Programação cultural do mês de Outubro no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França

Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Foto: Divulgação

 

MÚSICA:

Acordes na Casa – Trio Mângata

 

Formado por Gabriela Bruel (percurssão), Érica Silva (voz, violão e baixo) e Thais Morell (voz e violão), o Trio Mângata surgiu a partir do desejo da percussionista – Gabriela Bruel – de reunir mulheres que, em sua jornada musical, se identificassem  com a música étnica. Com influências das músicas folclóricas de diversas partes do mundo  e grupos como Terra Sonora e seus mestres Liane Guariente e Plinio Silva, o Trio traz para o espetáculo no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França músicas que apresentam um elo valioso entre as musicistas, proporcionando uma experiência musical ancestral por meio dos temas escolhidos.

 

*Sobre o Projeto Acordes na Casa: a iniciativa contempla artistas profissionais da música instrumental brasileira, internacional e étnica. O objetivo é formar uma programação musical contínua durante o ano, proporcionando à comunidade o acesso a diferentes gêneros da música instrumental, bem como fortalecer a cultura da região.

Data: 5 de outubro

Horário: às 11h
Valor: ingresso solidário (1kg de alimento não perecível)
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

 

OFICINA:

Do rabisco à obra, com Bruno Romã

A oficina “Do rabisco à obra” é um convite para explorar a criatividade na hora de criar um projeto artístico pessoal ou profissional. Durante a oficina, os participantes vão conhecer o processo criativo de peças de cerâmica autoral, arte mural e ilustração por meio do trabalho do artista Bruno Romã, além de explorar metodologias criativas para desenvolver suas criações.

 

Data: 5 de outubro

Horário: das 14h30 às 17h
Valor: ingresso solidário (1kg de alimento não perecível)
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Inscrições: (41) 3322-2111

 

CINEMA:

“David Neves: crítica e literatura cinematográfica nos anos 1960”, por Pedro Plaza Pinto

O evento “David Neves: crítica e literatura cinematográfica nos anos 1960” tem como intuito debater assuntos que envolvem a política, crítica e cinema, com a participação de cineastas e pesquisadores de Curitiba e de outras localidades. Será promovido um debate que enfatiza as experiências estéticas e objetos de crítica concentrados em paradigmas e engajamentos próprios ao cinema moderno e contemporâneo. O primeiro encontro contempla a crítica e a literatura cinematográfica de David Neves (1938 – 1994). Os encontros são coordenados por Fábio Uchôa (UTP) e Pedro Plaza (UFPR).

 

Datas: 8 de outubro

Horário: 14h

Duração: 2h
Valor: gratuito
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

LITERATURA:

Passado em Prosa: “O silêncio do Vampiro – O discurso jornalístico sobre Dalton Trevisan”, por Luiz Andrioli

 

Esta edição do projeto Passado em Prosa “O silêncio do Vampiro – O discurso jornalístico sobre Dalton Trevisan” é realizada por meio da crítica ao discurso jornalístico sobre o escritor. Luiz Andrioli, escritor e jornalista, utiliza as fontes de imprensa e referências bibliográficas para analisar a forma como o contista aparece na mídia.

Dalton Trevisan é conhecido pela concisão em palavras. O escritor também se nega, há décadas, a dar entrevistas ou declarações para a imprensa. Mesmo assim, os jornais não deixam de comentar seus livros.  Neste estudo, Luiz Andrioli aponta que o silêncio de Dalton Trevisan é uma estratégia literária em nome da imortalidade pretendida pelo Vampiro de Curitiba.

 

O autor

Pós-graduado em Cinema e mestre em Letras, Luiz Andrioli é escritor e jornalista. Autor de “O circo e a cidade, histórias do grupo circense Queirolo em Curitiba” (Coleção A Capital) e o “Laçador de cães”.

 

Data: 8 de outubro

Horário: 19h
Valor: Gratuito
Classificação: Livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

(Espaço sujeito a lotação)

 

CINEMA:

Cineclube Solax

 

O Cineclube Solax é uma atividade voltada à apreciação, ao estudo e à discussão de obras cinematográficas realizadas por mulheres. A ação exibe filmes produzidos nas últimas décadas, oriundos de diferentes localidades e abordagens. Para traçar um percurso cinematográfico de cada diretora apresentada, são dedicados, sempre que possível, dois encontros para cada artista. Gratuitos e abertos ao público, os encontros possuem uma dinâmica semanal que conta com a exibição de um longa-metragem seguida de debate sobre as obras e conversa com as cineclubistas.

