Domingo, 18 de novembro de 2018, 00:42 h - Atualizado em 20/11, 10:21 h

São-joseense, Rodrigo de Paula vai pedalar quase 5 mil km no trajeto Ushuaia

Antes de pegar o avião em dezembro, ele participou do 1º Ciclo Turismo Reservas Ambientais – Eco Guaricana

Marcos Rosa/PautaSJP:São José dos Pinhais
Autor: Marcos Rosa/PautaSJP
O conteúdo desta matéria é de total responsabilidade do autor.
Foto: PautaSJP

O ciclista e montanhista de São José dos Pinhais (SJP), Rodrigo Alves de Paula, vai percorrer, nos meses de janeiro e fevereiro de 2019, mais de 4 mil km de pedaladas, sendo 4.756 km do Ushuaia-Argentina ao Chuí-Brasil, com destino final em SJP. A aventura, de 60 dias, tem prévia de treinamentos específicos quanto a logística e o preparo físico. Antes de pegar o avião em dezembro, para divulgar o super pedal sulamericano, ele participou na última quinta (15) do 1º Ciclo Turismo Reservas Ambientais – Eco Guaricana. 

“É um sonho que tenho há muitos anos de conciliar uma viagem em que eu possa pedalar, fazer trekking e montanhismo. Nada melhor do que percorrer paisagens lindas em quatro países iniciando pelos lugares famosos do Ushuaia”, conta Rodrigo, que terá como ponto de partida da viagem o extremo Sul da Argentina, na Terra do Fogo, depois Chile e Uruguai, e Brasil chegando em São José dos Pinhais. 

Durante os 40 km, de estrada de terra e asfalto, no 1º Ciclo Turismo Reservas Ambientais – Eco Guaricana, do Refúgio Carolina, Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), localizada em Campo Largo, até a RPPN Airumã, em Curitiba, Santa Felicidade, o ciclista mostrou que está muito bem fisicamente, mas que precisa angariar apoio técnico e financeiro. 

“No trajeto vou relatar os locais mais impressionantes da viagem para os canais dos patrocinadores. Como estarei sozinho, carregando todo material e suprimentos necessários, tenho que levar bons equipamentos, como a barraca e, é claro, a parte financeira, para poder manter a qualidade de comida entre outros aspectos importantes do deslocamento”, projeta Rodrigo de Paula. 

Em sua carreira de muitos anos como atleta amador e profissional em corridas de aventura - Rodrigo também é conhecido na fabricação de mochilas de montanhismo da marca Calango -, ele já havia pedalado por cidades como Ponta Grossa, Tibagi, Curitiba, Guaraqueçaba e Florianópolis, e gostou muito da proposta da Eco Guaricana. “Além do pedal, é muito bacana conhecer estas chácaras onde a Mata Atlântica é o principal atrativo”, elogia o ciclista. 

O professor de Sistemas da Informação, Angelo Guimarães Simão, é o proprietário do Refúgio Carolina, em Campo Largo, nas localidades de Retiro/Guabiroba. Ele transformou 10 mil metros quadrados, da chácara de 20 mil, em RPPN. “Comprei a área em 2012 já com a ideia de preservar e garantir para a minha filha um local em que a mata ficará, legalmente, conservada para sempre”, lembra Angelo. “Quanto ao ciclo turismo nas reservas ambientais, é uma ótima ideia de conectar a Natureza e divulgar as propostas protecionistas”, diz Angelo Simão. 

Segundo o jornalista Marcos Rosa Filho, criador da Eco Guaricana, tão legal quanto os deslocamentos são as paradas. “Acampar, acantonar ou se hospedar em meio à Natureza, almoçar em meio à Natureza, lanchar e jantar em meio à Natureza, pedalando e contribuindo com valores específicos para que propriedades particulares, como a Reserva Airumã, continuem a desenvolver projetos ecológicos”, explica Marcos Rosa Filho.

 

Pedal na última quinta (15) começou cedo na companhia de Angelo Simão, proprietário da reserva particular mais famosa de Campo Largo
Pedal na última quinta (15) começou cedo na companhia de Angelo Simão, proprietário da reserva particular mais famosa de Campo Largo - Foto: PautaSJP

A Reserva Airumã é a sede da Associação dos Protetores de Áreas Verdes de Curitiba e Região Metropolitana (Apave), que possui associados como Angelo Simão, do Refúgio Carolina, e Terezinha Vareschi, da Reserva Airumã. Outras estações ambientais particulares, ligadas à Apave, serão incluídas como opções no Ciclo Turismo Reservas Ambientais – Eco Guaricana. 


