Sexta, 01 de dezembro de 2017, 00:00 h - Atualizado em 01/12, 00:00 h

ONG lança aplicativo de apoio às pessoas que convivem com Aids

ONG lança aplicativo de apoio às pessoas que convivem com Aids




Foto: Divulgação.

Olá, tudo bem? Olha que pauta bacana. Temos personagens, caso precise.

Abs

 

 

 

ONG lança aplicativo de apoio às pessoas que convivem com Aids

 

 

Ferramenta será gratuita e servirá como rede de apoio psicossocial também à família e amigos

 

 

 

Conhecida nacionalmente pela defesa de pessoas que vivem com Aids, a ONG brasiliense Amigos da Vida lançará no próximo dia 01 de dezembro, data da comemoração do Dia Mundial da Luta Contra a Aids, um aplicativo de apoio e relacionamento com foco em pessoas que vivem e convivem com o HIV/Aids. O lançamento ocorrerá na sede da Federação do Comércio do Distrito Federal, às 17h.

A ideia surgiu do coordenador de Marketing Social da entidade, Pedro Alves, após conduzir uma entrevista com mais de 600 jovens em diversos apps de relacionamento. O objetivo foi sensibilizar e levar informação acerca das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST's), HIV, Aids e hepatites virais tirando dúvidas de adolescentes, jovens e adultos. "Com os resultados da pesquisa, foi inferida a necessidade de se criar um app que levasse interação aos usuários, combate ao estigma da Aids, informações de tratamento e prevenção ao HIV/Aids além de proporcionar relacionamentos de amizade e namoro com segurança", explica ele.

Batizado de HIVE, ou colmeia em tradução livre, o aplicativo tem como objetivo levar informação, conectando pessoas e levando o conhecimento como forma de interação sem distinção de cor, credo, raça e status sorológico. "O conceito de união, aceitação, prevenção, segurança e autoestima fomentam o empoderamento dos jovens a cerca da saúde sexual e tratamento precoce em casos de infecção por HIV/Aids e demais IST's", sustenta o presidente da ONG, Christiano Ramos, conhecido militante da causa.

 

Dados assustam

Segundo o último Boletim Epidemiológico da Aids do Ministério da Saúde, houve um drástico aumento de infecção do HIV/Aids entre jovens na faixa etária de 15 a 24 anos,. O relatório sustenta ainda que, de 2006 para 2015, a taxa mais que triplicou (de 2,4 para 6,9 casos/100 mil habitantes) entre aqueles com 15 a 19 anos. Os números também não favorecem a faixa etária entre 20 e 24, que quase dobrou os casos (de 15,9 para 33,1 casos/100 mil habitantes).

 

Via Amigos da Vida




Envie o seu comentário


Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:


Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Aspartame não se relaciona à perda de peso corporal

Aspartame não se relaciona à perda de peso corporal

O adoçante amplamente utilizado bloqueia enzima que se relaciona com emagrecimento e protege contra diabetes.


Segurança em Edifícios

Segurança em Edifícios

Destaque da Semana


Precisamos falar sobre Fake News

Precisamos falar sobre Fake News

A irresponsabilidade de disseminar boatos pela internet pode nos custar caro


Country Festival: evento acontece neste sábado (26)

Country Festival: evento acontece neste sábado (26)

Em sua 12º edição, o Country Festival chega com 12 atrações na Arena Expotrade, em 12 horas de shows


Pato Fu vem a Curitiba

Pato Fu vem a Curitiba

Após sete anos a banda mineira volta à capital paranaense com a turnê comemorativa aos 25 anos de carreira para um show inédito no palco do Guaira


Semana do Brincar será realizada em Pinhais

Semana do Brincar será realizada em Pinhais

As atividades são alusivas ao Dia Mundial do Brincar, comemorado no dia 28, que celebra o artigo 31º da Convenção sobre os Direitos da Crian




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016.