Confira as cineastas do mês de outubro:

Samira Makhmalbaf| IRÃ

Samira Makhmalbaf atuou como diretora em cinco filmes, realizados entre 1998 e 2008. Recebendo o prêmio do júri em Cannes pelo filme “O Quadro Negro” (2000). Seus filmes, que constumam ser híbridos – entre a ficção e o documental, abordam questões políticas, tais como os direitos das mulheres e as desigualdades sociais.

Data: 9 e 16 de outubro

Horário: 18h30

Duração: 2h
Valor: Gratuito
Classificação: 16 anos
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Espaço sujeito a lotação – Ingressos disponíveis 1 hora antes da ação

 

Nadine Labaki | LÍBANO

Atriz e realizadora libanesa, Nadine Labaki iniciou sua carreira como diretora nos anos 2000, dirigindo projetos de videoclipes musicais. O filme “Caramelo”, que estreou em 2007 no Festival de Cannes, foi seu primeiro trabalho em longa-metragem. Entre os temas abordados pela cineasta estão o humor e a ironia, com temáticas sobre os costumes e a sexualidade das mulheres libanesas.

Data: 23 e 30 de outubro

Horário: 18h30

Duração: 2h
Valor: Gratuito
Classificação: 16 anos
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Espaço sujeito a lotação – Ingressos disponíveis 1 hora antes da ação

 

EXPOSIÇÃO:

Exposição: “A espera – Fronteiras efêmeras do processo artístico”

O Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França recebe a Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba. Sob o conceito curatorial “Fronteiras em Aberto”, a 14° edição reúne um grupo de cinco artistas mulheres para pensar os processos artísticos e a forma como são desenvolvidos ao longo de suas trajetórias.Cada percurso traçado resulta em um estado entre produzir e refletir, transitando nas fronteiras das possíveis linguagens da arte.

 

Artistas

Ana Artigas, Giovana Casagrande, Leila Alberti, Sonia Vasconcellos e Verônica Filipak retratam nesta exposição seus percursos nos diversos territórios artísticos discutindo seus universos particulares e apresentando trabalhos em diferentes materiais e técnicas, desde a solidez da cerâmica às tramas do bordado e a pintura.

 

Curadora

         A curadora Carolina Paulovski investiga a poética visual desenvolvida na construção das obras, atuando ativamente em cada etapa das produções e buscando, assim, construir uma curadoria diferenciada que emerge com um novo significado na forma de arte.

Data: 15 de outubro a 17 de fevereiro

Horário: das 13h às 17h (de terça a sexta-feira)
Valor: gratuito
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

LITERATURA:

Vozes da Cidade – Preta! Preta! Preta!

“Preta! Preta! Preta!” é o show que reúne as artistas Roseane Santos, Simone Magalhães e a convidada Érica Silva. A atriz e cantora Simone Magalhães e a cantora Roseane Santos voltam ao palco para apresentar suas músicas já consagradas e seus experimentos nestes quase três anos de parceria. Já a convidada que desposta no cenário musical brasileiro, Érica Silva, baixista, cantora e arranjadora, se junta à dupla para este que promete ser um show delicado e irreverente.

Data: 17 de outubro

Horário: 19h30

Duração: 60 min
Valor: ingresso solidário (1kg de alimento não perecível)
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: ingressos disponíveis 1 hora antes da ação (espaço sujeito a lotação)

 

MÚSICA:

Acordes na Casa – Duo Bruta

O duo formado pela contrabaixista curitibana Bruna Buschle e a violonista carioca Tainá Caldeira apresenta um repertório de arranjos originais para temas populares brasileiros, peças e estudos de violão solo adaptados para a formação, e composições próprias. Bruta busca uma atmosfera densa e forte, interpretando compositores considerados eruditos, mas que abraçam a música popular, como Leo Brouwer, Antõnio Madureira e Radamés Gnattali.

Data: 19 de outubro

Horário: 11h

Duração: 1h
Valor: ingresso solidário – 1kg de alimento não perecível
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos à venda 1 hora antes da ação)

*Sobre o Projeto Acordes na Casa: a iniciativa contempla artistas profissionais da música instrumental brasileira, internacional e étnica. O objetivo é formar uma programação musical contínua durante o ano, proporcionando à comunidade o acesso a diferentes gêneros da música instrumental, bem como fortalecer a cultura da região.