Roteiro 4.756 km do Ushuaia-Argentina ao Chuí-Brasil
Dia 02/01/19 até dia 05/01/19- Ushuaia-Argentina (preparativos com bike e caminhadas).
Dia 06/01/19 Ushuaia-Argentina a Tolhuin-Argentina (103 km). 
Dia 07/01/19 Tolhuin-Argentina á Rio Grande-Argentina (109 Km).
Dia 08/01/19 até dia 10/01/19 Rio Grande-Argentina a Primavera-Chile (221 Km).
Dia 11/01/19 Primavera-Chile a San Gregório-Chile.
Dia 12/01/19 San Gregório-Chile a Puerto Natales-Argentina.
Dia 13/01/19 Puerto Natales-Argentina a Parque National Torres del Paine-Chile.
Dia 14/01/19 até dia 20/01/19 Caminhadas no Parque (circuito W).
Dia 21/01/19 Parque Torres del Paine-Chile a El Calafate-Chile (253 KM).
Dia 23/01/19 El Calafate-Argentina a Lago Buenos Aires (427km).
Dia 26/01/19 Lago Buenos aires a Esquel (450 Km).
Dia 29/01/19 Esquel-Argentina a Bariloche-Argentina(284km).
Dia 31/01/19 Bariloche-Argentina (Caminhada no Cerro Tronador).
Dia 05/02/19 Bariloche a Neuquén (437 Km).
Dia 08/02/19 Neuquén a Bahia Blanca (533 Km).
Dia 12/02/19 Bahia Blanca a Mar del Plata (463 Km).
Dia 14/02/19 Mar del Plata a Buenos Aires.
Dia 15/02/19 Buenos Aires a Montevideo-Uruguai (travessia fluvial).
Dia 16/02/19 Montevideo a Minas (122 km).
Dia 17/02/19 Minas-Uruguai (escalada esportiva).
Dia 19/02/19 Minas-Uruguai a Chuí-Brasil (227 km).
Parte final até São José dos Pinhais.


Informações
"Tratasse de uma viajem de aventura sem fins lucrativos, feita por quem ama a Natureza e gosta de viajar. E todo dinheiro arrecadado com os patrocinadores será de uso exclusivo à viagem. Materiais pessoais como a bicicleta, alforje, barraca, roupas etc, não estão incluídos nos custos de pouco mais de R$ 10 mil e serão por conta dos patrocinadores", agradece Rodrigo. Contato Facebook Projeto Hermanos e Instagram Projeto Hermanos. Rodrigo Alves de Paula: 41-99242-1213 (serra_verde@hotmail.com).

Apoio Calango; Hiper Cesta; Climb Clean; Vanille Café Colonial; Dulce Restaurante Colonial; Eco Guaricana e PautaSJP.com. 

Fonte: PautaSJP.com

Depois de 40 km a partir do Refúgio Carolina, passeio de ciclo turismo teve parada na Reserva Airumã
Depois de 40 km a partir do Refúgio Carolina, passeio de ciclo turismo teve parada na Reserva Airumã - Foto: PautaSJP

Rodrigo conheceu a vovó Airumã, a araucária mais antiga de Curitiba, localizada na Reserva Airumã
Rodrigo conheceu a vovó Airumã, a araucária mais antiga de Curitiba, localizada na Reserva Airumã - Foto: PautaSJP



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Tacy de Campos

Tacy de Campos

Coluna Tacy de Campos




Mais lidas
Curso de Teatro em inglês para público 50+ estimula aprendizado

Curso de Teatro em inglês para público 50+ estimula aprendizado

Na Tea Time – Escola de inglês para Maiores de 50 Anos, os alunos já apresentaram diálogos e monólogos em inglês


Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Com direito a cardápio especial, o festival é a grande novidade do Ernesto Ristorante para o final de 2018


 Retrô, pois e listras. Veja as promessas da moda verão 2019

Retrô, pois e listras. Veja as promessas da moda verão 2019

Confira as promessas do verão 2019 pela Dzarm


São José dos Pinhais oferece vacina gratuita contra raiva para cães e gatos

São José dos Pinhais oferece vacina gratuita contra raiva para cães e gatos

Para vacinar o seu cão ou gato é preciso agendar horário pelo telefone. Confira aqui


Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Curitiba recebe o primeiro Festival do Porco Preto

Com direito a cardápio especial, o festival é a grande novidade do Ernesto Ristorante para o final de 2018


O Tecido da vez - Linho

O Tecido da vez - Linho

Dica da semana




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)