Sexta, 13 de abril de 2018, 00:00 h - Atualizado em 13/04, 00:00 h

Uso do celular sem limite afeta a saúde emocional das crianças

Pesquisa revela: 36% das crianças a partir dos 2 anos já tem um aparelho eletrônico

Redação:Variedades
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

Os aparelhos eletrônicos são úteis para muitas tarefas do dia a dia, como também entretenimento e acessos variados. Aqui o alerta vai para o uso dos celulares como “brinquedo” que ajuda a distrair o bebê enquanto a mãe lida com as atividades diárias, um hábito muito comum.

Segundo levantamento feito recentemente pelo portal de saúde e maternidade, Trocando Fraldas, - via enquete com 3 mil mães seguidoras do site – 54% das crianças acima de 2 anos já possuem algum aparelho eletrônico, sendo o celular o mais comum.

Os pais ainda revelam que 1 em cada 4 crianças deixam de lado a vida social para interagir com os aparelhos eletrônicos, o que também vale para os mais pequenos, com 3 anos de idade.

A American Academy of Pediatrics informa que nessa fase 80% do desenvolvimento cerebral ocorre. A criança está formando as habilidades linguísticas e necessita de contato e estímulos dos pais por meio da interação humana. Lembrando que a linguagem interfere na capacidade de pensar e concentração futuramente necessária na escola.

Crianças mais ansiosas e com dificuldade de interação

Os aparelhos eletrônicos são utilidades no dia a dia, principalmente para os pais que passam maior parte do tempo fora e ligam para saber se está tudo bem. Mas fora isso, como o seu filho está usando o celular, costuma ter esse acompanhamento na rotina?

De acordo com o estudo realizado pelo portal Trocando Fraldas mais da metade dos pais brasileiros necessitam reclamar pelo uso excessivo do celular e 61% dos entrevistados consideram os eletrônicos um problema.

Algo que poderia ter utilidades benéficas está se tornando tema de saúde pública. A terapeuta reforça sobre a urgência de estabelecer limites e reforçar o diálogo.

Sociedade Brasileira dePediatria (SBP) apoia o uso do celular a partir dos 12 anos. O acesso aos eletrônicos no geral necessita ser revisado de acordo com a faixa etária para não acarretar em problemas futuros, o que inclui: ansiedade, dificuldade de concentração, dificuldade de socialização e realidade virtual fantasiosa.

 É possível inserir os aparelhos eletrônicos na vida da criança de forma saudável?

A era digital faz parte da sociedade em que vivemos, mas ainda é preciso educar as crianças para o uso saudável. Os tablets e eletrônicos no geral dão acesso a brincadeiras que estimulam a criatividade, memória e as habilidades digitais muito necessárias atualmente. 

É preciso filtrar o conteúdo e estabelecer limite de acesso. A interação com os aparelhos não deve substituir as brincadeiras presenciais e o diálogo com a família.



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
História&Talento

História&Talento

História e Talento


Vera Rosa

Vera Rosa

Coluna Vera Rosa




Mais lidas
Antropofocus comemora 18 anos com Temporada de aniversário

Antropofocus comemora 18 anos com Temporada de aniversário

Antropofocus 18 anos acontece no Teatro Zé Maria, de 18 a 27 de outubro.


Shopping São José promove ações em prol do Outubro Rosa

Shopping São José promove ações em prol do Outubro Rosa

Ações serão realizadas em parceria com o Clube da Alice com o objetivo de alertar sobre a importância da prevenção do câncer de mama


Grupo de ballet realizará apresentação no Teatro SESI SJP

Grupo de ballet realizará apresentação no Teatro SESI SJP

Cultura no Teatro SESI apresenta o espetáculo na quarta-feira (24)


Enfim, as escolas nascentes?

Enfim, as escolas nascentes?

Mais um texto da série especial


Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Peça aborda problemas rotineiros do casamento em duas apresentações no Teatro Regina Vogue


II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

É a segunda vez consecutiva que o município de São José dos Pinhais realiza um evento dessa proporção.




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)