 

OFICINA:

Cozinha Brasil: Oficina cozinhando sem glúten

O grande desafio para quem tem a doença celíaca – intolerância ao glúten, ou até mesmo para quem evita comer a proteína, é encontrar ou preparar alimentos livres de glúten. Na oficina “Cozinhando sem glúten” você aprende a  realizar a preparação de bolo, pão, lanches e biscoitos sem glúten. As inscrições podem ser realizadas via e-mail: [email protected].

Data: 22 de outubro

Horário: 18h30

Duração: 2h
Valor: R$80 (inteira) | R$ 40 (meia-entrada)
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Inscrição: [email protected]

 

MÚSICA:

“Canto o Mistério”, de Daniel Monteles

De uma sonoridade doce e potente, Daniel Monteles nasceu em São Luís do Maranhão e, atualmente, reside em Curitiba. É desse trânsito territorial, das suas inspirações poéticas e musicais na identidade do nosso povo, da música popular, da literatura e dos terreiros de mina aos de candomblé, que o artista-intérprete traz para os palcos da capital paranaense o espetáculo “Canto o mistério”. O repertório foi selecionado com cuidado pelo artista nordestino que carrega em sua voz a identidade negra-africana que, conforme conta, são elementos que mudaram sua vida como um todo.

Data: 24 de outubro

Horário: 19h30

Duração: 1 h
Valor: pague o quanto vale
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação

Inscrições: [email protected]

 

MÚSICA:

Show “Objeto Acústico”

O show “Objeto Acústico” é fruto da união de dois grandes amigos de adolescência: César Franceschi e Mauro Silva. Sob influência de importantes compositores de MPB, grupos de rock, folk e outros estilos, a dupla apresenta ao público dois trabalhos autorais “1° Objeto Acústico” (álbum de estreia) e o trabalho mais recente, “Nem Nota”. Durante o espetáculo, será possível adquirir os dois álbuns em formato físico.

Data: 25 de outubro

Horário: 19h

Duração: 1h
Valor: gratuito
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

 

MÚSICA:

Acordes na Casa – Loop Station

Com canções intensas aliadas a um instrumento explosivo, Du Gomide caminha entre as vertentes inusitadas que vão desde os beats eletrônicos à guitarrada brasileira. Sendo um dos músicos mais solicitados de Curitiba, Du Gomide também atua como produtor musical de artistas que representam a nova cena musical do país, como  Raíssa Fayet, Bernardo Bravo, Uyara Torrente, Marano, Itaércio Rocha, Cida Airam, Estrela Leminski e Téo Ruiz, Rosa Armorial, entre outros.

Atualmente desenvolve shows com a utilização do Loop Station, plataforma de gravação de trechos musicais em repetição, que permite a execução ao vivo de beatbox, frases, licks e grooves. O uso da tecnologia permite ao artista a execução do som dos beats acompanhado de instrumentos como guitarra, viola, sitar e voz.

*Sobre o Projeto Acordes na Casa: a iniciativa contempla artistas profissionais da música instrumental brasileira, internacional e étnica. O objetivo é formar uma programação musical contínua durante o ano, proporcionando à comunidade o acesso a diferentes gêneros da música instrumental, bem como fortalecer a cultura da região.

 

Data: 26 de outubro

Horário: 11h

Duração: 1h
Valor: ingresso solidário – 1kg de alimento não perecível
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: ingressos disponíveis 1 hora antes da ação (espaço sujeito a lotação)

 

MÚSICA:

Vozes da Cidade – Kratera 

Kratera é uma mistura de música e performance idealizada pela artista Agnes Ignácio com apoio dos musicistas Daniel D’Alessandro, Érica Silva, Renan D’Ávila e com a participação especial de Cacau de Sá. O projeto imergi os temas da travestilidade, do abandono, do afeto e da violência, que são triturados em sons, escritas e ações performativas.

Data: 31 de outubro

Horário: 19h30

Duração: 60 min
Valor: ingresso solidário – 1kg de alimento não perecível
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: ingressos disponíveis 1 hora antes da ação (espaço sujeito a lotação)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui