Se beneficie dos banhos energéticos

Foto: Divulgação
Quando falamos em banhos energéticos ou de limpeza com ervas, parece que é uma assunto atual, mas se trata de uma prática muito antiga e que vem de civilizações e culturas milenares.

Tomar banho de ervas relaxa, perfuma e possui diversos benefícios medicinais que agem tanto no corpo físico quanto no corpo espiritual, como por exemplo: auxílio contra insônia, retira pensamentos e energias negativas do corpo, relaxa (tira o cansaço), retira a ansiedade e estresse do dia a dia, auxilia a elevação espiritual e acalma o físico e espiritual.

Os banhos podem ser feitos até mesmo em crianças para livrá-las de toda energia negativa que tenha ação sobre seu corpo, mas é muito importante que se saiba combinar as ervas, pois cada tipo de caso pede um cuidado diferente.

CUIDADOS

Há alguns detalhes que devem ser observados antes de qualquer banho. O único impedimento de quem pode usar dos benefícios dos banhos é em caso de alergia a algum tipo de erva.

Banhos não interferem em tratamentos médicos (nem os substituem).

Todo banho deve conter produtos novos, portanto não reutilize material já usado em outro banho, eles devem ser jogados na natureza.

Dê preferência sempre ao uso de água mineral.

O banho deve ser tomado até, no máximo, duas horas depois de preparado.

 

A CLASSIFICAÇÃO DAS ERVAS

As ervas são classificadas em: quentes, mornas ou frias.

ERVAS QUENTES
Essas ervas agem como ácido no plano espiritual, elas limpam, anulam e eliminam as energias negativas, são as plantas utilizadas nos banhos de descarrego.

Exemplos: arruda, casca de alho e de cebola, comigo ninguém pode, espada de São Jorge, eucalipto, fumo, mamona e pimentas.

 

ERVAS MORNAS
Essas ervas já funcionam como energéticas, trazendo as boas vibrações que foram limpas juntamente com as ruins pelas ervas quentes. Devido a este fator, elas podem ser utilizadas no dia a dia sem nenhum problema. Outro ponto interessante é que para banhos com as ervas mornas pode-se utilizar somente uma planta, não é necessário combinações. Sua energia viva corrige e harmoniza os desvios energéticos que possuímos.

Exemplos: alecrim, alfavaca, alfazema, boldo, camomila, canela, capim-cidreira, cravo da índia, gengibre, girassol, hibisco, hortelã, louro, manjericão, sálvia e samambaia.

 

ERVAS FRIAS
As ervas frias possuem subclassificações, são elas:

Ervas femininas: são ervas ligadas a sensibilidade espiritual, a estima e aos fatores femininos. Exemplos: rosa vermelha e malva.

Ervas masculinas: são potencializadoras dos fatores masculinos, o que rege pontos materiais da vida. Exemplos: Folhas de louro e café.

Fortalecedoras da intuição: elas agem somente no espiritual e facilitam a ação nos canais de mediunidade. Exemplos: rosa branca e alfazema.

Calmantes: estas ervas agem no físico, causam maior relaxamento e tranquilidade. Exemplos: Camomila e Melissa.

Foto: Divulgação

RECEITINHA

Banho de arruda

O banho de arruda é um ritual de descarrego e com grande potencial energético, sendo bastante conhecido em diversas partes do mundo.

É um banho muito usado para atrair sorte, e também. Porém, afastar maus olhados, pessoas invejosas e tudo aquilo que possa ser associado com energia negativa.

O banho de arruda também pode ser um grande aliado para o período de menstruação. Ele ajuda a reduzir as dores. Banho, e não chá!

Objetos também podem receber o banho de arruda, convertendo-os em ícones de positividade e de apego para os momentos de dificuldade.

COMO FAZER O BANHO DE ARRUDA?

Você precisará basicamente de um ramo de arruda e água. Agora, você deve primeiramente ferver dois litros de água. Assim que ela estiver pronta, desligue o fogo e adicione o ramo de arruda até que a temperatura da sua solução retorne à temperatura ambiente.

Depois do banho higiênico, vem a hora do banho de limpeza. Derrame o  líquido a partir dos ombros. A lógica sempre deve ser de cima para baixo e com pensamentos positivos. Importante reforçar que a cabeça não deve ser molhada com o líquido do banho de arruda.

Após o banho, você deve secar o corpo de maneira leve e utilizar roupas claras. As folhas devem ser devolvidas à natureza, na beira de uma árvore, junto as plantas do seu quintal, o importante é agradecer a função que aquela planta exerceu pra te ajudar.

Existem também variações do banho de arruda. Os mais tradicionais envolvem a adição de sal grosso ou açúcar juntamente com a arruda. No caso do sal grosso, o objetivo estará em aumentar a proteção contra maus olhares. Já o açúcar é utilizado para trazer mais amorosidade.

Fontes: 
https://www.iquilibrio.com/blog
www.astrocentro.com.br

LUA: Minguante
AROMAS DA LUNAÇÃO: Frutais para liberar emoções

**

Tânia Jeferson
Mistica

Tânia Jeferson

Tânia Jeferson é jornalista profissional, curiosa sobre os enigmas do universo desde sempre, conectada com a natureza, interessada em cristais, elementais e principalmente na evolução do ser. Estuda o Sagrado Feminino, participa do Círculo de Aine e ministra oficinas e palestras sobre o universo do tema. Acompanhe no Instagram: @heyamistica

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui