Terça, 13 de novembro de 2018, 09:40 h - Atualizado em 13/11, 09:42 h

SEQUESTRO RELÂMPAGO

Destaque da Semana

Cel Costa Filho:Variedades
Autor: Redação
Foto:

Uma nova modalidade de crime está começando a aumentar. Os marginais rendem suas vítimas, mas ao invés de roubarem o celular, eles fazem com que a vítima o desbloqueie e as obriga a acessar o aplicativo de sua conta bancária, e com o acesso liberado da conta, fazem a transferência de todo o dinheiro disponível, saldo mais limite do cheque especial.

            Enquanto isso outro integrante do golpe vai no banco e saca todo o dinheiro, com toda a tranquilidade, pois sabem que o titular da conta “roubada” está como refém de seus parceiros.

            Outra forma dos marginais se protegerem, é fazerem a transferência do dinheiro da vítima para uma conta em BITICON, onde é mais difícil a identificação do titular da conta.

            A vítima ao ser liberada tem como sua primeira reação ligar para o banco, para comunicar o que ocorreu, e solicitar o bloqueio da operação para que lhe devolvam o valor transferido.

            Aí que começa realmente o drama da vítima, pois como a operação foi realizada de seu celular e com a utilização da senha para as transferências, o banco não se responsabiliza pelo dinheiro retirado de sua conta.

            A única segurança que se pode adotar, apesar de em muitos casos isso ser inviável, é reduzir os limites diários para transferência, que apesar de não ser o ideal, pode pelo menos minimizar o prejuízo.

            Com esse novo modelo de crime, os ladrões não precisam ficar circulando com a vítima, e nem da presença dela para sacar o dinheiro, já que toda a ação é realizada online.

            Mas o sequestro para levar a vítima junto para sacar dinheiro nos caixas eletrônicos ainda continua em alta, motivo pelo qual, após as 22 horas, o limite de saque é reduzido.

            Assim, evitem andar em lugares com pouco movimento, e principalmente as mulheres que tem o hábito de pararem o carro e ficarem falando no celular, pois aí se torna vítimas fáceis para os ladrões.

            E nunca se esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

            Para sugestões de pauta ou duvidas, encaminhem um e-mail para coronelcosta181@gmail.com

 

           

 



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Cel Costa Filho

Cel Costa Filho

Segurança em Debate


Juliana Saraiva

Juliana Saraiva

Coluna Juliana Saraiva




Mais lidas
Atentado na Escola

Atentado na Escola

Terror na escola


Para inspirar: 7 salas de TV que são de tirar o fôlego

Para inspirar: 7 salas de TV que são de tirar o fôlego

Conforto e beleza são as palavras de ordem para quem deseja uma sessão digna de cinema em um dos cômodos mais queridinhos de casa


Aniversário de São José dos Pinhais: Bolo Solidário foi servido em frente a catedral

Aniversário de São José dos Pinhais: Bolo Solidário foi servido em frente a catedral

Comemoração do aniversario de São José dos Pinhais


12º CWBurguer Fest terá 28 participantes

12º CWBurguer Fest terá 28 participantes

O principal evento de hambúrgueres do Brasil contará com diversas opções do preparo e receitas inéditas para todos os gostos


Companhia Os Satyros celebra 30 anos no Festival de Curitiba

Companhia Os Satyros celebra 30 anos no Festival de Curitiba

Trupe paulista retorna ao evento com “Cabaret TransPeripatético”, além das estreias nacionais de “Mississipi”, “Todos os Sonhos do Mundo” e “O Rei de Sodoma”


Ônibus da Cultura terá apresentação especial para o Março Lilás

Ônibus da Cultura terá apresentação especial para o Março Lilás

A campanha do Março Lilás, de prevenção do câncer de útero, inspirou um espetáculo teatral que fará estreia no Ônibus da Cultura.




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)