Sábado, 28 de outubro de 2017, 00:00 h - Atualizado em 29/10, 09:15 h

Show gratuito com Elba Ramalho, Hamilton de Holanda, Orquestra Sinfônica

Além de artistas internacionais e paranaenses neste domingo


Redação: Curitiba


Foto: Divulgação.

Neste domingo (29), Curitiba irá se vestir de branco para participar do movimentoMULHERES PELA PAZ. A ação, inspirada no internacional Women Wage Peace, que teve início em Israel, começa com a concentração dos participantes às 15h na Praça 19 de Dezembro (Praça do Homem Nu), e segue com a caminhada até a Praça Nossa Senhora de Salete. O movimento continua às 17h com um grande show aberto ao público, com apresentações musicais de Elba Ramalho, Hamilton de Holanda, as artistas internacionais Yael Deckelbaum, Myriam Toukan, Liron Meyuhas, Daniel Rubin e a Orquestra Sinfônica do Paraná com a participação especial de aproximadamente 30 cantoras paranaenses.

 

Este é um movimento que tem percorrido o mundo, e Curitiba é a primeira cidade da América Latina que vai acolher a caminhada das MULHERES PELA PAZ. Segundo a coordenadora geral do evento, Consuelo Cornelsen, “a música e o amor tem um poder transformador e a PAZ não pode ser uma utopia, por isso engajamos várias entidades para realizar o movimento em Curitiba”, declara. “O movimento tem uma ampla adesão em todo o mundo, através das redes sociais e de caminhadas como a que faremos aqui, já realizadas em outros países, além de Israel, Estados Unidos, França, Canadá, Nova Zelândia e Austrália”, completa.

 

O movimento Women Wage Peace nasceu em Israel, em 2014, e vem crescendo pelo mundo realizando manifestações em prol da paz e articulações para despertar a atenção política e da sociedade para o fim dos conflitos na região e no mundo. O vídeo “Prayer of the Mothers” fez com que o mundo conhecesse a organização, onde a cantora israelense Yael Deckelbaum se uniu à mulheres de todas as religiões, clamando por mudanças. Link do vídeo: https://youtu.be/YyFM-pWdqrY

 

Em Curitiba, representantes de 17 etnias participam da marcha do Movimento Women Wage Peace.

 

Programação Cultural:

 

No domingo (29), com início às 17h na Praça Nossa Senhora da Salete, um palco será montado especialmente para receber as apresentações, com abertura da ORQUESTRA SINFÔNICA DO PARANÁ com HAMILTON DE HOLANDA como solista.

 

Em seguida se apresentam as cantoras ELBA RAMALHO, YAEL DECKELBAUM, MYRIAM TOUKAN, LIRON MEYUHAS & DANIEL RUBIN, além do solista GUI DUVIGNAU, aproximadamente 30 cantoras paranaenses, interpretando músicas que falem de amor e de paz. A apresentação será finalizada com a interpretação de PRAYER OF THE MOTHER, acompanhadas da ORQUESTRA SINFÔNICA DO PARANÁ, cada uma em seu idioma, contando também com a participação das cantoras convidadas.

 

As cantoras paranaenses que participarão do espetáculo são: Adri Grott, Alexandra Scotti, Aline Morena, Amanda Lyra, Angela Molteni, Claudia Sperandio, Cris Lemos, Cristina El Tarran, Luna Balderrama, Emanuelle, Fernanda Sabbagh, Fran Tenório, Giseli,  Jay Ferreira, Jô Nunes, Jordana Soletti, Jule Erthal, Maíra Brito, Michele Mabelle, Priscila Graciano, Scilla, Renata Fadel, Renata Melão, Renildes Chiquito, Rogeria Holtz, Simone Mello, Suzie Franco e Vilma Ribeiro.

 

 

Descrição dos artistas:

 

Elba Ramalho: Cantora, poeta, atriz e performer brasileira. Duas vezes vencedora do Grammy Latino.

 

Hamilton de Holanda: bandolinista e compositor brasileiro reverenciado nos Estados Unidos como “o Jimi Hendrix do bandolim” e conhecido na França como “príncipe do bandolim” possui 18 anos de estrada e 28 trabalhos lançados, entre vídeos e CDs.

 

Yael Deckelbaum:  Cantora Israelense/Canadense, com músicas entre as mais escutadas em Israel. Autora da música “Prayer of the Mothers” e ativista do movimento Women Wage Peace.

 

Myriam Toukan: Cantora Árabe cristã de Israel, ela combina música tradicional árabe e músicas israelenses criando uma identidade única para suas músicas.

 

Liron Meyuhas – Percursionista e multi-istrumentalista israelense, baseia seu trabalho em percussão africana, música judaica e influências do jazz, cobertas com batidas tradicionais e contemporâneas.

 

Daniel Rubin: Cantora e pianista Israelense, ativista do movimento Women Wage Peace e colaboradora na música “Prayer of the Mothers”.

 

Gui Duvignau: compositor e contrabaixista.

 

Orquestra Sinfônica do Paraná: Desde 28 de maio de 1985, a OSP vem apresentando uma história de talento e dedicação à música. Atualmente, o Diretor Artístico e Maestro Titular é Osvaldo Ferreira, que deu início a uma nova fase que prevê a construção de uma nova identidade sonora, a interação com outras áreas artísticas e a valorização dos artistas nacionais.

 

Movimento Mulheres Pela Paz

Data: 29/10 (domingo)

Evento gratuito

 

Horários:

14h - Concentração na Praça 19 de Dezembro

15h - Início da caminhada em direção ao Palácio Iguaçu, pela Avenida Cândido de Abreu

17h - Início da programação cultural

 

 



Envie o seu comentário


Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:


Colunista do dia
Amanda Lyra

Amanda Lyra

Clave do som


Guilherme Danelhuk

Guilherme Danelhuk

Guilherme Danelhuk


Vera Rosa

Vera Rosa

Gastronomia com Vera Rosa




Mais lidas
 Paulinho Mixaria anuncia gravação de DVD em Curitiba

Paulinho Mixaria anuncia gravação de DVD em Curitiba

Os causos do divertido gaúcho, serão registrados durante a tradicional apresentação de fim de ano, no Teatro Positivo.


Mal do século: a diabetes e seus malefícios

Mal do século: a diabetes e seus malefícios

Não existe apenas uma causa para a diabetes, muito pelo contrário, existem diversos fatores que colaboram com as possibilidades de contrair


5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais em SJP tem Inscrições Gratuitas para Servidores Públicos

5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais em SJP tem Inscrições Gratuitas para Servidores Públicos

A principal característica do evento é a troca de informações e experiências de sucesso


Ética e regras claras como padrão

Natal: Presenteie com livros que trazem belas mensagens para a criançada

Natal: Presenteie com livros que trazem belas mensagens para a criançada

Salamandra selecionou obras com ricas ilustrações e recém-lançadas pela editora


Quedas na terceira idade podem ser mais do que acasos

Quedas na terceira idade podem ser mais do que acasos

Muito comum em idosos, a doença se torna clinicamente perceptível e suas consequências começam a incomodar no dia a dia




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016.