de agregar a população negra, e incentivar a inserção social e cultural desta população. Era também espaço de discussão, onde a comunidade afro buscava discutir situação do negro na sociedade da época.

Seis clubes, ainda em funcionamento, foram mapeados com tais características no estado: Sociedade Operária e Beneficente Treze de Maio, em Curitiba; Clube Literário Treze de Maio, em Ponto Grossa; Clube Rio Branco, em Guarapuava; Clube Estrela da Manhã, em Tibagi; Clube Campo Gerais, em Tibagi; e Arol - Associação Operária e Recreativa de Londrina.

Os salões supriam a necessidade do convívio social, já que nos tradicionais clubes, a presença dos negros não era bem aceita. Tiveram também papel fundamental na construção social do negro e permanecem na memória dos frequentadores como lugares que incentivaram a construção da cidadania.

Hoje, funcionam como espaços de convivência social, com a promoção de festas e eventos.

 

Mês da Consciência Negra

 

No mesmo dia, o MP abre, no Jardim de Inverno, a exposição “Ero Ere: Artistas Negras”. "Ero Ere" é um coletivo de artistas negras que trabalha com diferentes técnicas, a valorização da arte e do vínculo ideológico, afetivo e ancestral, que ela traz. As obras apresentadas nessa exposição são compostas por fotografias, pinturas em acrílico sobre tela, cerâmica, assemblage e instalação têxtil.  Ao todo estarão expostas no MP, sete obras, uma de cada artista. O erro ere é composto pelas artistas Claudia Lara, Elis Brasil, Fernanda Castro, Kênia Cristina, Lana Furtado, Lourdes Duarte e Walkyria Novais.

 

Confira a programação completa do Mês da Consciência Negra. Clique AQUI.

 

 

Serviço:

 

Exposição Clubes Sociais Negros do Paraná

Data da abertura: 23 de novembro de 2018, às 17h

Período de exposição: até  31 de março de 2019

Horário de visitação: terça a sexta-feira das 9h às 17h30. Sábado, domingo e feriado das 10h às 16h.

Entrada gratuita

 

 

 

Exposição “Ero Ere: Artistas Negras”

Data da abertura: 23 de novembro de 2018, às 17h

Período de exposição: até  31 de março de 2019

Horário de visitação: terça a sexta-feira das 9h às 117h30. Sábado, domingo e feriado das 10h às 16h.

Entrada gratuita

 

 

Museu Paranaense

Rua Kellers, 289, São Francisco. Curitiba-PR

Terça a sexta-feira, das 9h às 17h30.

Sábado, domingo e feriado das 10h às 16h.

(41) 3304-3300 | www.museuparanaense.pr.gov.br

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira

Santa catarina Em Foco


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Startup oferece aulas online de inglês completamente grátis

Startup oferece aulas online de inglês completamente grátis

A plataforma curitibana Kultivi trabalha com dezenas de cursos gratuitos oferecidos por meio de economia compartilhada


Passeio Ciclístico será realizado neste domingo (26)

Passeio Ciclístico será realizado neste domingo (26)

Neste domingo, dia 26 de maio, acontecerá o passeio ciclístico em São José dos Pinhais


Festival de Inverno do Centro Histórico de Curitiba é confirmado de 18

Festival de Inverno do Centro Histórico de Curitiba é confirmado de 18

Julho é historicamente o mês mais frio de Curitiba.


Cantor mineiro comanda pocket show na Livraria Cultura

Cantor mineiro comanda pocket show na Livraria Cultura

Tuca Oliveira apresenta nesta sexta-feira (24) canções do álbum “As Flores do Começo”


Teatro de sombras conta história do cientista Albert Einstein no Museu Paranaense

Teatro de sombras conta história do cientista Albert Einstein no Museu Paranaense

Atração voltada ao público infantil inicia nesta terça-feira, dia 21 de maio, até 2 de junho. Entrada gratuita


Curitiba terá dia especial de atendimento  aos microempreendedores individuais

Curitiba terá dia especial de atendimento aos microempreendedores individuais

Mutirão do MEI, nesta quinta-feira, contará com várias entidades para auxiliar os MEIs com orientações para melhorar negócios




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)