Sexta, 07 de junho de 2019, 00:00 h - Atualizado em 07/06, 00:00 h

Receita de Kimchi do Chef Andre Pionteke

Uma conserva com sabores fortes e penetrantes e, na maioria das vezes, muito picante.

Ana Ornellas P+G Comunicação Integrada:Kimchi
Autor: Ana Ornellas P+G Comunicação Integrada
O conteúdo desta matéria é de total responsabilidade do autor.
Foto: Divulgação

O Kimchi surgiu como grande parte das conservas populares, era uma forma de preservar os alimentos durante invernos rigorosos. Com o passar do tempo foi se tornando um produto elaborado e com diversas variações.

 

No Brasil, a iguaria coreana com sabores complexos tem se tornado cada vez mais presente e pode ser encontrada até mesmo em mercados que não são especializados em culinária oriental. Uma forma interessante de adicionar o Kimchi às suas receitas é preparar a conserva em casa, pois é possível adequar o nível de pimenta ao seu paladar e adicionar ingredientes de sua preferência, afinal a receita é uma base de fermentação que pode ser feita de inúmeros jeitos. 

 

O chef Andre Pionteke, participante do Masterchef profissionais 2018 e especialista em cozinha de produto, é um grande apreciador do Kimchi e utiliza em várias das suas receitas. Por isso, ele preparou um passo-a-passo de como ele costuma produzir e conservar. O chef sugere como acompanhamento o tradicional arroz japonês sem tempero (gohan) e uma deliciosa barriga de porco.

 

Kimchi de acelga caseiro

 

Ingredientes para salmoura:

3 xícaras de sal marinho

3 acelgas de tamanho grande, cortadas em 4 partes

24 xícaras de água em temperatura ambiente

 

Ingredientes para a pasta Kimchi:

2 1/4 xícara de água

1 folha grande de alga seca Kombu ou Dashima

1 shitake seco

1/4 xícara de farinha de arroz doce

1 1/4 xícara de molho de peixe de boa qualidade

3 colheres de camarão salgado fermentado coreano Saewoo-Jeot (Você pode substituir por pasta de camarão fermentada tailandesa)

1 colher de sopa de sal marinho

25 dentes de alho

1 pedaço de 6 cm de gengibre

½ cebola grande

1 maçã sem o miolo e sementes

3 a 5 pimentas vermelhas

3 xícaras de Gochugaru (flocos de pimenta vermelha coreana)

1 nabo de tamanho médio cortado em julienne

½ maço de cebolinha, cortado ao meio no sentido do comprimento e depois cortado em pedaços longos de aproximadamente 5cm

 

Opcionais:

Podem ser adicionados outros vegetais de sua preferência, como por exemplo: nirá, cenoura ou alho-poró

 

Utensílios:

 

Pote grande que comporte toda a acelga com a salmoura

Potes de vidro esterilizado e com boa vedação

Luvas descartáveis

 

Modo de preparo:

 

Corte a acelga em 4 partes iguais, lave as folhas, passe sal entre as folhas e reserve em um pote grande com a água e o sal por pelo menos 6 horas. O ponto correto da folha é quando ela não quebra mais ao ser dobrada.

Para a pasta, coloque em uma panela a água, a alga kombu e o shitake seco. Quando ferver reduza a temperatura e deixe 5 minutos em fogo baixo. Retire a alga e o cogumelo, dilua a farinha de arroz em um pouco de água e acrescente ao caldo, mexendo sem parar até formar um mingau, desligue o fogo e deixe esfriar. Despeje a mistura fria no liquidificador e acrescente o molho de peixe, a sopa de camarão, sal, pimentão vermelho, alho, gengibre, cebola e a maçã. Bata todos os ingredientes até virar uma pasta homogênea e, por fim, junte os flocos de pimenta coreana. Acrescente à mistura o nabo, cebolinha e demais vegetais de sua escolha.

Enxágue com água a acelga para retirar todo o excesso de sal e deixe escorrer. Esfregue a pasta em todas as folhas e deixe elas enroladas (Utilize luvas descartáveis neste processo).

Após espalhar o tempero em toda a acelga, acomode as “trouxinhas” em potes de vidro, preenchendo quase todo o espaço. Deixar em temperatura ambiente durante um dia e depois conservar na geladeira. Consumir a partir de dois dias após o preparo.

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Tânia Jeferson

Tiomkim

Tiomkim

Coluna Tiomkim




Mais lidas
Aprenda inglês ouvindo música: esta é a proposta de curso no Solar do Rosario

Aprenda inglês ouvindo música: esta é a proposta de curso no Solar do Rosario

Que tal aprender um língua ouvindo música? Gramática e vocabulário da língua inglesa são ensinados de maneira simples e direta em curso do Solar do Rosário.


Celebremos Yule

Celebremos Yule

Saiba mais sobre o primeiro festival pagão a ser cristianizado


“Delírio” de Edson Bueno é celebrado em livro que será lançado dia 26

Como o empreendedor pode melhorar a comunicação?

Como o empreendedor pode melhorar a comunicação?

Confira dicas essenciais para melhorar a comunicação no ambiente dos negócios


Inovação na CASACOR Paraná: mecanismos elétricos para móveis garantem mais espaço por m²

Inovação na CASACOR Paraná: mecanismos elétricos para móveis garantem mais espaço por m²

A tecnologia dos atuadores lineares transforma espaços em ambientes multifuncionais e inteligentes


Veja 5 filmes para se divertir e aprender inglês com as crianças nessa

Veja 5 filmes para se divertir e aprender inglês com as crianças nessa

Aprender inglês e aguçar a criatividade vêm de bônus nesse momento do sofá e pipoca




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)