Quinta, 30 de novembro de 2017, 00:00 h - Atualizado em 30/11, 00:00 h

Vozes da Cidade apresenta Viola Quebrada

A típica música caipira brasileira invade o Centro Cultural SESI Heitor Stockler De França nesta sexta-feira

Redação:Cultura
Autor: Redação
Foto: Divulgação.

O projeto Vozes da Cidade, idealizado pelo SESI Cultura Paraná, leva para o palco do Centro Cultural SESI Heitor Stockler De França nesta sexta-feira (1) uma apresentação especial com o grupo paranaense Viola Quebrada. No repertório do show, o público terá contato com a alma do homem sertanejo com um toque urbano, ressaltando a harmonização e a simplicidade da música caipira brasileira.
 

Formado em 1997 com o nome de uma canção de Mário de Andrade, a banda Viola Quebrada gravou o seu primeiro CD em 2000. Em seguida, vieram os CDs Viola Fandangueira (2002), Sertaneja (2003) e Noites do Sertão (2006). Em 2015, o álbum Meus Retalhos foi indicado ao Prêmio da Música Brasileira como melhor grupo Regional. 
 

Sobre o projeto - O projeto “Vozes da Cidade” foi idealizado pelo SESI Cultura Paraná com o intuito de promover um espaço para a música popular destinado aos compositores, músicos e intérpretes residentes na cidade de Curitiba. São artistas que desenvolvem seus trabalhos autorais e que, num formato mais intimista de duos ou trios, apresentam composições da cena local. Algumas apresentações possibilitam encontros de artistas com formações inusitadas, assim como um repertório de canções recentemente lançadas.

 

O SESI Cultura Paraná apresenta
 

Projeto Vozes da Cidade com Viola Quebrada

 

Data: 01/12/2017  Horário: 20h00
Valor: Gratuito
Classificação: Livre
Local: Centro Cultural SESI Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: Sujeito a lotação
 

 

Mais informações:

http://www.sesipr.org.br/cultura/EventAgenda27805content358721.shtml

http://www.sesipr.com.br/cultura/ 
https://www.facebook.com/sesiculturapr/



Seja o primeiro a comentar sobre esta notícia:



Colunista do dia
Aninha Pazinatto

Jorge Marcondes

Jorge Marcondes

Coluna Papo de Piá




Mais lidas
Enfim, as escolas nascentes?

Enfim, as escolas nascentes?

Mais um texto da série especial


Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Espetáculo "Em casa a gente conversa" traz Cássio Reis e Juliana Knust

Peça aborda problemas rotineiros do casamento em duas apresentações no Teatro Regina Vogue


II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

II Mostra Intermunicipal Mulheres na Ciência: exposições estão abertas

É a segunda vez consecutiva que o município de São José dos Pinhais realiza um evento dessa proporção.


Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Roger Waters: O gênio criativo do Pink Floyd em Curitiba

Combinando clássicos do Pink Floyd, algumas canções novas e trabalho solo, o astro britânico desembarca na cidade no próximo dia 27 de outu


Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Câncer de Pâncreas é na maioria das vezes é diagnosticada de forma tardia

Por isso apenas 15 a 20% dos pacientes são candidatos à cirurgia com potencial de cura.


Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical  “Um Cisco” estreia no Guairão

Vida de CHICO XAVIER em superprodução musical “Um Cisco” estreia no Guairão

A trama se desenvolve numa estação de trem, onde a vida do médium é narrada desde os seus 4 anos de idade até a sua morte, aos 92 anos.




Mais notícias desta categoria


Voltar ao topo©Squarebits Software 2016. (Heroku)